Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia do Cardiologista  Voltar

Dia do Cardiologista

Dia do Cardiologista
Dia 14 de Agosto é o dia do Cardiologista.

Cardiologista é o profissional da especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e do tratamento de doenças e disfunções relacionadas com o sistema cardiovascular, ou seja, com o coração e a circulação sanguínea, e até da cirurgia cardiovascular.

Quais as características desejáveis para ser um cardiologista ? Para ser um cardiologista é necessário que o profissional tenha gosto por ajudar as pessoas, e que, acima de tudo, goste de promover a saúde e o bem-estar de seus pacientes. Outras características desejáveis são:

-Responsabilidade.
-Metodologia.
-Capacidade de observação.
-Capacidade de organização.
-Dinamismo.
-Agilidade.
-Raciocínio rápido.
-Facilidade de lidar com as pessoas.
-Capacidade de diagnóstico.
-Raciocínio lógico.
-Carisma.

Qual a formação necessária para ser um cardiologista ?

Para ser um cardiologista antes de tudo é necessário diploma de medicina de uma instituição reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura). Posteriormente deve ser feita uma especialização em cardiologia, com residência em hospitais e institutos especializados. Também pode ser feita pós-graduação em cardiologia, bem como mestrado e doutorado na área. Quando se trata da área da saúde, quanto mais especializado e diplomado é o médico, mais conceituado e reconhecido é seu trabalho. Depois dos títulos, o profissional também pode participar de uma grande quantidade de simpósios e congressos da área da saúde para procurar um desenvolvimento cada vez maior.

Principais atividades

-Realizar consulta com o paciente.
-Realizar entrevista e conhecer o paciente (seus costumes, alimentação, doenças congênitas, histórico familiar, etc.).
-Realizar os exames e testes físicos.
-Realizar o pedido de exames laboratoriais, eletrocardiogramas, ecocardiogramas, etc.
-Analisar o resultado dos exames.
-Diagnosticar possíveis disfunções.
-Analisar junto à uma equipe de cirurgia cardiovascular a condição do paciente, caso se faça necessária uma intervenção cirúrgica.
-Conversar com o paciente, explicar sua situação de saúde e indicar a ele mudanças necessárias para a promoção do bem-estar como uma dieta mais rigorosa, a realização de exercícios físicos, exames periódicos, etc.
-Conversar com a o paciente que será operado, se for o caso, e com sua família explicando a intervenção cirúrgica, a razão de sua necessidade e as conseqüências e cuidados que devem ser tomados.
-Em alguns casos, encaminhar o paciente ao departamento responsável pelos transplantes de órgãos.

Fonte: brasilprofissoes.com.br

Dia do Cardiologista. Cuidar do coração faz bem!
É no dia 14 de Agosto que comemoramos o dia do cardiologista, profissional da especialidade médica que atua no diagnóstico e tratamento de doenças e disfunções do nosso sistema cardiovascular.

O cardiologista pode atuar no diagnóstico das doenças, na realização de exames físicos e clínicos e na interpretação de exames cardíacos como eletrocardiograma, ecocardiograma e exames relacionados a doenças do coração.

Você sabia que essa especialidade médica deixou de fazer parte da clínica geral a partir século XX?

No Brasil, foi Carlos Chagas e outros médicos que diagnosticaram a cardiopatia chagasila, realizaram os primeiros estudos sobre doenças no coração e trouxeram o primeiro eletrocardiógrafo para o Brasil.

Devemos aproveitar essa data para darmos maior atenção à saúde e assim evitarmos problemas cardiovasculares. Alguns cuidados são básicos, mas fundamentais, como: uma boa alimentação rica em frutas e verduras, a prática de exercícios físicos sempre com orientação de um profissional, dormir em torno de 8 horas por noite, e claro, consultas e exames regulares para estar sempre em dia com o seu corpo.

A Universidade Gama Filho deseja que a data hoje seja cada vez mais lembrada e respeitada por todos. Parabéns aos estudantes de medicina e profissionais da cardiologia, que tanto se empenham para manter nossa saúde cardiovascular.

Fonte: www.posugf.com.br

Dia do Cardiologista

Dia do Cardiologista: a importância de cuidados com o coração
A data é marcada desde 2007 para que a população lembre sempre da importância da atuação.

Comemorado hoje, dia 14 de agosto, o Dia do Cardiologista remete aos cuidados necessários e indispensáveis para a saúde do coração e prevenção de possíveis doenças cardiovasculares. A data é marcada desde 2007 e foi escolhida pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, para que a população lembre sempre da importância da atuação desse profissional.

A Cardiologia é uma das áreas da medicina mais conhecidas pela sociedade e também uma das mais divulgadas nos meios de comunicação. Esse campo trata do estudo da funcionalidade, das doenças do coração, dos grandes vasos sanguíneos e sistema circulatório. Qualquer pessoa, em qualquer idade e lugar necessita dos serviços oferecidos pelo médico cardiologista, independentemente do seu tipo de vida, seja ela atleta ou sedentária, é sempre bom fazer exames cardiológicos regularmente, porque as doenças que acometam o coração são muitas.

Dia do Cardiologista

Arritmia cardíaca, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca, doenças da aorta, tumores cardíacos, miocardiopatia, endocardite, infarto do miocárdio, dentre outras, fazem parte do quadro de doenças que atingem o coração.

O coração é um dos sistemas mais importantes do corpo humano, é através dele que o sangue é bombeado para o resto do corpo, assim mantendo todos os outros órgãos funcionando. Os tratamentos cardíacos podem ser clínicos ou cirúrgicos, mas as orientações nos dois casos são as mesmas: uma boa alimentação, exercícios físicos regularmente, qualidade de vida e avaliações cardiológicas periódicas para manter a saúde dos vasos sanguíneos e do coração, pois qualquer complicação deste órgão vital pode levar à morte.

Entretanto, está errado quem pensa que o cardiologista só cuida da doença em si. Segundo o médico Victor Lira, graduado pela USP de Ribeirão Preto, com especialização em Cardiologia pela Beneficência Portuguesa, os melhores resultados de tratamento cardiológicos são conseguidos através da cardiologia preventiva, ou seja, tratar os pacientes antes que a doença aconteça.

“A principal função da cardiologia preventiva é tratar os fatores de risco, diminuindo ou mesmo evitando a chance deste paciente desenvolver uma doença do coração. Não existe uma idade específica para iniciar o tratamento com o cardiologista. Na infância, se a criança apresentar sopro cardíaco, cansaço, cianose ou falta de ar; pelo menos uma vez na adolescência para avaliar peso, colesterol e pressão arterial; e na vida adulta de acordo com os fatores de risco encontrados”, conta.

“Procurar o cardiologista somente quando infarta, tem pressão alta ou colesterol alto, é um erro, pois já se perdeu muito tempo de tratamento. A prevenção das doenças cardiovasculares é a cardiologia do futuro ”, acrescenta Victor Lira. Além disso, sentimentos positivos, vida ativa, prática de dança e outras formas de movimentação corporal são fatores preponderantes na cardiologia preventiva. O cuidado com o coração é extremamente necessário, ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida estão fazendo cada vez mais a diferença.

Fonte: www.cidadeverde.com

Dia do Cardiologista

Cardiologia é uma especialidade médica que trata de doenças do coração (especificamente o coração humano ). O campo inclui diagnóstico médico e tratamento de cardiopatias congênitas , doença arterial coronariana , insuficiência cardíaca , doença cardíaca valvular e eletrofisiologia . Médicos que se especializam neste campo da medicina são chamados de cardiologistas. Médicos que se especializam em cirurgia cardíaca são chamados cirurgiões cardíacos.

Os dispositivos usados em cardiologia

Dia do Cardiologista
Um estetoscópio.

Estetoscópio
Dispositivo acústico para ouvir sons internos, incluindo os sons do coração.

Dispositivos Usados Para Manter o Ritmo Elétrico Normal

- Marcapasso cardíaco
Um dispositivo elétrico que substitui implantado marcapasso natural do coração.
- Desfibrilador
Dispositivos elétricos de alterar o ritmo do coração com a energia elétrica.
- Desfibrilador externo automático (AED)
Um desfibrilador externo, que é comumente encontrada fora de ambientes de cuidados de saúde. Muitas vezes, projetado para qualquer um usar.
- Cardioversor-desfibrilador implantável (ICD)
Um dispositivo implantado para evitar situações de risco de vida (por exemplo, taquicardia ventricular , fibrilação ventricular ).

Os Dispositivos Utilizados Para Manter a Pressão Sanguínea
- Coração artificial
Uma bomba interna, que substitui totalmente a acção de bombagem do coração.
A circulação extracorpórea (CEC) / máquina coração-pulmão
Bomba externa para assumir a função de ambos, o coração e os pulmões.
- Bomba de balão intra-aórtico (BIA)
Um balão colocado na aorta torácica para complementar o débito cardíaco do coração.
Dispositivo de assistência ventricular
Bomba interna para complementar ou substituir a ação de bombeamento do ventrículo.

Testes de Diagnóstico e Procedimentos

Dia do Cardiologista
Cardiologistas usam diagramas como este: um coração com um ECG Indicador

Vários testes de diagnóstico de cardiologia e procedimentos.
- Os exames de sangue
- Ecocardiografia ("echo")
- A ultra-sonografia do coração para fiscalizar as câmaras, válvulas e fluxo sanguíneo.
- O ecocardiograma transtorácico (ETT)
- O ecocardiograma do coração através do tórax externa ao corpo.
- O ecocardiograma transesofágico (ETE)
- Ecocardiograma do coração através de um cateter colocado no esôfago .
- Ressonância magnética cardiovascular (RMC)
- Ressonância magnética (RM) do coração, que utiliza o ECG de propagação e de olhar para funções mecânicas específicas do coração.
- Teste de estresse cardíaco: O teste do sistema cardiovascular através de exercícios controlados ou drogas.
- Auscultação: Ouvir sons (por exemplo, os sons do coração ) com um estetoscópio .
- Eletrocardiograma (ECG ou ECG): Medição da atividade eléctrica do coração, normalmente 4 ou 10 com elétrodos sobre a pele.
- Holter:: Dispositivo ECG portátil para monitoramento contínuo.
- Estudo Eletrofisiológico: Estudar a atividade elétrica do coração através do uso de cateteres colocados no coração através de veias ou artérias.
- Esfigmomanômetro: Manguito de pressão utilizado para medir a pressão arterial.
- Marcador cardíaco: Teste de biomarcadores do sangue que pode indicar várias condições.
- Cateterismo Coronariano: Cateterismo de artérias coronárias.
- A Reserva de Fluxo Fracionada (FFRmyo): O teste do fluxo através de um estenose de uma artéria coronária para determinar se a perfusão do coração.
- Ultra-som intravascular (IVUS): Ultra-sonografia de uma artéria coronária.
- Tomografia de Coerência óptica (OCT): Testando através da utilização de espalhamento óptico para a doença arterial coronária .

Fonte: en.wikipedia.org

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal