Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Regras do Badminton  Voltar

Regras do Badminton

DEFINIÇÕES

Jogador: Qualquer pessoa jogando badminton.

Jogo: Forma competitiva do badminton com um ou dois jogadores de cada lado.

Simples: Um jogo onde existem dois jogadores em lados opostos da quadra.

Duplas: Um jogo onde existem dois jogadores de cada lado da quadra.

Lado do Servidor: O lado que tem o direito de servir.

Lado do Recebedor: O lado oposto ao lado do servidor.

Rally: Uma seqüência de uma ou mais jogadas iniciando com o serviço, até a peteca não estar mais em jogo.

Golpe: Movimento da raquete para a frente.

1. QUADRA E EQUIPAMENTO DE QUADRA

1.1. A quadra será um retângulo com linhas de 40mm de largura conforme o Diagrama A.

1.2. As linhas serão facilmente distinguíveis e preferencialmente de cor branca ou amarela.

1.3. Todas as linhas fazem parte da área que elas delimitam.

1.4. Os postes terão 1.55 metros de altura a partir da superfície da quadra e permanecerão verticais quando a rede for esticada conforme estabelecido na Lei 1.10. Os postes não se estenderão para dentro da quadra.

1.5. Os postes serão colocados na linha lateral de duplas conforme o diagrama A independente de uma partida ser de simples ou de duplas.

1.6. A rede será feita de corda fina de cor escura e grossura uniforme com a malha de não menos que 15mm e não mais que 20mm.

1.7. A rede será de 760mm de altura e pelo menos 6,1 metros de largura.

1.8. O topo da rede terá uma fita dupla de pano branco de 75mm dobrada sobre uma corda ou cabo passando dentro da fita. Esta fita se apoiará sobre a corda ou cabo.

1.9. A corda ou cabo será esticado firmemente, e ficará exatamente na mesma altura que o topo dos postes.

1.10 O  topo da rede, a partir da superfície da quadra, será de 1,524 metros no centro da quadra e 1,55 metros sobre a linha lateral de duplas.

1.11 Não haverá espaços entre as extremidades da rede e os postes. Se necessário, a extensão total das laterais da rede será amarrada aos postes.

Regras do Badminton
Clique para Ampliar

2 PETECA

2.1 A peteca será feita de materiais naturais e/ou sintéticos. Independente do material com o qual a peteca for feita, as características de vôo geralmente são semelhantes àquelas produzidas por uma peteca com penas naturais com uma base de cortiça coberta por uma camada fina de couro.

2.2 A peteca terá 16 penas fixadas em sua base.

2.3 As penas terão um comprimento uniforme entre 62mm e 70mm quando medidas da ponta até o topo da base.

2.4 As pontas das penas formarão um círculo com um diâmetro entre 58mm e 68mm.

2.5 As penas serão fixadas firmemente com linha ou outro material adequado.

2.6 A base terá um diâmetro entre 25mm e 28mm e será arredondada em baixo.

2.7 A peteca pesará entre 4.74 e 5,50 gramas.

2.8 Peteca de Materiais Sintéticos

2.8.1 A saia, ou simulação de penas feitas de materiais sintéticos, substitui as penas naturais.

2.8.2 A base está descrita na Lei 2.6.

2.8.3 As medidas e peso serão conforme as Leis 2.3, 2.4 e 2.7. Porém, por causa da diferença na massa específica e outras propriedades dos materiais sintéticos em comparação com as penas, uma variação de até 10 por cento é aceitável.

2.9 Caso não haja variação no desenho geral, velocidade e vôo da peteca, modificações nas especificações acima podem ser feitas com a aprovação de uma Associação Federada envolvida, em lugares onde as condições atmosféricas, devido à altitude ou clima, tornam a peteca padrão inadequada.

3 TESTANDO A VELOCIDADE DA PETECA

3.1 Para testar uma peteca, use uma batida “full underhand” que faz contato com a peteca sobre a linha de fundo da quadra. A peteca será atingida num ângulo para cima e numa direção paralela s linhas laterais.

3.2 Uma peteca de velocidade correta irá cair não menos que 530mm e não mais que 990mm antes da linha de fundo do outro lado da quadra conforme o Diagrama B.

DIAGRAMA B

Regras do Badminton
Marcas para testes opcionais para quadra de duplas

4 RAQUETE

4.1 A raquete terá um corpo não excedendo 680mm no comprimento total e 230mm na largura total constituída das principais partes descritas nas Leis 4.1 a 4.5 conforme ilustrado no Diagrama C.

4.1.1 A empunhadura é a parte da raquete onde o jogador deveria segurá-la.

4.1.2 A área encordoada é a parte da raquete com a qual o jogador deve golpear a peteca.

4.1.3 A cabeça restringe a área encordoada.

4.1.4 O cabo liga a empunhadura cabeça (sujeito à lei 4.1.5).

4.1.5 A garganta (se houver) liga o cabo à cabeça.

DIAGRAMA C

Corpo da raquete

Regras do Badminton

Cabeça

Garganta

Cabo

Empunhadura

Área encordoada

4.2 A área encordoada:

4.2.1 será achatada e consiste de uma trama padrão de cordas cruzadas ou entrelaçadas alternadamente ou ligadas onde elas se cruzam. O padrão de encordoamento será uniforme em geral e, especificamente, não menos espesso no centro que em qualquer outra área; e

4.2.2 não excederá 280mm no comprimento total e 220mm na largura total. Porém, as cordas podem estender na área que seria a garganta, contanto que a largura da área de encordoamento estendida não exceda 35mm e contanto que o comprimento total da área encordoada não exceda 330mm.

4.3 A raquete:

4.3.1 será livre de objetos e protuberâncias anexadas, a não ser aqueles usados somente e especificamente para limitar ou prevenir desgaste, ou vibração, ou para  distribuir peso, ou assegurar a empunhadura com corda à mão do jogador e que são razoáveis em tamanho e colocação para tais propósitos; e

4.3.2 será livre de qualquer dispositivo que torna possível ao jogador mudar a forma da raquete materialmente.

5 CONFORMIDADE DE EQUIPAMENTO

5.1 A Federação Internacional de Badminton (BWF), será a autoridade que decidirá a conformidade com as especificações em qualquer questão de raquete, peteca ou equipamento ou qualquer protótipo utilizado ao jogar badminton. Tal autoridade pode ser tomada por iniciativa da Federação ou por qualquer parte com um interesse bona fide (de boa fé), inclusive qualquer jogador, juiz, fabricante de equipamento ou Associação Federada ou membro desta.

6 SORTEIO

6.1 Antes do início da partida, um sorteio será conduzido e o lado que vencer o sorteio terá a escolha na Lei 6.1.1 ou 6.1.2:

6.1.1 servir ou receber primeiro;

6.1.2 iniciar a partida de um lado da quadra ou do outro.

6.2 O lado que perder o sorteio terá então a opção restante.

7 SISTEMA DE PONTUAÇÃO

7.1 Uma partida será constituída de o melhor de três “games”, a não ser que combinado de outra forma.

7.2 O primeiro lado que fizer 21 pontos será declarado vencedor do game, exceto conforme estabelecido nas Leis 7.4 e 7.5.

7.3 Quem vencer o rallly irá fazer um ponto. Se um lado cometer uma “falta” ou se a peteca estiver fora de jogo, pois tocou a superfície da quadra, o lado opositor marca um ponto.

7.4 Quando chegar 20 a 20, o lado que primeiro fizer uma diferença de dois pontos será o vencedor do game.

7.5 Se a pontuação chegar em 29 a 29, quem fizer o 30º ponto ganha o game.

7.6 O lado que vencer o “game” serve primeiro no próximo “game”.

8 TROCA DE LADO

8.1 Os jogadores trocam de lado:

8.1.1 ao final do primeiro “game”;

8.1.2 antes do início do terceiro game” (se houver); e

8.1.3 no terceiro “game”, quando um lado chegar a 11 pontos primeiro.

8.2 Se os jogadores omitirem a troca de lados conforme indicado na Lei 8.1, eles o farão assim que o erro for descoberto e a peteca não estiver em jogo. A pontuação existente será válida.

voltar 12avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal