Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Araçá - Página 6  Voltar

Araçá

Origem

Ásia - É da mesma família de outras frutas como, por exemplo, jaca, figo, fruta-pão. Por ser muito versátil e perfeitamente adaptável a vários tipos de solo e de clima, com especial preferência pelos húmidos, e já foram encontradas nos Estados Unidos da América, no Ártico, e em muitas ilhas oceânicas. No Brasil, principalmente a negra, floresce em vários Estados: Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Paraná e, principalmente, no pioneiro, Rio Grande do Sul.

Tipos

Araçá

Há três espécies: vermelha (Morus rubra), branca (Morus alba) e preta (Morus nigra); a branca é usada para criação do bicho-da-seda, que se alimenta das folhas da amoreira, enquanto a preta é comestível e muito apreciada, não só pelo seu sabor especial, como pelo seu tamanho maior, além de ser muito usada em ornamentação.

Características

Tem sabor levemente ácido e adstringente.

Dicas para comprar

O comércio regular, ao natural, é quase inexistente, mas ainda podem ser encontradas, esporadicamente, em algumas feiras livres. Caso encontre, observe alguns cuidados: - é uma fruta muito frágil e que rapidamente fica perecível, sinal de que se deve consumi-la de imediato, tão logo seja colhida ou comprada.

Dicas para consumo

Tire o pequeno cabo que ela apresenta, descarte as que estiverem muito moles, lave bastante em água corrente, escorrendo em seguida. É comum encontrar produtos feitos com amora, tais como: geléias, compotas, doces diversos.

Composição

Muito rica em Vitaminas (A, B, C); tem ácido cítrico na sua composição, bastante água (cerca de 90%), carboidratos, sais minerais (fósforo, ferro, sódio, cálcio, potássio, estes últimos, em concentração generosa), fibras e ácido fólico.

Valor calórico

75 - Quantidade correspondente a uma xícara de chá.

Indicações Terapêuticas

É uma fruta com as seguintes propriedades:

Antissética

Depurativa

Digestiva

Refrescante

Antihemorrágica

Controladora da pressão arterial

Sedativa

Antioxidante

Vermífuga

Diurética

Anti-herpética (tanto para o herpes labial quanto para o genital, segundo estudos de uma Universidade de Taiwan); - anticancerígena.

É eficaz nos seguintes casos:

Afta

Bochechar com suco de amora-preta, quente, adoçado com mel.

Amigdalite

Suco de amora - preta, quente, adoçado com mel; tomar aos goles. Pode-se também preparar um xarope deste suco, bastando cozê-lo até engrossar um pouco. Fazer gargarejos com o xarope, ou tomá -lo às colheradas, deixando descer suavemente pela garganta.

Bronquite

Infuso da casca da raiz, morno, para combater a tosse. Tomar morno, às colheradas. Em excesso é purgativo. Para preparar um infuso, deitar água fervente sobre as cascas das raízes bem picadas, tapar o recipiente, e deixar esfriar.

Queda de Cabelo

Massagear o couro cabeludo com o infuso das folhas da amoreira.

Secreções catarrais

Para as secreções catarrais das vias respiratórias altas recomenda - se o gargarejo com o chá morno das folhas da amoreira.

Doenças das Cordas Vocais

Suco de amora preta, quente, adoçado com mel.Tomar vagarosamente.

Diarréia

Usar xarope de amora, conforme explicado em amigdalite. Tomar não mais de 2 colheres de sopa por vez, com intervalos mínimos de 2 horas.

Observação

Pessoas com intolerância a salicilatos (aspirina), devem ingerir a fruta com muita moderação.

Fonte: www.paty.posto7.com.br

Araçá

Araçá

O araçá é uma fruta nativa e bem conhecida no Brasil.

Existem diversas variedades de araçás:

Rasteiros

Arbustivos

Arbóreos

Trepadores

Os sabores são bastante variados, tendo frutos com sabor de abacaxi, morango, pêra, maracujá e até maçã.

A planta está presente nos mais variados ecossistemas brasileiros: no Cerrado, nos Pampas Gaúchos, na Mata Atlântica, no Pantanal e na Amazônia. Tenho mais de 20 variedades de Araçás na minha coleção de frutas. O nome Araçá significa “fruta que tem olhos”,( A fruta, icá- olhos [alusão ao receptáculo da flor, que todos os frutos do gênero Psidium apresentam] ).

Descrição da Planta

De um modo geral, as espécies mais comuns apresentam porte arbóreo de 3 a 6 metros, com copa rala e irregular. O tronco é liso e descamante. As folhas são coriaceas, glabras, de 5 a 10 cm de comprimento por 3 a 6 cm de largura. As flores são axililares, sobre pedúnculos unifloros de 5 a 10mm.

Os frutos são bagas globosas, variando muito de tamanho, contendo polpa branca, amarela, esverdeada e avermelhada, sendo mucilaginatinosa, suculenta, aromática e adocicada. Contem muitas sementes riniformes ( semelhante a rins ).

Propriedades Químicas em 100g de polpa comestível.

Energia - 62 kcal
Proteína - 1,50g
Lipídios - 0,60 g
Carboidratos - 14,30 g
Fibra - 5,20 g
Cálcio - 48,00 mg
Fósforo - 33,00 mg
Ferro - 6,30 mg
Retinol - 48,00 mcg
Vitamina B1 - 0,06 mg
Vitamina B2 - 0,04 mg
Niacina - 1,30 mg
Vitamina C - 326,00 mg.

Propriedades Medicinais

As folhas os brotos e os frutos do araçá do campo são adstringentes; suas raízes e cascas são empregadas em decocções para derreia. As cascas do araçá de coroa são usadas para estancar hemorragias em geral.

As folhas do araçá de flor grande são utilizadas em banhos para aliviar as dores provocadas pela artrite e pelo reumatismo.

As hemoptises e demais hemorragias, bem como as diarréias, podem ser tratadas com as folhas e cascas de araçá pêra e o araçá miúdo.

Fonte: heltonsaputa.vilabol.uol.com.br

voltar 123456avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal