Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Aspectos Geográficos  Voltar

Aspectos Geográficos

O território brasileiro estende-se por uma área de 8.547.403 km2 a leste da América do Sul, limitando-se ao norte com a Guiana, Venezuela, Suriname e Guiana Francesa; a noroeste com a Colômbia; a oeste com o Peru e Bolívia; a sudoeste com o Paraguai e Argentina; e ao sul com o Uruguai. A mais extensa fronteira do Brasil é com a Bolívia (3.126 km) e a menor com o Suriname (593 km). As costas leste, sudeste e nordeste do país são banhadas pelo oceano Atlântico. Apenas dois países da América do Sul - Chile e Equador - não têm fronteiras com o Brasil.

O país ocupa 20,8% do território das Américas e 47,7% da América do Sul, sendo o quinto no mundo em extensão territorial, superado apenas pela Rússia, Canadá, China e Estados Unidos da América. A linha do Equador corta o país ao norte, atravessando os estados do Amazonas, Roraima, Pará e Amapá. O Trópico de Capricórnio corta os estados de Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo a uma latitude sul de 23º27'30". Um total de 93% do território brasileiro encontra-se localizado no Hemisfério Sul e 92% na zona intertropical.

De acordo com dados de 1993, da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)1, a população brasileira totaliza 151.523.449 habitantes, com densidade demográfica média de 17,7 habitantes por km2. A população urbana corresponde a 75,4% do total e a composição étnica da população inclui 55,2% de brancos; 39,3% de pardos; 4,9% de negros; e 0,5% de amarelos. Na faixa etária de 0 a 14 anos encontram-se 34,7% do total da população do país, enquanto as pessoas entre 15 e 60 anos correspondem a 57,8%. O grupo acima de 60 anos representa apenas 7,3% da população. O crescimento demográfico no ano de 1991 foi de 1,93%, com um índice médio de mortalidade infantil de 68 por 1.000 nascidos vivos. O índice relativo à fertilidade feminina em 1990, indicou um total de 2,7 filhos por mulher. A expectativa de vida é de 62,1 anos para os homens e 68,9 anos para as mulheres.

Reservas minerais

Petróleo

A plataforma continental brasileira é rica em jazidas de petróleo. Dela são extraídas 60% da produção nacional. As reservas de petróleo do país somam 2.816 milhões de barris2.

O petróleo começou a ser explorado no Brasil em 1953. Atualmente, a produção é quase toda consumida internamente, exportando-se apenas uma pequena porção já refinada. Apesar do surgimento de novos poços e do contínuo aumento da produção, o petróleo explorado no Brasil não é suficiente para atender às necessidades do país.

Existem 5.511 poços de petróleo em produção no país, sendo 4.872 terrestres e 639 marítimos. A maior parte da produção vem da Bacia de Campos, no estado do Rio de Janeiro, descoberta em 1974. Utilizando tecnologia nacional de exploração em águas profundas, a produção da Bacia de Campos alcança 52.600 m3 (330 mil) barris por dia.

Na região do Recôncavo Baiano, estado da Bahia, o petróleo vem sendo explorado há mais tempo, tendo já sido produzidos naquela área mais de um bilhão de barris do produto. O campo de Água Grande é o que mais produziu até hoje no país, com um total de 42,9 milhões de m3 (274 milhões de barris) de petróleo extraídos do solo.

Minerais metálicos

Entre os principais minerais encontrados no Brasil estão a bauxita, o alumínio, o cobre, a cassiterita, o ferro, o manganês, o ouro e a prata. Na região Norte do país são encontrados ferro, ouro, diamantes, cassiterita, estanho e manganês. Também existem ferro e manganês em grande quantidade no estado de Minas Gerais.

Fonte: www.ibge.gov.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal