Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Na China, população troca garrafas PET por passe de metrô  Voltar

Na China, população troca garrafas PET por passe de metrô

Já pensou trocar as garrafas PET que iriam direto para o lixo – reciclável, por favor – por uma viagem de metrô “na faixa”? Essa é a mais nova realidade dos moradores de Pequim, na China.
Máquinas instaladas em duas estações da capital, Jinsong e Shaoyaoju, coletam o material reciclável e, em troca, dão créditos aos usuários do metrô, que podem usá-los para comprar passagens. Cada PET depositada no equipamento vale entre US$ 0,15 e US$ 0,50, de acordo com o tamanho e tipo da garrafa.

Na China, população troca garrafas PET por passe livre no metrô

A ideia é estimular o uso do transporte público na capital chinesa – e, assim, diminuir os índices de congestionamento e poluição – e, ainda, incentivar a prática da reciclagem entre a população. Todo o material coletado nas estações do metrô é enviado para uma central de processamento, que utiliza o plástico para outros fins.

As máquinas que trocam PETs por bilhetes de metrô ainda estão em fase de teste, mas, se a iniciativa der certo, a ideia é expandi-la para toda a rede metroviária de Pequim e, também, para a rede de ônibus.

Curtiu? Mas não pense que o transporte público em Pequim está tão bem assim na fita. Em julho, um vídeo, gravado pelo site Beijing Cream, que retrata a hora do rush no metrô da capital chinesa chocou muita gente e viralizou na rede. Dá uma olhadinha no caos…

Débora Spitzcovsky

Fonte: super.abril.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal