Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Educação em Nome do Repensar  Voltar

Educação em Nome do Repensar

Os resultados que tivemos na última avaliação em exame de capacidade de leitura nosso país teve uma posição que prova que algo deve ser feito urgentemente no processo educacional de nosso povo. Ao colocar os alunos brasileiros no 53º lugar é notório que nossa educação tem problemas e de que o processo de ensino - aprendizagem tem grandes lacunas a serem preenchidas e situação que merece um repensar na educação brasileira principalmente em quesitos como formação de professores, geração de ambientes prazerorosos para a aprendizagem e, sobretudo resgate da figura do professor e da característica verdadeira da escola que é formar , gerar seres capazes de pensar e ser centro de pensamentos, construção de ideias e de formação séria e competente.
Além de toda a reflexão a prática nos faz mostrar que governos que se sucedem no poder tem negligenciado a educação e tem provocado a decadência da figura do professor com salários vergonhosos, corte de direitos e completo desestímulo a arte de ser educador, pois é evidente que nossos governos tem transformados os educadores em meros executores de uma política que tem propositadamente criado mecanismos de exclusão e reforço às desigualdades sociais. O grande problema da educação reside na política pública errônea que hoje corta a autonomia das escolas com descaso, desrespeito e ocultamento do papel dos professores no cenário atual. Por que não se premiam as boas idéias em educação e não se incentiva as boas práticas com recursos, com reconhecimento e , sobretudo, com apoio para que elas ocorram? Na maioria dos casos professores de todo os locais tem gerado ações educativas vitoriosas mas infelizmente pouco apoiadas, valorizadas ou divulgadas.

A Educação tem de ser uma bandeira a ser levantada por todos os setores da sociedade devendo ser ação de governo e exigência do povo que muitas vezes tem transformado as Escolas e locais para tentativa de correção da irresponsabilidade ou incapacidade de muitas famílias em mostrar o valor do conhecimento e da necessidade de uma ação de valorização do conhecimento , da busca e da geração de idéias. A violência hoje que vem tomando de conta das escolas é decorrente da falta de respeito que os governos tem pelos professores e que acaba sendo transferida à sociedade através de uma figura de educadores sem muita perspectiva de vida ou orgulho da profissão. Nos dias de hoje o respeito ao professor não existe nas escolas, pois como os alunos respeitarão seus professores se os pais não o fazem? Os discursos das famílias nas maiorias dos casos acabam mostrando aos filhos que os educadores não são importantes e temos casos comuns de ida de pais às escolas para não aceitar qualquer tipo de repreensão ou até notas baixas dadas aos filhos o que prova que há erros de interpretação do papel dos educadores.
A situação da Educação brasileira demonstra que a sociedade precisa ser trabalhada firmemente para uma nova compreensão do papel dos educadores e de reconhecimento de seu valor que tem sido desgastado com ações errôneas dos que estão no poder. A Escola precisa de democracia, precisa de respeito e tem de se transformar templos sagrados em todas as comunidades de nosso páis. As Escolas de hoje tem sim recursos pedagógicos para uma boa aula,, no entanto,a burocracia desenvolvida pelos gestores escolares no uso desses instrumentos acabam promovendo desestímulo no seu uso e implementação. Às vezes mesmo com planejamento prévio,planos anteriores e aprovação pelos gestores tais recursos não são utilizados pela falta do funcionário responsável por sua operação o que acaba derrubando todo o processo educativo. As escolas públicas e privadas de nosso país ressentem de um refazer de práticas que são reveladas nos resultados certamente não adequados para um país que se deseja moderno ou desenvolvido. A luta pela educação é uma alternativa para gerar uma nação forte em tecnologia e que esteja afinada com a globalização tão decantada e que infelizmente estamos longe de fazer parte

Fonte: www.artigos.com

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal