Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Terapia Quântica  Voltar

Terapia Quântica

Medicina Quântica

É a investigação multidisciplinar utilizando física quântica para mostrar que o corpo humano é controlado e regulado pelo sistema de energia humana.

Além disso, um ramo da medicina que manipula a energia do corpo para tratar e prevenir a doença.

A Medicina Quântica é uma combinação de medicina funcional alemão, medicina oriental, Herbal / Homeopática, e física quântica.

A Medicina Quântica utiliza os princípios da física quântica, como a não-localidade, hierarquia entrelaçada, e salto descontínuo n

O que é

A Medicina Quântica é um ramo jovem da ciência em rápido desenvolvimento, baseada na utilização de propriedades especiais da radiação eletromagnética.Por um lado, o nome "Medicina Quântica” reforça a origem eletromagnética deste novo ramo da medicina, uma vez que a investigação dos campos eletromagnéticos é objeto da física quântica. E por outro, utiliza um nível baixo e seguro de radiação, sendo que QUANT significa a porção mínima de radiação eletromagnética

A Medicina Quântica integra todos os elementos do tratamento da saúde humana: a profilaxia, diagnóstico, tratamento e reabilitação.Costumávamos tratar o nosso organismo com remédios, injecções e pingos desde a infância, quando são necessárias análises (ao sangue, urina, expectoração) para descobrir a doença.No entanto, a forma convencional de tratar uma doença não é a única, nem mesmo a melhor.

A medicina quântica abre as portas para outra forma de proteger a saúde: uma forma ecologicamente pura, não invasiva e sem efeitos secundários

Diagnóstico Quântico

É do conhecimento geral que o próprio organismo da pessoa é uma fonte de radiação eletromagnética. É também ponto assente que a radiação de uma pessoa doente é diferente da radiação dessa mesma pessoa quando num estado saudável. É possível diagnosticar a doença de um determinado paciente ao medir os seus parâmetros eletromagnéticos quando está doente e saudável através de métodos especiais e analisar as diferenças entre ambos.

A Terapia Quântica, assim como a profilaxia e a reabilitação utilizam a radiação eletromagnética para prevenir a doença e tratá-la. Esta terapia tem uma ação direta em zonas e órgãos específicos do paciente. As características desta ação eletromagnética externa são similares aos parâmetros dos processos eletromagnéticos que existem dentro do organismo da pessoa. Esta energia é aplicada em quantidades muito pequenas e é inofensiva para o organismo. Mas graças à absorção da ressonância, esta quantidade de energia é suficiente para “reparar” as células fracas e subir consideravelmente a imunidade de todo o organismo.Uma ação agregada sobre o organismo de uma pessoa com níveis de energia bastante baixos através de um campo magnético constante, radiação por infra-vermelhos e dispositivos de laser da terapia quântica “RIKTA” garante segurança total ao paciente e oferece uma eficácia terapeutica elevada.

Isto porque segundo as leis da bioquimica uma ação mais baixa resulta numa maior resposta pelo organismo: harmonização do sistema imunitário, ativação da circulação do sangue periférico (capilar) e normalização o metabolismo. A medicina quântica provou a sua eficácia ao tratar mais de 200 das doenças mais comuns.

A Terapia Quântica

A terapia quântica é uma aplicação prática dos conhecimentos da medicina quântica – a terapia quântica ajuda ao corpo a mobilizar suas forças de autotratamento.

A terapia quântica começou a ser canalizada em 1997 e é um processo continuo, pois a cada dia novas informações surgem.

Os Lasers Quânticos... (utilizados na Terapia Quântica) são instrumentos de poder do mais alto grau... O objetivo é o trabalho com a cura no nível áurico, pois é nesse campo que a doença é primeiramente originada. Além do trabalho no campo áurico, um novo conceito de tratamento é implementado com o uso do Laser Quântico, ou seja, novos níveis energéticos podem ser atingidos com a utilização correta do mesmo

É uma nova abordagem sobre cura espiritual que elimina a origem das emoções, tratando a causa e não o efeito.

Para tanto constitui na regressão da memória sem hipnose, objetivando a re-significação das questões que ficaram programadas no subconsciente da pessoa e que tanto a prejudica sua qualidade de vida.

Atua nos níveis energéticos efetuando uma reorganização profunda da Aura, equilibrando todos os chacras, meridianos e ajustando o corpo energético multidimensional, ajustando o passado, presente e possibilitando um futuro melhor ao paciente, já sem as interferências até então diagnosticadas.

Em prática o Terapeuta utiliza comandos mentais (intenção estruturada) e símbolos elaborados especificamente para esta finalidade.

Transforme a sua vida! De uma vida de dores e sofrimentos para uma Vida Plena!!!

Definição

A Terapia Quântica é essencialmente a cura espiritual realizada pelo pensamento que é um atributo da alma.

A Ciência Médica tem evoluído, contando com recursos progressivamente mais aperfeiçoados para o estudo da estrutura celular, dispondo particularmente do microscópio eletrônico, da ressonância nuclear magnética e da microscopia de tunelamento que são capazes de analisar a estrutura celular nos mínimos detalhes.

A Cura Espiritual vem sendo estudada sob o prisma científico, à luz dos conhecimentos atuais que identificam um ponto de encontro entre ciência e a realidade da alma através do pensamento.

Os conhecimentos revelados pela Física evidenciam que o átomo constitui uma minúscula partícula de matéria, tendo no seu interior um núcleo formado de Prótons e Nêutrons.

Os Prótons são dotados de carga elétrica positiva e se apresentam em número variável, de acordo com os diferentes elementos químicos que os constituem.

Os Nêutrons são em número igual aos dos Prótons e da massa praticamente igual à dos mesmos. Ao redor do Núcleo existem partículas menores, os Elétrons , em número igual ao de Prótons e que se movimentam em órbitas elípticas concêntricas, com carga elétrica negativa.

Segundo o modelo de Ernest Rutberford, adotado também por Niels Bohr, os Elétrons se deslocam em torno do Núcleo que estabelece o equilíbrio em relação à força centrífuga dos Elétrons, sendo que, para melhor entendermos o sistema eletro-magnético atômico, basta compará-lo com uma miniatura infinitamente reduzida do nosso sistema planetário.

O Conhecimento da estrutura do átomo abre para o observador um campo multiforme de observações mais, em síntese, reportando a estrutura do átomo para o sistema planetário, verifica-se sem sombra de dúvida, que o átomo sintetiza a unidade da Criação.

Existem razões para se admitir que no campo da atomologia deve-se centrar a Causa e a cura das doenças, e o pensamento tem o duplo poder de deslocar ou reajustar os Elétrons em suas órbitas.

O pensamento, sendo uma forma de energia emitida pela alma, quando impregnado de emoções negativas como as do medo, do ódio, da inveja, da maldade, do ciúmes, pode causar o deslocamento dos Elétrons de suas órbitas atômicas, causando o sofrimento, as doenças e fracassos.

Já o pensamento impregnado de emoções positivas sob a movimentação da vontade e da determinação, através do querer, da prece e da fé, centrado na ação curativa, produz o reajustamento dos Elétrons no alinhamento de maior potencial de suas órbitas atômicas, promovendo portanto a saúde, o bem estar, o sucesso e a cura espiritual.

Em outras palavras, podemos dizer que pensamentos negativos descompensam energéticamente os átomos que as constituem.

Pensamentos positivos harmonizam a estrutura dinâmica dos átomos com a recondução dos elétrons às suas respectivas órbitas, produzindo a harmonização do sistema energético das celular e a consequente recondução do seu estado normal.

A energia causadora de ambos os processos é a mesma. O que diferencia o pensamento Positivo do Negativo é a informação associada ao mesmo.

Há 150 anos, quando a Ciência ainda não havia formulado as bases da Teoria Quântica, Allan Kardec escreveu no livro “A Gênese” (pg.294-5, item-31) que “O espírito é o agente propulsor que infiltra num corpo determinando uma parte da substância do seu envoltório fluídico. A cura se opera mediante a substituição de uma molécula malsã por uma molécula sã”.

Como as moléculas são formadas por átomos, verifica-se que Allan Kardec estava certo ao lançar bases científicas da cura espiritual centrada na molécula e pode ser considerado o precursor dos conceitos modernos da Medicina Quântica, segundo a qual todo processo patológico tem, na sua origem, um desequilíbrio bioenergético que ocorre no interior das moléculas que constituem a célula.

Em decorrência do conceito da Terapia Quântica, pose-se deduzir que o magnetismo humano ou espiritual é responsável por diferentes modalidades de cura.

Compreendendo-se igualmente que o poder de curar é variável de pessoa para pessoa e é decorrente do fluído magnético emanado pelo pensamento sob a ação da vontade.

As doenças podem ser analisadas sob as variáveis biofisiológicas, físico-químicas e psicossomáticas.

Na epistemologia das doenças, a variável psicossomática está tão integrada no ser humano assim como as variáveis biofisiológicas e físico-químicas, mensuráveis pelos efeitos que produzem.

As ações iniciais que podem ocorrer antes mesmo do aparecimento das primeiras manifestações de doença realizam-se nas células por alterações energéticas causadas por pensamentos negativos e que alcançam os átomos, levando como já vimos, ao deslocamento de Elétrons de suas órbitas.

Sendo o pensamento um atributo da alma, compreende-se o seu valor na vida humana e que a alma não é apenas um mero componente na constituição do organismo, mas uma fonte inesgotável de energia atuante na vida de cada um desde o momento de sua formação embrionária, atuando como agente modelador dos órgãos e tecidos e durante toda a vida da pessoa como responsável pela saúde e bem-estar do organismo.

Portanto a Terapia Quântica é a unificação da Ciência com a Espiritualidade.

As cura espirituais consideradas como milagres podem ser soncebidas à luz da Ciência Quântica que são realizadas pela força do pensamento que é um atributo da alma.

Dessa maneira já não existem razões para que a Ciência e Espiritualidade se mantenham separadas.

Para tanto vale a pena lembrar das palavras de Thomas Edison, cientista que descobriu a lâmpada incandescente: “Ciência sem Espiritualidade é falta de Conhecimento, Espiritualidade sem Ciência é Fanatismo”.

Medicina Chinesa

O Universo é composto por uma massa de radiações, formada de partículas atômicas, subatômicas e eletromagnéticas, as quais são animadas por um movimento contínuo, que é o responsável pelo processo de criação e de desintegração da matéria.

A eletricidade que ilumina a nossa casa, as ondas de televisão ou de rádio, que trazem o informativo e a distração para as famílias; enfim, todos os elementos que tornam a nossa vida mais fácil dependem dessas radiações.

Tudo no Cosmo é permeado de radiações e inclusive da energia ou radiação colorida, o que ocorre tanto no mundo mineral como no vegetal e animal. Cada cor tem a sua própria energia vibratória com as suas numerosas frequências e essas radiações interagem umas com as outras, fazendo parte do equilíbrio que move "Toda a Criação". Portanto, é um processo de mutação e evolução no qual estamos todos envolvidos. Ao conjunto dessas energias devemos a nossa existência.

A energia que circula em todas as células do corpo já era conhecida da Medicina Chinesa, que definiu o traçado energético do corpo humano como "Meridianos", que formam uma complexa rede, na qual são ativados os pontos correspondentes aos órgãos em disfunção para restabelecer o equilíbrio energético.

Os sacerdotes-médicos do antigo Egito já conheciam essa energia, que denominavam Heka.

Assim, podemos dizer que o corpo físico é gerado pelas vibrações de energia. Se o fluxo dessa energia for perturbado em qualquer região do corpo humano, o equilíbrio da saúde é interrompido e surgem os distúrbios, que vão desenvolver as doenças.

Existe um ponto de encontro entre a tradicional Medicina Chinesa e a alta tecnologia moderna aplicada sobre o corpo, que tem a capacidade de receber e de absorver a influência das frequências eletromagnéticas e, especialmente na gama das ondas milimétricas, cuja potência é próxima do valor quântico. O sistema fisiológico do ser humano responde positivamente a essas frequências.

A terapia das cores é eficaz, indolor, fisiológica e não invasiva, sem efeitos colaterais. Baseia-se no princípio bio-ativo restaurador do equilíbrio energético global, que harmoniza a circulação da energia no corpo humano.

As primeiras análises, que demonstram o efeito terapêutico dessas frequências, tiveram início há cerca de trinta e cinco anos e, por volta de 1980, começaram as primeiras experiências clínicas, segundo o modelo científico de pesquisadores como Niels Bohr, E. Shredinger e I. Peigozhin, os quais receberam o prêmio Nobel.

Milhares de pacientes têm sido tratados com sucesso por esse método, mesmo nos casos de patologias graves, frequentemente diagnosticadas como incuráveis pelos terapeutas clássicos.

Essa nova metodologia terapêutica, que recebeu o nome de "Medicina Quântica", utiliza a energia colorida para normalizar as funções do organismo, numa relação direta sobre os focos patológicos.

Embora, o tratamento com as cores, que obedecem a princípios medicinais, através dos aparelhos de Cromoterapia, seja um novo campo da ciência prática médica, o uso dessas radiações têm origem na Antiguidade.

A luz era utilizada como instrumento terapêutico no antigo Egito, onde se distinguia a luz "ativa" do Sol e a luz "calmante" da Lua. Séculos mais tarde, também Leonardo da Vinci utilizou a luz do Sol filtrada através de vidros coloridos para fins médicos.

A Alquimia e a Cor foram utilizadas desde a Idade da Pedra para curar as pessoas, através de flores e pedras coloridas.

As bases científicas das aplicações médicas desses fatores físicos começaram a ser estudadas somente durante a segunda metade do século XX, graças ao rápido desenvolvimento das ciências fundamentais como a Física, a Química e a Biologia.

Após a criação, em 1960, do primeiro gerador quântico do setor ótico foram executados numerosos estudos para verificar a possibilidade do seu uso terapêutico através da irradiação de fraca potência. Desde então é reconhecida uma grande quantidade de elementos que demonstraram a sua eficácia médica.

Aprofundou-se o estudo sobre o mecanismo de influência da irradiação eletromagnética com frequências mais altas sobre o organismo humano. Estabeleceu-se limites admissíveis ótimos de potência e de parâmetro, sendo elaborados métodos de aplicação para as diversas patologias.

Atualmente, existem diversos aparelhos de Cromoterapia ou de Medicina Quântica, dos quais citamos: o "Pyracromos" idealizado pela autora, no Brasil; o "Cromostim 2000" de origem italiana; e o "Therachroma" de fabricação alemã, que apresentam resultados surpreendentes na cura das mais diversas patologias, através da ação das ondas eletromagnéticas, ou mais precisamente das ondas coloridas.

Essas ondas de potência quântica são de frequência mensurável, cuja influência é observada pela informação do organismo celular, sub-celular e sub-atômico, como uma forma de linguagem que permite estabelecer o equilíbrio, a saúde e o bem-estar.

Das pesquisas que estudam a terapia aplicada a nível quântico, evidencia-se como a ação das radiações favorece uma reação útil ao organismo com os seguintes efeitos favoráveis:

a) melhoramento da circulação do sangue;
b) aceleração dos processos metabólicos;
c) ativação do processo regenerativo;
d) efeito sedativo;
e) efeito analgésico;
f) estabilização da membrana celular;
g) estimulação do estado geral;
h) normalização das arritmias cardíacas;
i) ativação da função oxidante do sangue;
j) efeito imuno-modulativo e imuno-estabilizante do organismo.

A terapia quântica aumenta o efeito medicamentoso, pois são potencializados os tratamentos: homeopático, fitoterápico, ortomolecular e de terapias naturais.

A Ciência das Cores ou Cromoterapia está recebendo na Europa o nome de MEDICINA QUÂNTICA, a qual utiliza as radiações do espectro eletromagnético, em especial as do espectro solar, que são as ondas coloridas, para os mais diversos tratamentos de saúde.

Fonte: www.qrs.com/www.atlantisterapias.com.br/www.lux-ap.com

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal