Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Arnica - Página 2  Voltar

Arnica

Arnica - Propriedades e Utilidades

Arnica

Da família das Asteráceas, a mesma do Girassol, a Arnica é uma planta que vem desde muito longe sendo utilizada pela fitoterapia por suas propriedades terapêuticas diversas.

O nome arnica significa pele de cordeiro e lhe foi atribuído em função da aparência de suas folhas aveludadas de toque suave e macio. È uma planta de regiões temperadas que floresce em abundância na América do Norte (ocidental).

Das mais variadas espécies a Arnica Montana é a mais conhecida, popularmente chamada de arnica das montanhas, tabaco das montanhas ou arnica verdadeira.

Propriedades da Arnica

A arnica possui diversas propriedades medicinais e, consequentemente, muitos e variados usos terapêuticos. Os mais conhecidos são os efeitos cicatrizantes em lesões superficiais, bem como, efeitos antiinflamatórios, combate hemorragias e em caso de febre é utilizada como um anti-pirético natural.

Arnica

Coma combinação de propriedades analgésicas (alivia dores) e antiinflamatórias combinadas, a arnica é amplamente usada para tratar contusões, distensões musculares, roturas de ligamentos, clarear e desfazer edemas e hematomas, entorses, cicatrização de ferimentos e furúnculos, reumatismos, traumatismos e outras lesões desportivas. Além de ser considerada estimulante e ter propriedades tônicas.

Apresentações e usos da Arnica

Tintura de Arnica:

Apresenta-se como infusão alcoólica – tintura, que é muito usada para contusões e lesões em geral.

Compressa de Arnica:

Também é uma infusão das flores da arnica, mas sem álcool eficaz em casos de traumas, para uso externo adulto ou infantil.

Pomada de Arnica:

São preparações farmacêuticas de consistência cremosa, destinadas ao uso externo, também feitas com extrato de flores frescas de Arnica. Se utiliza em caso de contusão ou distensão. Recomenda-se massagear a área afetada.


Gel de Arnica:

São preparações farmacêuticas de consistência gelatinosa com sensação refrescante destinadas ao uso externo tem efeito antiinflamatório, anti-séptico e contribui para o alívio da dor (analgésico). Recomenda-se massagear a área afetada.

Chá de Arnica:

O chá com as flores pode ser usado como compressa para relaxar a musculatura lesionada. O uso interno deve sempre ser feito sob orientação médica.

Precauções

O Chá das folhas pode ser tóxico causando vômitos, dores abdominais, abortos,bolhas na pele e aumento da pressão arterial.
Não utilizar em feridas expostas, profundas, sem pele.

Fonte: www.naturalnarede.com.br

Arnica

Arnica

Nomes Populares

Arnica - arnica montana.

Origem

Erva originária da Europa Central era conhecida por suas propriedades curativas e utilizada contra doenças das vias urinárias, coqueluche, desinteria.

Partes usadas

Folhas e flores.

Propriedades medicinais

Também é uma planta venenosa, deve ser preparada com cuidado. Sua tintura só é usada externamente em casos de contusões, mas não deve-se repetir as aplicações, pois pode causar inflamações de pele.

Tintura

Colocar 20 gs de flores e raízes em 100 gs de álcool à 60 graus e deixar macerar por 10 dias. Filtrar e guardar em garrafa bem fechada. Antes de usar diluir o preparado em 1/2 litro de água. Aplicar sobre torsões ou contusões, desde que não haja ferida aberta.

Efeitos colaterais

Uso interno pode aumentar atividade cardíaca e depressão. Externamente pode provocar vermelhidão e ardor de peles e mucosas mais sensíveis.

Fonte: www.naturalnet.com.br

voltar 12345678avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal