Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Lactobacilos - Página 2  Voltar

LACTOBACILOS

Milhares de microorganismos vivos agem permanentemente em nossa flora intestinal e são nada menos que responsáveis pela absorção dos nutrientes ingeridos através da alimentação! Também chamados probióticos, esses "bichinhos" melhoram a integridade da parede intestinal e assimilam alguns nutrientes importantes para o organismo, como o cálcio e o ferro.

Não adianta seguir uma dieta equilibrada e saudável se a flora intestinal não está sadia. Alimentos como leite, iogurte, queijo fresco e coalhada são fundamentais no dia-a-dia, porque contêm o melhor dos probióticos: os lactobacilos vivos. Os mesmos do velho e bom leite fermentado.

Pesquisas recentes mostram que tais bichinhos equilibram o funcionamento intestinal, impedem a proliferação de bactérias nocivas, inibem a produção de toxinas, melhoram a digestão, fortalecem o sistema imunológico, além de prevenir e interromper o câncer de cólon localizado no intestino grosso.

SE JÁ TEMOS MICROORGANISMOS NO INTESTINO,POR QUE A IMPORTÂNCIA DE INGERI-LOS ATRAVÉS DA ALIMENTAÇÃO?

Nossa flora intestinal é composta por um equilíbrio desses bichinhos, bons e maus. Ou seja, temos um conjunto de mais de 400 bactérias que quando estão equilibradas não causam problemas à saúde, caso contrário podem provocar doenças, alergias e até desnutrição. Podemos dizer que os microorganismos considerados bons (lactobacilos ou probióticos) devem ser maioria no intestino. Cerca de 70% em relação aos outros, que devem estar em pequenas quantidades para não causar doenças. Em torno de um quilo do nosso peso corporal é de microorganismos vivos.

Vários motivos levam à morte desses microorganismos benéficos. Só para ter alguns exemplos: stress, doenças intestinais, alcoolismo, uso de antibióticos, envelhecimento, etc. Por isso é importante estarmos sempre "repovoando" nosso estoque com estes microorganismos. E isso nós fazemos com a consumo de alimentos probióticos, que, como o próprio nome já diz, são pró ( a favor), bio (vida). Ou seja, promotores da vida.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DOS LACTOBACILOS VIVOS?

Eles tendem a melhorar e regular todo o funcionamento da flora intestinal, além de combater as substâncias tóxicas e causadoras de câncer. Não só: fortalecem o sistema imunológico, pois estimulam a síntese de interferon gama (substância produzida por leucócitos que combatem as doenças) e também minimizam os efeitos colaterais dos antibióticos - que desequilibram o intestino. Um novo estudo em andamento da empresa japonesa Yakult aponta ainda lactobacilos vivos como coadjuvantes na redução das taxas de colesterol.

O QUE OCORRE QUANDO OS LACTOBACILOS CHEGAM AO INTESTINO?

Como são resistentes, para chegar inteiros ao intestino, vão acidificando o ambiente e assim dificultando a permanência dos microorganismos patogênicos, causadores de doenças no estômago e no intestino. Esse ambiente ácido facilita a absorção dos minerais e das vitaminas, tão importantes ao organismo. Outra função é ajudar a manter íntegra a parede do intestino, o que permite que todos os nutrientes sejam absorvidos adequadamente.

O QUE É O LEITE FERMENTADO?

É todo produto que coagula e diminui o pH do leite, por fermentação láctea, por meio de microorganismos. Nos frascos encontrados no mercado existem variações de lactobacilos, como o lactobacillus casei e Bifidobacterium. São consumidos, geralmente, em pequenas doses e servem para melhorar o funcionamento do intestino. Considerado alimento funcional, o leite fermentado é consumido há 60 anos no Japão. A engenheira de alimentos da Yacult no Brasil, Cristina Okada, conta que o Yacult surgiu em 1935, quando o médico Minoru Shirota criou um lactobacilo especial que conseguia resistir à acidez do estômago e chegar vivo ao intestino, ajudando na defesa natural do aparelho digestivo. Batizou-o de Lactobacillus Casei Shiorota. O leite fermentado Yacult traz no mínimo 400 milhões de lactobacilos vivos por frasco. No Yacult 40, que é novidade no mercado, são 40 bilhões de lactobacilos. Ideal para a flora intestinal da fase adulta.

QUEM PODE TOMAR LEITE FERMENTADO?

A principio, qualquer pessoas depois da fase do desmame pode consumir alimentos com lactobacilos vivos. Quanto maior a freqüência de consumo, melhor a manutenção da flora bacteriana e a ingestão de cálcio. É que o leite fermentado também é fonte desse mineral, importante no combate à osteoporose. E para quem costuma ter desconforto depois de ingerir leite, uma boa notícia. Como o produto já vem com lactose processada, ou seja, o indivíduo não precisa digeri-la no organismo, os sintomas dessa intolerância (gases, vômitos e diarréia) diminuem. Já os diabéticos devem evitar iogurtes e leites fermentados, que contém açúcar.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O IOGURTE E O LEITE FERMENTADO?

Ambos são tidos como alimentos funcionais e têm microoganismos vivos em seu processo de fermentação. Mas é preciso dizer que os bichinhos do iogurte são mais sensíveis à acidez estomacal. Isso quer dizer que somente uma fração chega viva ao intestino, o leite fermentado é bastante terapêutico. Normalmente, ele é consumido em pequenas doses com a finalidade de melhorar intestinos difíceis. Já o iogurte é um alimento que pode ser consumido em maiores quantidades sem restrições. Um pote de iogurte sustenta o indivíduo e pode ser parte do café da manhã ou de um lanche. O leite fermentado não tem essa possibilidade.

A INGESTÃO DE LACTOBACILOS AUXILIA NA PERDA DE PESO?

Sim. Os lactobacilos vivos ajudam na perda e na manutenção do peso porque fortalecem a parede do intestino. Ao contrário disso, quando a parede está muito fraca, acaba ficando mais permeável aos macronutrientes e as proteínas, o que faz a pessoa engordar mesmo quando como uma quantidade normal de calorias.

QUAL A QUANTIDADE DIÁRIA IDEAL QUE DEVEMOS INGERIR DE ALIMENTOS PROBIÓTICOS?

Um frasco por dia de leite fermentado e o uso constante e diário de queijos frescos, iogurtes e coalhadas são suficientes para proteger o organismo contra os fatores que desequilibram a flora intestinal. Isso vai ser o bastante para o organismo ficar mais resistente às bactérias e a qualquer tipo de infecção. Mas é bom evitar o consumo exagerado desses produtos, que podem causar desconforto intestinal e até aumento do peso devido ao excesso de calorias.

É VERDADE QUE A INGESTÃO DE PROBIÓTICOS PREVINE O CÂNCER?

Pesquisas comprovaram que alimentos com lactobacilos são eficientes na prevenção de doenças relacionadas ao intestino. É que o leite fermentado e produtos afins estimulam o organismo na produção de células de defesa, o que auxilia na proteção contra doenças. Uma pesquisa da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, realizada pelo nutricionista Manfrede Kroger, concluiu que o número de células cancerosas de 30 pacientes que participaram do estudo não aumentou depois que eles passaram a ingerir dois copos de iogurte por dia, durante um mês. De concreto, sabe-se que quando a flora intestinal não está saudável, isso desencadeia males como diabetes, colite, fadiga e até mesmo candidíase (fungo que provoca corrimento espesso, coceira e irritação), e aparece quando o organismo está debilitado, com baixa imunidade.

Fonte: www.modelle.com.br

LACTOBACILOS

O QUE SÃO?

Falar sobre Lactobacilos é algo muito complexo, pois é difícil imaginar algo que não enxergamos, que não podemos apalpar.

Então, para introduzirmos este tópico podemos começar falando do seu tamanho; vamos pegar uma régua e vizualizar 1 milímetro. Dividindo este 1 milímetro por 1000, encontramos o tamanho dos lactobacilos da Yakult : 1m = 1 mícron

Agora que as pessoas já têm idéia do tamanho dos lactobacilos, vamos ver a sua forma:Os lactobacilos possuem forma de

Bastonetes.

Lactobacilos são microrganismos benéficos, ou seja, úteis ao homem. Eles transformam a lactose (açúcar do leite) em ácido láctico responsável por acidificar o meio, favorecendo o aumento dos microrganismos bons.

Encontramos lactobacilos no leite, queijo, iogurte, coalhada, etc.

Agora, surge a dúvida: como explicar a diferença entre os lactobacilos destes alimentos e os lactobacilos da Yakult?

Os Lactobacillus casei Shirota da Yakult, são lactobacilos vivos, selecionados, capazes de atravessar a acidez do estômago e chegar vivos aos intestinos em quantidades suficientes para promover efeitos benéficos e auxiliar na redução dos riscos de doenças. São lactobacilos exclusivos que só encontramos nos leites fermentados da Yakult.

Existe uma pesquisa da Yakult no Japão que mostra a resistência dos Lactobacillus casei Shirota ao suco gástrico.

Nesta pesquisa colocaram em 1ml de suco gástrico artificial, 100 milhões de L. casei Shirota e 100 milhões de L. acidophilus.

Após 30 minutos observou-se o seguinte resultado:


Neste gráfico podemos verificar que os L. casei Shirota são 1.500 vezes mais resistentes à acidez do suco gástrico que os L. acidophilus, portanto chegam em maior quantidade nos intestinos.

voltar 1234567avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal