Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Atletismo  Voltar

Atletismo

Considerado o esporte-base, por testar todas as característica básicas do homem, o atletismo não se limita somente à resistência física, mas integra essa resistência à habilidade física. Comporta três tipos de provas, disputadas individualmente que são as corridas, os saltos e os lançamentos. Conforme as regras de cada jogo, as competições realizadas em equipes somam pontos que seus membros obtêm em cada uma das modalidades.

As corridas rasas de velocidade e revezamento são antigas. As corridas com obstáculos, que podem ser naturais ou artificiais, juntamente com as corridas de “sabe”, que os ingleses chamam de “steeple chass”, foram idealizadas tendo como modelo as corridas de cavalos.

A maratona, a mais famosa das corridas de resistência, baseia-se na legendária façanha de um soldado grego que em 490 A C. Correu o campo de batalha das planícies de Maratona até Atenas, numa distância superior a 35 km, para anunciar a vitória dos gregos sobre os persas. Uma vez cumprida a missão, caiu morto. As maratonas modernas exigem um percurso ainda maior: 42.192 m.

Atletismo

Nos primórdios de nossa civilização, começa a história do atletismo. O homem das cavernas, de forma natural, praticava uma série de movimentos, nas atividades de caça, em sua defesa própria etc. Ele saltava, corria, lançava, enfim desenvolvia uma série de habilidades relacionadas com as diversas provas de uma competição de atletismo. Podemos verificar que as provas de atletismo são atividades naturais e fundamentais do homem: o andar, o correr, o saltar e o arremessar. Por esta razão, é considerado o atletismo o “esporte base” e suas provas competitivas compõem-se de marchas, corridas, saltos e arremessos. Além disso, o desenvolvimento dessas habilidades são necessárias à prática de outras modalidades esportivas.

Por exemplo, podemos observar um jogador em atividade numa partida de futebol, basquete ou voleibol. Durante o jogo, ele anda, outras vezes, corre, salta e pratica arremessos. Por isso, um jogador de futebol, basquete ou voleibol procura sempre desenvolver essas habilidades que são “base” dos conjuntos de atividade física do praticante dessas modalidades.

A história do atletismo é muito bonito, pois que se inicia com a própria história da humanidade, quando o homem primitivo praticava suas atividades naturais para sobrevivência. Chega mesmo a se confundir com a mitologia, quando observamos o período da Antigüidade Clássica, com os Jogos Olímpicos que deram origem aos atuais Jogos Olímpicos da Era Moderna, que trazem como reminiscência cultural mais marcante a figura de Discóbulo de Miron.

O atletismo, sob forma de competição, teve sua origem na Grécia. A palavra atletismo foi derivada da raiz grega, “ATHI, competição”, o princípio do heroísmo sagrado grego, o espirito de disputa, o ideal do belo etc. – o que se chamou de ESPÍRITO AGONÍSTICO. Surgiram então as competições que foram perdendo o caráter de religiosidade e assumindo exclusivamente o caráter esportivo. O romano Juvenal sintetizou a expressão com “MENS SANA IN CORPORE SANO” a própria filosofia do esporte.

Fonte: www.museudosesportes.com.br

Atletismo

Atletismo

Como podemos ver o atletismo foi uma das primeiras modalidades atléticas a serem incluídas nas olimpíadas. Dês de o tempo antigo, quando os gregos inventaram as olimpíadas, o atletismo estava entre elas. As provas que compõem o atletismo são: provas de pistas de campo, corridas de rua, provas de cross-country e marcha atlética.

As provas de pista e campo são disputadas em pistas e são as seguintes: corridas rasas, com barreiras e com obstáculos.As provas de campo são as seguintes: arremessos de pesos, saltos e lançamentos.Ainda há as provas combinadas, como o decatlo.

As corridas de rua são disputadas em ruas, avenidas. Um exemplo de corrida de rua é a São Silvestre.

As corridas de cross-country são disputadas em pistas não pavimentadas, como: grama ou terra.

As corridas de marcha atlética são corridas de longa duração e as distancias das corridas são de 3500 m e 10 milhas.

Durante a Onase teremos algumas modalidades de atletismo e muitos outros esportes como: basquete, vôlei e xadrez.

Na modalidade de atletismo ocorrerão as seguintes as provas de pista e campos.

Atletismo

O atletismo é um esporte praticado há muito tempo.É considerado um esporte importante, pois trabalha com grande parte dos movimentos do corpo.Hoje, o atletismo é dividido em modalidades: provas de pista e campo, corridas de rua, cross-country e marcha atlética.Neste texto iremos falar sobre essas modalidades, as regras e tudo sobre o atletismo.

As provas de pista são divididas em corridas rasas, com barreiras ou obstáculos. As de campo são saltos, arremessos e lançamentos. São disputadas em pistas de atletismo. Estas provas são competidas entre homens e mulheres.Sempre fizeram parte dos jogos olímpicos e são consideradas o ponto nobre destes jogos.

As corridas de rua são simples corridas disputadas em ruas e rodovias.A mais famosa aqui no Brasil é a São Silvestre, disputada todos os anos no dia 31 de dezembro, em São Paulo. Essas corridas podem ser disputadas em várias distâncias, mas a mais comum é a Maratona, com 42.195 km. São populares em todo o mundo, mas a mais tradicional é a de Boston.De todas as corridas de rua, a maratona é a única disputada nos jogos olímpicos.

As provas de cross-country são realizadas em terrenos de terra ou grama.Existe um campeonato mundial dessa modalidade que é realizado anualmente entre 4 e 12km para os homens e 4 e 8km para as mulheres.

As provas de marcha atlética são competições de longa distância na qual o competidor tem que estar sempre com pelo menos um pé no chão.O esporte surgiu a partir das caminhadas e faz parte dos jogos olímpicos.

Cada modalidade tem suas próprias regras.As regras de corridas são não poder invadir a raia adversária e nem "queimar" na largada.

No atletismo existem muitos atletas famosos, alguns deles são: Paavo Nurmi, Emil Zatopek, Abebe Bikila, Carlos Lopes, Carl Lewis e Paul Tergat.

O atletismo será praticado na ONASE (Olimpíada Nacional da rede Sinodal de Educação) e também fará parte dos jogos olímpicos mundiais em Atenas.

Atletismo

O Atletismo é o esporte que mais medalhas ganhou para o Brasil, em Olimpíadas e Jogos Pan-Americanos. Também nos Mundiais, nossos atletas têm subido no pódio. Muitas vezes, vimos a bandeira brasileira subir e ouvimos o hino nacional. Além do bicampeão olímpico Adhemar Ferreira da Silva, outros medalhas em Olimpíadas foram Joaquim Cruz, João Carlos de Oliveira, Nélson Prudêncio, José Telles da Conceição e Róbson Caetano, e ainda a equipe no revezamento 4 x 100m, em Atlanta, com Róbson, Arnaldo de Oliveira, André Domingos da Silva e Édson Luciano Ribeiro. João Carlos de Oliveira e Róbson Caetano são, ainda tricampeões da Copa do Mundo.

Outros medalhas de ouro são Nélson Rocha dos Santos e Altevir Araújo (4 x 100m) e Sérgio Matias (4 x 400m) - as medalhas no revezamentos nossos atletas conseguiram formando nas seleções das Américas. Zequinha Barbosa foi campeão mundial indoor e subiu no pódio no Campeonato Mundial duas vezes.

Abaixo você vai conhecer um pouco mais sobre as modalidades do atletismo.

SALTOS

ALTURA

Este evento não figura nos Jogos Antigos, mas foi comumente praticado pelos Celtas. A primeira competição foi organizada na Inglaterra, em 1940, e regimentada em 1965, onde cada competidor possuía três saltos em cada altura e a barra não poderia ser aumentada no caso do competidor derrubá-la. A altura de seis pés (1,83m) foi utilizada pela primeira vez por Marshall Brooks (Grã-Bretanha), em 1874, usando a técnica de um pé primeiro.

DISTÂNCIA

Há muito tempo faz parte das competições esportivas. Figurou nos Jogos de 708 AC como parte do Pentatlo. O evento moderno foi regularizado na Inglaterra e nos Estados Unidos em 1860: o levantar-vôo tinha que ser feito 20cm afastado da tábua dentro da marca de saibro.

TRIPLO

Os Celtas inventaram um estilo de três saltos numa ação contínua e isso foi regularizado até o fim do século XIX, primeiro pelos Irlandeses e depois pelos Americanos. Originalmente um vôo-vôo-salto, sendo primeiramente dois vôos com um mesmo pé, o Salto Triplo começou, depois de 1900, com a Técnica vôo-passo-salto.

VARA

Foi conhecido pelos velhos Gregos através de saltos por cima dos touros. Os Celtas usaram a vara, mas para competição em extensão. Esse evento iniciou uma competição vertical na Alemanha em torno de 1775, durante competições de ginástica.

Pistas

VELOCIDADE São assim chamadas todas as provas em distância até 400m. Podem ser realizadas em pistas com obstáculos ou em pistas livres (corridas rasas). Exigem maior explosão que fôlego.

OBSTÁCULOS

De influência hípica, esta prova foi introduzida nos Jogos Olímpicos de 1900, em Paris. A distância atual desta corrida é de 3.000m - masculino e feminino -, e inclui 4 obstáculos secos e 1 obstáculo do fosso à cada volta da pista. Este último é o mais espetacular, de vez que o competidor deve transpor o obstáculo e saltar o fosso de 3,66m de comprimento.

BARREIRAS São as realizadas em pistas com barreiras, nas distâncias de 100, 110 e 400 metros. Os atletas devem dominar técnica especial para manter o equilíbrio e o ritmo, ao combinar a ação de correr com a de saltar.

REVEZAMENTO

São as corridas entre equipes de quatro atletas que devem cumprir, cada um deles, uma quarta parte do percurso. Ao término de sua parte, o atleta deve passar um bastão ao companheiro que lhe sucede. Há dois tipos de revezamento: o de 4 x 100 m., e o de 4 x 400 m. O momento da passagem do bastão é indicado por marcas na pista. O êxito dependerá de dois fatores principais: precisão na saída e na passagem do bastão.

Arremesso

DARDO

Consiste numa haste metálica. Nas provas masculinas, seu peso total não pode exceder 800 g e o seu comprimento varia de 2,60 a 2,70 m. Seu diâmetro varia de 2,5 a 3 cm. Para as provas femininas, o peso total é 600 g, o comprimento varia de 2,20 a 2,30 m. e o diâmetro varia de 2 a 2,25 cm. O lançamento é feito de uma pista, onde o lançador corre cerca de quinze passadas.

DISCO

Os antigos Gregos descobriram este evento antes de qualquer outro. Eles usaram discos de pedra e depois de bronze com 2 e 6kg de peso e 21 e 34cm de diâmetro. Essa prova estreou nos Jogos Antigos em 708 AC. Em 1896, o disco foi incluído nos Jogos Olímpicos de Atenas. Os discos foram feitos em um suporte que media 60cm por 70cm. Na mesma época, os sueco lançavam os discos de um quadrado de 2,5m.

MARTELO

Este evento, nascido de antigas tradições, inicialmente teve como estilo a corrida livre, no qual havia um martelo pesado (um ferro junto com uma bola de ferro fundido). Em seguida, foi introduzido o peso com diâmetro de 7 pés (2,13 m). Em 1887, o peso do martelo foi fixado em 7,26 kg com um arame entre 1,175m à 1,215m de comprimento.

A origem do atletismo vem desde os antigos Jogos da Grécia e, segundo o que se tem documentado, surgiu justamente entre os gregos, e ganhou categorias com o tempo graças a touros e balas de canhão, entre outros.

Na definição moderna, o atletismo é um esporte com provas de pista de campo (corridas rasas, corridas com barreiras ou com obstáculos, saltos, arremesso, lançamentos e provas combinadas, como o decatlo e heptatlo), provas de cross country (corridas através do campo, com obstáculos naturais ou artificiais); e marcha atlética.

Na época, o Carl Lewis da época foi Coroebus, campeão dos Jogos em 776 antes de Cristo na prova dos 193 metros. Naquela época, as provas disputadas eram basicamente de corrida e lançamento de disco, feitos de pedra ou bronze.

A maratona, por exemplo, foi criada, segundo a lenda, em homenagem a um soldado chamado Pheidippides. Ele correu 40 quilômetros carregando notícias sobre a vitória de Atenas sobre a Pérsia na Batalha da Maratona e, ao chegar, acabou caindo e morrendo.

O atletismo teve seu grande momento até o fim do Jogos gregos, em 394 a.C.

O esporte, porém, acabou "morrendo" até o século 12, quando reapareceu na Inglaterra.

Ele acabou assumindo um pouco do que é hoje a partir do século 19. Em 1834, foram criados outras modalidades ainda mais quando as universidades de Oxford e Cambridge passaram a adotar o atletismo em seu currículo em 1864. Sete anos depois, acabou sendo criado o primeiro clube de atletismo em Suffolk.

Sendo assim, o esporte não teve maiores problemas para participar da Olimpíada de Atenas, em 1896. E a IAAF acabou sendo criada em 1912, durante os Jogos Olímpicos de Estocolmo (Suécia).

Em 1908, a maratona ganhou mais 2.195 quilômetros para que a corrida pudesse começar e terminar perto do castelo e da rainha Alexandra e seus suditos, a modalidade acabou tendo seu trajeto aumentado.

Já a prova de lançamento de peso tem uma curiosidade. No século 16, o rei Henrique 8º inovou nas provas de lançamentos de peso e martelo. Dois séculos depois, soldados ingleses organizaram uma prova de lançamento de bala de canhão, que acabou tendo seu peso fixado em 7,257 kg só em 1906, quando o lançamento com braço inclinado foi proibido passou a ser lançado junto ao pescoço. Esta modalidade entrou nos Jogos em 1948.

E no salto com vara, os gregos se utilizavam das mesmas para poderem passarem por cima de touros bravos, enquanto que os celtas as usavam para provas de extensão. A prova só ganhou sua versão vertical em 1775, na Alemanha, numa competição de ginástica.

No Brasil, há registros de competições oficiais na década de 1910. A sua prática estava sob a responsabilidade da antiga Confederação Brasileira de Desportos (CBD) até 1977, quando foi criada a CBAt.

Fonte: br.geocities.com

voltar 12345678avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal