Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Artes Cênicas  Voltar

Artes Cênicas

Artes Cênicas - Profissional

O perfil profissional potencializar, por meio das artes cênicas relações entre o corpo, o espaço social e os elementos espetaculares em uma multiplicidade de instâncias sociais, tais como: teatros, secretarias de cultura, ONGs, escolas de arte e teatro, escolas de ensino fundamental e médio e a ambiência corporativa, bem empreender novos negócios neste setor.

Diferenciais

Possui uma grade curricular inovadora, oferecendo disciplinas que propiciam uma multiplicidade de possibilidades de atuação no mercado de trabalho, que vão desde a encenação e produção teatral, a formação nos aspectos didático-metodológicos fundamentais à docência, até subsídios relativos ao contexto empresarial.

Mercado de Trabalho Cabe ao profissional de artes cênicas estabelecer relações entre:

A) Espaço social e elementos espetaculares, sendo estes:

1.Construir personagens por meio da diversidade de técnicas de encenação
2.
Construir figurinos e cenografias
3.
Elaborar projetos de iluminação
4.
Potencializar dramaturgias a partir de diferentes perceptivas
5.
Operacionalizar técnicas de sonoplastia geradas por múltiplas plataformas;

B) Atuar como docente de teatro no ambiente educacional formal e em diferentes instâncias afins, tendo como referência metodologias inovadoras que propiciam maior aderência com a encenação e a produção teatral.

C) Atuar no ambiente corporativo agregando as seguintes performances:

Promover por meio das artes cênicas melhor integração nos seguintes setores: Cultura organizacional, clima organizacional, instâncias de ética e responsabilidade social empresarial, comunicação e desempenho organizacional, para tanto poderá:

1.Ampliar a capacidade de socialização e comunicação de times corporativos
2.
Agregar motivação ao grupo
3.
Desenvolver o entendimento das diferentes performances de carreiras
4.
Atuar na elaboração de projetos de ética e responsabilidade social empresarial
5.
Gerar consultorias e "coaching" de executivos
6.
Empreender projetos de artes cênicas por meio de gestão negócios

A carreira

Em uma cena de Shakespeare Apaixonado, Oscar de melhor filme em 1999, o produtor de Romeu e Julieta, Phillip Henslowe, busca atores para sua nova produção. "E quanto ao dinheiro?", pergunta um dos candidatos, preocupado com o salário. "Fique tranqüilo, você não precisará pagar nada", responde Henslowe, com um sorriso irônico.

A cena simboliza bem as dificuldades que acompanham a maioria das montagens teatrais e o cotidiano de atores e equipes. "É muito caro produzir teatro. Só uma vez na vida conseguir verba para montar uma peça", conta a atriz paulista Rosi Campos. "O artista tem de estudar muito, estar bem preparado, ter aulas de canto, dança e até de linguagem de circo", diz Creusa Borges, vice-presidente da Cooperativa Paulista de Teatro. "O que se pede atualmente é alguém mais versátil, que não seja apenas ator", continua.

É isso o que a maioria dos diretores procura hoje: artistas completos, antenados com o que se faz no país e no exterior.

Muita gente segue o curso pensando em trabalhar no cinema ou na TV. Esse é um duro caminho. "As pessoas se iludem com as novelas. São pouquíssimas as que conseguem chegar à TV", avisa Rosi. O formado em artes cênicas pode ser mais que ator. Também é possível trabalhar nos bastidores, produzindo, dirigindo ou escrevendo peças. Nem sempre é fácil montar uma obra, mas o sonho e o prazer de trabalhar na área são combustíveis poderosos para quem nela se aventura.

O mercado

O renascimento do cinema nacional deve ampliar as oportunidades de trabalho. O pólo Rio-São Paulo ainda concentra grande parte do mercado, mas aumentam as produções em Minas Gerais, no Paraná e na Bahia. Fora dos palcos e das telas, as melhores oportunidades estão na animação de festas e no treinamento de funcionários de empresas.

O leque de opções de trabalho para o bacharel em Artes Cênicas é imenso. Além de atuar, o profissional pode trabalhar nas áreas de cenografia, direção teatral, dublagem, produção... Para quem opta pela licenciatura, ainda há a opção de ministrar aulas de teatro em escolas. A área de pesquisa em teoria do teatro também costuma ser uma opção astante procurada pelos formados na área.

O curso

As poucas matérias teóricas concentram-se em literatura dramática, história do teatro e sociologia do teatro. No resto do curso, o estudante desenvolve diversas formas de expressão dramática - corporal, vocal, improvisação e mímica -, além de receber noções de cenografia, figurinos e maquiagem. No último ano, os alunos montam uma peça.

Duração média: quatro anos.

Matérias

Cenografia
Disciplinas Pedagógicas
Encenação
Estética e História da Arte
Evolução do teatro e da Dança
Expressão Corporal e Vocal
Folclore Brasileiro
Formas de Expressão e Comunicação Artística
Fundamentos da Expressão e Comunicação Humanas
Técnicas de Teatro e Dança

Artes Cênicas - O que é

Sobre a profissão

É a arte da dramaturgia. O profissional em Artes Cênicas utiliza um conjunto de técnicas para criar dirigir, montar e interpretar espetáculos, contando histórias e transmitindo idéias e emoções ao público.

Pode trabalhar tanto em TV como em teatro ou cinema. Como ator, diretor, na produção dos espetáculos, filmes, novelas ou peças teatrais, e na criação de cenários, como cenógrafo, ou ainda como dublador de filmes estrangeiros.

Este profissional é, acima de tudo, um crítico da sociedade, de seus hábitos e de sua cultura, podendo ainda, elaborar obras didáticas, trabalhar como crítico da sua área ou estudando a teoria teatral.

Além dos tradicionais cursos de Artes Cênicas, também existe o bacharelado em “Comunicação das Artes do Corpo”, uma alternativa para quem quer seguir esta carreira. Este curso oferece uma formação semelhante ao do curso de Artes Cênicas, complementando ainda a formação do profissional com disciplinas do curso de Dança, considerando o corpo como elemento fundamental de toda expressão sócio-cultural.

Tipos de Curso

a) Nível Superior

Bacharelado: Duração de 4 anos, sendo que o aluno deve, na fase do vestibular, fazer uma prova de aptidão para a área. O currículo básico é composto por matérias como Interpretação; Educação e Expressão Vocal; História e Literatura Dramática; Estudo Corporal; Estudo Vocal, Teorias do Teatro e Filosofia. Em algumas instituições o aluno pode cursar matérias específicas como, por exemplo, produção de espetáculos; já em outras, ainda na fase do vestibular, o aluno pode optar por uma habilitação específica em interpretação, cenografia ou dança.

b) Nível Superio

Licenciatura: Duração de 4 anos. Além das matérias básicas do curso de bacharelado, o curso de licenciatura introduz no currículo matérias como Práticas de Ensino e Conhecimentos Pedagógicos, habilitando o aluno o lecionar no ensino médio. Os cursos de licenciatura em Artes Cênicas podem, ainda, se apresentar como uma habilitação especial do curso de Artes ou Educação Artística.

c) Nível superior

Tecnológico: Duração média 2 anos. Esse é um curso com muitas aulas práticas. Já no primeiro período você tem de fazer uma apresentação pública. Também constam do currículo consciência corporal, criação do personagem, expressão corporal, musical e vocal, além de improvisação e interpretação cênica para TV. A base teórica fica por conta das aulas de teatro antigo, brasileiro, contemporâneo e moderno. Geralmente é encontrado com o nome de Interpretação Cênica ou Artes Cênicas.

d) Nível médio

Curso Técnico: Duração média de 2 anos. O curso compreende atividades de criação, improvisação, interpretação, expressão vocal e expressão corporal, estudos teóricos sobre a história do teatro, da arte, da dramaturgia e encenação, assim como estudos práticos de maquiagem, execução de figurinos, cenários e iluminação. Os cursos técnicos nesta área podem se apresentar, ainda, como uma habilitação específica em cenografia ou produção de espetáculos.

Mercado de Trabalho

No início de carreira o profissional em Artes Cênicas, geralmente opta por trabalhar em pequenos grupos, com peças experimentais ou infantis, sendo interessantes aos principiantes fazer parte de cooperativas ou grupos já estabelecidos antes de começar a exercer atividades mais complexas.

O profissional em Artes Cênicas poderá exercer atividades correlatas ao seu campo de trabalho como direção de espetáculos, gerenciando desde a escolha dos profissionais até a definição do figurino e do cenário. Como produtor, ele irá administrar o orçamento dos espetáculos, levantar patrocínios, escolher o local para ensaios e providenciar tudo o mais relacionado à realização do espetáculo.

Pode, ainda, trabalhar como dramaturgo, na adaptação de textos literários e na criação de peças teatrais ou produções para a televisão e cinema. Dentro da teoria teatral, este profissional pode estudar todos os aspectos práticos e teóricos das artes cênicas para elaborar críticas teatrais ou mesmo escrever livros didáticos Também pode fazer dublagem de filmes.

Este profissional pode também trabalhar com a parte cenográfica dos espetáculos, criando cenários e caracterizando-os de acordo com a época em que se passa a história que vão contar ou em projetos de iluminação além, é claro, da interpretação dos personagens.

Ofertas de Emprego

Apesar da concorrência ser maior em todos os grandes centros urbanos, as melhores oportunidades de emprego se concentram no eixo Rio-São Paulo, sendo que outras capitais como Curitiba, Salvador e Porto Alegre, começam, atualmente, a demandar profissionais desta área.

Como a profissão em Artes Cênicas não tem uma estrutura regulamentadora já instituída, geralmente os profissionais desta área acabam trabalhando informalmente. A melhor maneira de buscar trabalho em TV, cinema e propagandas é ir até as agências especializadas na contratação deste tipo de profissional e apresentar seu currículo.

O trabalho como dublador também é um nicho promissor, e para quem pretende trabalhar com teledramaturgia, as experiências teatrais costumam conduzir a caminhos interessantes.

O valor da formação acadêmica

Grandes atores brasileiros não frequentaram a universidade para brilhar em palcos ou em telas até mesmo internacionais. Muitos conquistaram prestígio, fama e ganharam dinheiro graças a um conjunto de fatores como talento, trabalho e boa dose de sorte. Por que, então, optar pela formação acadêmica? Deolindo Checucci, diretor da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia, uma das mais tradicionais do país, responde: “A formação acadêmica é a base do saber científico em qualquer setor. Em Artes Cênicas não é diferente. Mais do que gente bonita, o teatro precisa de profissionais interessados em pesquisar todos os segmentos, desde as técnicas de interpretação até as obras de grandes autores. Ninguém melhor do que um profissional com sólida formação acadêmica para estabelecer uma nova relação com a arte e adquirir maior capacidade de refletir sobre a realidade.”

Os cursos de graduação têm, além das disciplinas teóricas, aulas práticas de improvisação, incluindo diferentes técnicas de interpretação. Nos dois primeiros anos, o aluno tem de dar duro na formação técnica, fazendo treinamento corporal e vocal e desenvolvendo a criatividade e a formação do pensamento artístico. Só nos dois últimos semestres é que se estuda a linguagem cênica e se faz montagens de espetáculos. Os candidatos a esses cursos precisam encarar, além do vestibular, as provas de aptidão – uma escrita e outra de interpretação. Os currículos variam um pouco entre as faculdades mas, em geral, o curso abrange disciplinas como história do teatro, literatura dramática, improvisação, expressão vocal, encenação, cenografia, indumentária, expressão corporal, mímica, interpretação, ética, legislação, produção teatral e maquiagem.

O artista cênico não atua apenas como ator. Ele também pode se tornar diretor de teatro, cenógrafo, professor de Artes Cênicas ou mesmo crítico de arte. Nos bastidores, o trabalho desse profissional consiste em escrever, dirigir ou produzir roteiros. A produção de espetáculos é uma atividade mais complexa, que exige habilidade para gerenciar um trabalho, levantar patrocínios e administrar orçamentos. Como professor, o artista pode se dedicar ao ensino universitário ou abrir uma escola de arte dramática. Embora as oportunidades de trabalho sejam diversificadas, é bom lembrar que os principais mercados estão no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Duração média do curso: Quatro anos

Outros nomes

Artes (teatro)
Artes (teatro: interpr.)
Dir. Teat.; Educ. (artes cênicas)
Educ. Art. (artes cênicas)
Figurino e Indumentária
Teatro
Teatro (arte-educação)
Teatro (interpr. teat.)

A profissão

O bacharel em Artes Cênicas utiliza a voz, a mímica e movimentos corporais para transmitir uma história, idéias, sentimentos e emoções ao público. Ao fazer isso, faz críticas à sociedade e divulga sua cultura. Atua em peças, filmes, telenovelas e comerciais para a TV. Também dirige espetáculos, cria cenários ou toma todas as providências necessárias à realização do evento. Conhecedor das técnicas teatrais e circenses, é habilitado a fazer críticas a espetáculos e elaborar obras didáticas. O mercado de dublagem, que tem aumentado em função da exibição de filmes estrangeiros nas TVs por assinatura, é reservado a esses profissionais.

Sensibilidade artística, imaginação, criatividade, boa memória, capacidade de concentração, controle emocional, iniciativa, persistência, flexibilidade, curiosidade

O que você pode fazer

Cenografia: Conceber o cenário, os objetos e os móveis que serão usados em cena, cuidando das cores e da iluminação, de modo a caracterizar uma época ou um ambiente específico.
Direção teatral:
Coordenar todos os elementos envolvidos em uma encenação, da escolha do elenco e definição do figurino à orientação dos atores durante os ensaios.
Dramaturgia:
Redigir peças teatrais, seriados, telenovelas, trabalhando individualmente ou em grupo. Adaptar textos documentais, cinematográficos ou literários para a linguagem e as técnicas de teatro ou de TV.
Dublagem:
Substituir a fala de personagens de filmes de língua estrangeira, empregando a voz e a entonação adequadas a cada emoção. Ensino Dar aulas de interpretação em escolas de ensino fundamental e médio.
Figurino e indumentária:
Escolher, elaborar e produzir o vestuário utilizado no cinema, no teatro e na TV Interpretação Representar um personagem, utilizando para isso a expressão corporal e facial e a entonação da voz.
Produção:
Viabilizar a exibição de peças ou espetáculos, conseguindo patrocínios, administrando o orçamento, providenciando os locais de ensaio e os materiais necessários à realização.
Teoria teatral:
Estudar aspectos teóricos e práticos das artes cênicas para elaborar livros didáticos ou fazer crítica teatral em jornais, revistas, rádio, televisão ou sites da internet.

Artes Cênicas - Profissão

O QUE FAZ

Utiliza conhecimentos e técnicas para a criação, condução e interpretação de espetáculos teatrais. Entretenimento e diversão fazem parte da missão destes profissionais que trabalham para transmitir idéias e emoções ao público, divulgando a cultura e fazendo críticas sociais.

CAMPO DE TRABALHO

Criação do espaço cênico, incluindo pesquisa e uso de materiais e técnicas de iluminação no teatro; determinação de todos os elementos do cenário, como objetos, móveis, cores, fundos e adereços; definição e utilização do palco para movimentação dos atores. O profissional deve estar preparado para atender às necessidades apresentadas pelo diretor e ter criatividade para executar suas idéias com orçamentos geralmente pequenos. O cenógrafo lida também com vitrines, estandes em exposições e shows, podendo também fazer adereços para escolas de samba.

Direção Teatral

Definição e coordenação de todos os elementos envolvidos na montagem de um espetáculo: escolha de texto, elenco, orientação dos atores durante os ensaios, acompanhamento da cenografia, iluminação, figurinos, sonoplastia e seleção de trilha sonora.

Dramaturgia

Redação de peças teatrais ou adaptação de textos literários, cinematográficos ou documentais para o teatro, cinema e televisão. Além de peças, pode também escrever novelas, seriados e radionovelas, devendo conhecer as linguagens e as possibilidades de cada veículo.

Ensino

Lecionar para escolas de primeiro e segundo graus, em bibliotecas, centros culturais, museus e associações de bairro.

Interpretação Teatral

Utilizar técnicas de representação para caracterizar um personagem, através de exercícios vocais e corporais. As principais ferramentas do ator são o corpo e a voz, o que exige treino constante. É uma carreira que demanda talento, disciplina e técnica.

Teoria do Teatro

Pesquisa, estudo e preparação de livros didáticos sobre artes cênicas. O profissional pode também trabalhar como crítico em jornais, revistas, rádios e televisão.

REGULAMENTAÇÃO

Lei 6533 de 24/05/1978 e Decreto Lei 82385 de 05/10/1978 para as habilitações de ator, diretor e cenógrafo. Para exercer a profissão é obrigatório o registro profissional na Delegacia Regional do Trabalho (DRT).

DURAÇÃO: 4 anos.

CONTEÚDO

O curso mescla aulas teóricas de história do teatro, técnicas de representação e cenografia com a prática de construção de personagens, interpretação, exercícios de improvisação, expressão corporal, impostação de voz, dança e canto. A partir do terceiro ano, o estudante começa a cursar matérias específicas da habilitação escolhida.

TITULAÇÃO: Bacharel em Artes Cênicas

O PROFISSIONAL

Esse curso forma profissionais que dominam recursos expressivos como a voz, o corpo, o movimento e o gesto. É preciso dominar também a realidade social em que vive para ser capaz de interpretá-la e reinterpretá-la.

Se não houver paixão, é melhor não escolher esse curso, pois ele exige doses muito altas de sensibilidade, técnica, criatividade e arte.

O estudante deve ser obsessivo em suas leituras, pois são infinitas as peças e textos a serem degustados, não só na vida acadêmica, mas durante toda a existência.

Reconhecer a vocação é fácil, pois aparece desde cedo. Ela se expressa pelo gosto da leitura, pela imitação, pela vontade de assistir cinema e teatro. O ator, na infância, vive representando, pintando o rosto, vestindo roupas de adultos.

O MERCADO DE TRABALHO

Existe dentro e fora do teatro; no cinema, na televisão, nas agências de publicidade. Nos últimos anos, o cinema nacional ganhou novo impulso, por isso tem empregado mais. A televisão continua empregando mais no eixo Rio-São Paulo, mas são poucas as oportunidades.

É bom lembrar que o ator pode trabalhar nos bastidores, produzindo, dirigindo e até escrevendo peças. Vale lembrar que é muito caro produzir teatro.

O salário inicial não é dos melhores, não vale sonhar com o das estrelas globais. A categoria tem um piso em torno de R$ 1.700, determinado pelo Sindicato dos Atores, também está apoiada pelo Sindicato dos Artistas e Técnicos de Diversão do Estado de São Paulo.

A Lei 6533, de 24/05/1978 regulamenta a profissão.

O CURSO

O curso de Artes Cênicas tem a duração de quatro anos. Muitos estudantes complementam sua formação com cursos de canto, dança, além das disciplinas da graduação.

As disciplinas principais do curso são: história do teatro, literatura, dramaturgia, artes visuais, cenografia, indumentária, iluminação, música e ritmo, interpretação, improvisação, desenho, mímica, etc.

Durante o curso há o estágio, geralmente acontece no último ano, quando é feita a montagem de uma peça.

Artes Cênicas - Atividade

O Bacharelado em Artes Cênicas foi criado com o propósito de responder à crescente demanda de pessoas, principalmente de jovens, que, de alguma forma, militam no teatro amador.

A atividade central do profissional de Artes Cênicas consiste em criar e interpretar personagens em representações teatrais, cinematográficas, televisivas e, mais raramente, radiofônicas, com o objetivo de entreter e comunicar com públicos.

As suas interpretações podem ser apenas vocais ou corporais (mímica, pantomima e outras), mas incluem, geralmente, estes dois tipos de expressão.

Alguns atores são encenadores e, nessa condição, são responsáveis pela planificação e concepção de espetáculos (sobretudo teatrais), cabendo-lhes determinar o seu estilo e ritmo, através da marcação de movimentos, da direção de atores e figurantes, da implantação de cenas e da supervisão de cenários, vestuário, iluminação e sonoplastia.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

O campo de atuação é diversificado: se alguns trabalham apenas em teatro clássico, outros se especializam em representações destinadas ao público infantil, marionetes, espetáculos cômicos ou de animação cultural, por exemplo.

Além de representarem, alguns desenvolvem atividades como a participação em promoções comerciais, direção de arte de filmes e programas televisivos e a atuação em espetáculos musicais onde também cantam e/ou dançam.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Expressão corporal.
Comunicação social.
Artes em geral.

Fonte: www.uniradial.edu.br/educaterra.terra.com.br/www2.unirio.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal