Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Alcachofra - Página 5  Voltar

Alcachofra

A parte da alcachofra que se consome é a flor, considerada um dos legumes mais requintados e saborosos.

Alcachofra

A alcachofra tem cinco partes: a ponta das folhas, não comestível; as "sedas', que também não se come; o "coração", ou fundo, que é comestível, sendo a parte mais suculenta; a base das folhas, carnuda e também comestível; e o talo que, depois de limpo (sem as fibras), pode ser usado em sopas e saladas.

A alcachofra tem ótimas propriedades nutritivas. E rica em vitaminas do complexo 13, em vitamina A e em sais minerais, como ferro, cálcio e fósforo. Além disso, a alcachofra também tem tanino, um eficiente antidiarréico, e um elemento chamado ciarina, que é excelente como regulador d fígado. Por ter poucas calorias, ela é recomendada nos regimes para emagrecer.

Para ver se a alcachofra está boa para o consumo, segure-a pelo talo e sacuda suavemente. Se ela está flexível, é sinal de que já está madura e pode ser consumida. A escolha da alcachofra deve ser feita de acordo com o prato a ser preparado. Quando se pretende usar o fundo ou rechear, convém escolher alcachofras grandes, com folhas firmes e brilhantes. As alcachofras pequenas são mais indicadas para saladas ou para serem preparadas ao vinagrete. Em geral, serve-se uma alcachofra por pessoa.

Guarde as alcachofras na gaveta da geladeira, dentro de um saco plástico. Dessa forma, elas se conservam por 4 ou 5 dias.

A alcachofra também pode ser congelada, mas antes precisa ser cozida

Fonte: www.hortifrutigranjeiros.com.br

Alcachofra

Alcachofra

Nome: alcachofra.

Higienizador do fígado e vesícula.

Estimula o metabolismo das gorduras no sentido da queima e da eliminação; por isso o uso da injeção localizada do extrato de alcachofra para obesidade.

Fonte: Dálmio Moraes - Farmacêutico. Reportagem TVE. Programa Corpore Sano. Porto Alegre - RS.

(injeção localizada do extrato de alcachofra é indicado - OBS: O Jornal Hoje; Rede Globo 25/11/2004, salientou que este processo ainda não está cientificamente comprovado e que por este motivo, conforme epecialistas, a injeção localizada não teria efeitos sobre a gordura. Apresentou também pessoas que usaram a injeção e não obtiveram efeitos desejados - se você possui alguma experiência sobre o assunto envie para ser publicado nesta página e-mail)

Substâncias encontradas: inulina, açúcares, tanino e os fermentos inulase, invertase, coalho e cinarina (ácido di-cafeilquínico).

Vitaminas: A, B1, B2 e C.

Minerais: potássio, cálcio, magnésio e manganês (20 mg % ; a maior percentagem dentre todos os legumes e frutas até aqui pesquisados). 100g de alcachofra apresenta uma média de 50 calorias.

Alcachofra

Ação

Redutora da taxa de uréia e do colesterol do sangue, diurética, laxativa, depurativa, regulador de funções hepáticas na formação de bílis (colerético) e as funções antitóxicas. Também regula e facilita a saída de bílis (colagogo); regula sua formação. Ajuda nas alterações originadas por estases hepáticas, como pressões e dor no ventre, vômitos, enjôos, flatulência, vertigens, alterações intestinais (diarréia, prisão de ventre, atonia) e prurido retal. Exerce uma ação reguladora sobre os rins, devido a maior eliminação da água e das substâncias de refugo. Exerce um efeito protetor contra a arteriosclerose.

Indicação

Para aliviar os males gástricos e renais, diminuir o colesterol; grande auxiliar nos regimes de emagrecimento e no tratamento de hipertensão.

Considerada afrodisíaca e tônica.

Raiz e semente

Combatem os corrimentos vaginais e os sangramentos em geral.

Alcachofra

A alcachofra é um forte diurético e eliminador do ácido úrico. Atuando contra as perturbações digestivas e na má assimilação ocorridas em função de distúrbios hepáticos provocados pelo álcool e pelo impaludismo. Os resultados são muito bons em nefrites (inflamação dos rins. A casca da babosa em uso interno e em excesso porvoca nefrite), e nos casos que necessitam de aumento da secreção biliar.

A água destilada de suas folhas, aplicadas nos cabelos, fortalece-os.

Emprego: recomendado nas doenças do fígado, vesícula biliar, colédoco e em todas as doenças dos órgãos do aparelho digestivo. Também são de grande utilidade nas alterações do metabolismo originadas por enfraquecimento ou insuficiência das funções renais. O alto teor de manganês apresenta utilizações dietéticas. Por isso é útil quando for necessária uma ativação dos fermentos, nas alterações do metabolismo celular e nos sintomas de deficiência da vitamina B (para quem é alcoólatra, ou bebe demasiadamente bebidas alcoólicas).

O preparo

Suco fresco, infusão ou como saladas e legumes.

Alcachofra

Contra-indicação

Gestantes e em fase de amamentação e pessoas que possuam fermentação intestinal. Consulte um Fitoterapeuta.

Fonte: 1 - A Cura e a Saúde pelos Alimentos. Dr. Ernst Schneider. 2ª ed. Casa publicadora brasileira. São Paulo - SP. 1984. 507 p.

2 - Revista Curas Naturais - Editora Escala LTDA. São Paulo - SP. www.escala.com.br

Alcachofra
Cynara scolymus L.

O chá das folhas da base da planta colhidas antes da floração é tônico, reconstituinte, curativo das afecções do fígado, da bílis, estômago, rins e bexiga. Indicado para hipertensão, diabetes, tireóide, asma, pulmões, arteriosclerose e colesterol.

Uso: Colher as folhas e secar na sombra durante 8 dias. Com uma pequena parte fazer um copo de chá. Tomar 3 copos por semana durante três semanas. Intercalar 2 semanas.

Fonte: www.plantaservas.hpg.ig.com.br

Alcachofra 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal