Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Biblioteconomia  Voltar

Biblioteconomia

 

Biblioteconomia - O que é

Biblioteconomia é a classificação, organização, conservação e divulgação do acervo de bibliotecas e centros de documentação.

O bibliotecário trabalha como um administrador de dados, que também processa e dissemina a informação. Além de catalogar e guardar as informações, ele orienta sua busca e seleção.

Cabe-lhe analisar, sintetizar e organizar livros, revistas, documentos, fotos, fi lmes e vídeos.

É de sua responsabilidade planejar, implementar e gerenciar sistemas de informação, além de preservar os suportes (mídias) para que resistam ao tempo e ao uso.

Trabalha em bibliotecas públicas, escolares ou particulares, centros de documentação, arquivos, museus, centros culturais e de memória, hemerotecas, editoras, empresas de comunicação, provedores de internet, ONGs, clubes e associações.

Sua atuação se volta cada vez mais para a criação e a manutenção de arquivos digitais e para a montagem de bancos de dados em computadores, empregando sistemas de informática e a internet.

Função do Bibliotecário

A função do Bibliotecário, é usar técnicas e estratégias para organizar, classificar, catalogar e definir quais obras serão compradas para a atualização dos acervos.

O profissional de biblioteconomia, pode ser bem definido como sendo um profissional que faz a ponte entre o conhecimento armazenado nas mais diferentes tipos de mídia: livros, DVDs, CDs, revistas, etc… e a sociedade que precisa e quer consumir este conhecimento.

O profissional de Biblioteconomia também é o responsável por implementar, organizar, fazer cadastros e manter sistemas de informação ( programas ) sobre o acervo e controlar assim os empréstimos e a entrada e saída de material.

O mercado de trabalho

A expansão de instituições de ensino superior e de escolas técnicas aumenta as vagas para os bibliotecários, já que esses estabelecimentos precisam organizar seus bancos de dados e acervos. Os especialistas em informática encontram oportunidades em escolas e empresas para disponibilizar obras na internet e criar arquivos digitalizados. Os órgãos públicos abrem concursos regulares para contratar o profissional, requisitado para cuidar de documentações históricas.

São Paulo é o estado que mais emprega, mas há boas ofertas no Rio de Janeiro e em Brasília, nas áreas de gestão e análise de informação. O setor privado tem sido promissor, especialmente na área de comunicação. A necessidade das empresas em obter e utilizar a informação como ferramenta para aumentar a competitividade possibilita ao bibliotecário trabalhar como gestor de informação e avaliador de conteúdo da internet, uma área em destaque. Hospitais, escritórios de advocacia e ONGs também são fontes de oportunidades.

Campos de Atuação

Bibliotecas públicas e privadas, Centros de documentação, escolas públicas e particulares, instituições de pesquisa, bancos, empresas de comunicação.

O curso

Dentre as disciplinas básicas estão língua portuguesa, inglês, história e literatura. As específicas incluem história do registro da informação, indexação e arquitetura da informação. O curso oferece, ainda, aulas de introdução à economia e à contabilidade, marketing e administração de unidades de informação. Com elas, o aluno se prepara para montar sistemas de organização e de acesso aos dados. O estágio é obrigatório e exige-se, ainda, uma monografia de conclusão de curso.

Grade Básica do Curso de Biblioteconomia

Informática Básica
Biblioteconomia Fundamental
História da Cultura
Comunicação
Língua Portuguesa
Língua Inglesa
Literatura de Língua Portuguesa
Literatura Mundial
Métodos e Técnicas de Pesquisa
História do Livro

O que você pode fazer:

Análise da informação: Avaliar, selecionar, classificar e indexar livros, documentos, fotos, partituras musicais, fitas de vídeo e de áudio e arquivos digitais.
Gestão de serviços de informação:
Planejar, organizar e administrar bibliotecas e centros de documentação. Coordenar a formação do acervo, o arquivamento dos documentos e sua conservação.
Gestão do conhecimento:
Desenvolver e gerenciar mecanismos para sistematizar o conhecimento acumulado dentro de uma organização, seja ela uma empresa, uma ONG,uma escola ou uma associação, estimulando sua divulgação.
Normatização:
Montar e manter bases de dados, com o emprego de normas internacionais, como o ISO (International Organization for Standardization).

Aspectos Favoráveis da Profissão de Bibliotecário:

Devido a falta de profissionais de biblioteconomia, no país inteiro há uma grande oferta de empregos principalmente em orgãos publicos e nas bibliotecas das Faculdades Particulares. Com a expansão da quantidade de ONGs e Centros comunitários há novas vagas também sendo abertas neste tipo de instituição.

Aspectos Desfavoráveis da Carreira em Biblioteconomia

Muitas vezes o profissional de Biblioteconomia não é valorizado e reconhecido como deveria, muitas bibliotecas funcionando de modo ilegal sem um bibliotecario ou bibliotecária responsável por considera-lo dispensável.

Biblioteconomia - Bibliotecário

O Bibliotecário é um profissional liberal, de nível superior, que atua como agente catalisador do acesso à informação contida nos mais variados meios, sejam impressos, eletrônicos ou digitais - de livros, periódicos, documentos, a discos, fitas, CDs, bancos de dados etc. Sua atuação também é essencial para a organização de acervos e sistemas informacionais, bem como para a preservação da memória e da história de uma Nação a uma organização - seja ela pública ou privada.

Biblioteconomia - Formação

A formação do Bibliotecário se dá por meio de cursos de graduação denominados como "Biblioteconomia e Documentação", "Ciência da Informação", ou ainda, "Gestão da Informação".

A Biblioteconomia é uma atividade-meio, ou seja, é mediadora das necessidades informacionais de um público formado por profissionais, estudantes, pesquisadores ou cidadãos de uma forma geral. O Bibliotecário é um facilitador do acesso aos recursos e fontes informacionais existentes, proporcionando o suporte/subsídio para um melhor e mais rápido acesso ao conhecimento, desenvolvimento de uma atividade ou tomada de decisão.

Os cursos de especialização, mestrado e doutorado possuem temáticas como "Inteligência Competitiva", "Gestão de Arquivos", "Leitura e Formação de Leitores", "Gerência de Sistemas e Serviços de Informação", "Museologia", "Ação Cultural", "Análise Documentária", "Geração e Uso da Informação", "Informação, Comunicação e Educação", "Produção e Disseminação de Informação", "Planejamento e Gerenciamento de Sistemas Automatizados de Informação", "Sistemas Automatizados de Informação Científica e Tecnológica", "Uso Estratégico das Tecnologias em Informação", entre outras. Esses temas demonstram a gama de segmentos em que o bibliotecário pode atuar.

Na chamada Era da Informação em que vivemos, a atuação do Bibliotecário não se dá apenas na instituição Biblioteca. Esse profissional tem se inserido nos mais diversos ambientes como os escritórios de advocacia, agências publicitárias, empresas de consultoria, editoras, indústrias, empresas voltadas ao mercado virtual, e outras.

Outro mercado em expansão no Brasil para os Bibliotecários são os profissionais que possuem suas próprias empresas de consultoria e os profissionais autônomos, que têm prestado variados serviços e produtos de informação.

O empreendedorismo na Biblioteconomia tem se mostrado lucrativo e desafiador, exigindo do Bibliotecário atuação impecável, gerenciamento consciente da própria empresa e flexibilidade para lidar com a sazonalidade da entrada de novos clientes.

As atividades desempenhadas por este profissional nos diversos ambientes em que atua são:

Disponibilizar informação contida em vários tipos de instrumentos
Gerenciar unidades, redes e sistemas de informação
Tratar tecnicamente recursos informacionais
Desenvolver recursos informacionais
Disseminar informação
Desenvolver estudos e pesquisas
Prestar serviços de assessoria e consultoria
Realizar difusão cultural
Desenvolver ações educativas

Para exercer as funções acima, o Bibliotecário utiliza-se de vários instrumentos e ferramentas de trabalho. Dentre algumas delas destacam-se as redes de computadores (internas e externas) e seus aplicativos, os bancos de dados bibliográficos, a microfilmagem, os consórcios nacionais e internacionais de bibliotecas, os códigos de catalogação e as tabelas de classificação, as normas e os dicionários e os equipamentos de segurança de bibliotecas.

Por fim, o Bibliotecário é um dos profissionais mais atuais considerando o contexto de globalização, redes, tecnologias e conhecimento que têm estado tão presente no cotidiano das pessoas.

Biblioteconomia - Bibliotecário

Quem é o Profissional Bibliotecário?

O bibliotecário é um profissional de nível superior que atua no mercado de trabalho com uma visão ampla e objetiva da sociedade e de seus variados segmentos.

O Bibliotecário usa técnicas e conhecimentos para catalogar, classificar, utilizar e conservar acervos, e não apenas de bibliotecas. É o responsável pelo planejamento, implantação e organização de centros de documentação. Ele também ordena coleções de livros, cds, discos, mapas e etc, além de orientar o usuário na busca de informações e do material desejado.

Como administrador e disseminador de informação, habilita-se a adequar métodos e técnicas de sua profissão às necessidades específicas de seu trabalho, sabendo valer-se dos melhores recursos da Informática, Reprografia e da Microfilmagem, entre outros, para agilizar e otimizar suas funções.

O uso instrumental do Marketing, para difundir a importância da leitura e os benefícios do uso da informação a todos os tipos de usuários e promover a formação cultural do país, são importantes papéis do Bibliotecário, enquanto agente social.

O bibliotecário está habilitado a executar planejamento de serviços bibliotecários, planejamento físico de bibliotecas e centros de documentação e informação, organização de acervos (bibliográficos ou não), de serviços técnicos e administrativos ligados à documentação, avaliação, assessoria, consultoria, ensino, fiscalização técnica, normalização de documentos, análise de trabalhos técnicos e científicos, organização de bases de dados virtuais, de intranets, de documentação para processos de certificação de qualidade, avaliação de conteúdo da Internet, entre outras.

O bibliotecário é capaz de atuar em qualquer função que vise a organização e obtenção de informações e como gestor da informação e do conhecimento para atender às necessidades de informação da sociedade.

O bibliotecário economiza tempo e recursos para seus clientes, colocando ao seu alcance informações já selecionadas, precisas e de fundamental importância para o sucesso das organizações.

Biblioteconomia - O que faz

Classificar, catalogar, arquivar e conservar o acervo de bibliotecas e centros de documentação.

É responsável também pelo planejamento, implantação e organização de serviços e de centros de documentação.

Ordena coleções de revistas, jornais, livros, discos, fitas magnéticas ou mapas, utilizando, sempre que possível, os modernos recursos da Informática.

Também orienta o usuário na consulta às fontes bibliográficas e de referência.

CAMPO DE TRABALHO

Conservação: Manutenção, preservação e atualização dos acervos. Entende-se por acervo papéis, documentos, livros, disquetes e discos óticos. É responsável também pela supervisão dos serviços de restauração e encadernação.
Análise da Informação:
Estudar, classificar e indexar documentos. Em sua atividade, o bibliotecário utiliza códigos internacionais para analisar registros e preparar os índices que facilitarão a consulta dos acervos.
Organização:
Gerenciamento dos sistemas de informação. O bibliotecário determina o número de funcionários necessários para o serviço, administra os recursos financeiros e materiais e a maneira como a informação será classificada e guardada. É responsável, ainda, pela indexação, codificação e arquivamento dos documentos.
Seleção e Registro:
Planejamento de acervos e coordenação da compra de material, escolhendo os temas das coleções, as áreas a serem ampliadas e o tipo de informações que devem ser incluídas. O profissional é responsável pelo contato com as editoras, pela análise dos catálogos e pela compra de obras em geral.

REGULAMENTAÇÃO

Lei 4084 de 30/06/1962 e Decreto 56725 de 16/08/1965. Para exercer a profissão, é obrigatória a inscrição no Conselho Regional de Biblioteconomia (CRB).

DURAÇÃO: 4 anos, incluindo estágio supervisionado obrigatório por um período correspondente a 10% do tempo de duração do curso e uma monografia pra aa conclusão do curso.

CONTEÚDO

Os primeiros semestres incluem matérias básicas para possibilitar a boa formação cultural do aluno, além de Língua Portuguesa e Inglesa, Literatura, Métodos e Técnicas de Pesquisa, Teoria da Comunicação, Sociologia, História do Livro e Política. O currículo inclui disciplinas específicas como Informática Aplicada à Biblioteconomia, Planejamento e Organização, Administração e Paleografia (estudo da escrita antiga).

TITULAÇÃO: Bacharel em Biblioteconomia ou Bibliotecário

Biblioteconomia - Biblioteconomista

A Biblioteconomia planeja, implanta e organiza os serviços e os centros de documentação.

Ordena coleções de periódicos, livros, discos, fitas magnéticas ou mapas. Orienta usuários nas consultas às fontes bibliográficas e de referência.

O Biblioteconomista

É o especialista que analisa e seleciona todas as formas de informações - livros, revistas, mapas, discos, fitas e documentos em geral.

Faz a organização e o gerenciamento destes sistemas de informações e como estes serão classificados e guardados.

Faz o planejamento e organização de bibliotecas, bem como, sua implantação. Seleciona e adquire, através da compra, permuta ou doação os documentos bibliográficos e audiovisuais necessários. Mantém o controle administrativo de uma biblioteca.

Estuda, analisa e classifica documentos, baseando-se em sistemas e códigos internacionais para classificar, codificar, catalogar e manter esses documentos.

É o responsável pelo acervo do material bibliográfico, conservando, estaurando e encadernando o mesmo.

Presta assessoria aos serviços de editoração e publicação.

Elabora resumos, sinopses, sumários, índices vocabulários, glossários e cabeçalhos de assuntos.

Onde Pode Trabalhar:

Centros de documentação gerais ou especializados
Serviços públicos, como em secretarias de estado e tribunais
Empresas particulares, como bancos, indústrias, livrarias, editoras, clínicas médicas e odontológicas, bem como em escritórios
Instituições de ensino e pesquisa, como Universidades e Escolas
Como autônomo em serviços de assessoria e orientação bibliográfica, na redação de teses, monografias e artigo

O Curso

Nos primeiros períodos o aluno recebe uma formação básica através de disciplinas como Comunicação, Aspectos Sociais, Políticos e Econômicos do Brasil, História da Cultura, Lógica, Língua Portuguesa e Literatura, Língua Estrangeira.

A partir do 3.º semestre, inicia sua formação específica, entrando em contato com conteúdos como Métodos e Técnicas de Pesquisa, Produção dos Registros do Conhecimento, Controle Bibliográfico dos Registros Conhecidos, Administração de Bibliotecas entre outros.

DURAÇÃO: 04 anos

Biblioteconomia - Profissão

Sobre a profissão

O profissional em Biblioteconomia é capacitado a planejar, organizar, administrar e recuperar um amplo espectro de unidades de informação, em mídias diversas, atuando também como um disseminador de informações técnicas, científicas e culturais, pois, além de organizar catalogar e arquivar documentos ele também orienta e facilita a busca pelas informações.

Num mundo cada vez mais informatizado, o trabalho do biblioteconomista não se restringe mais a cuidar de arquivos antigos e raros. As universidades têm se preocupado, cada vez mais, com a formação de profissionais da informação para atuar nas tradicionais bibliotecas públicas, escolares e universitárias e nos centros de informação empresariais.

Hoje em dia um biblioteconomista também e muitas vezes exclusivamente trabalha com arquivos informatizados e seu papel como facilitador para todo tipo de pesquisa tem se tornado cada vez mais importante nesta era de superinformação.

Quanto mais informações acumulamos, maior é a necessidade que temos de armazená-las da forma mais prática e acessível, de maneira que nada se perca e tudo esteja à disposição. Neste contexto uma das principais funções do profissional em Biblioteconomia é a indexação das informações, tornando-o cada vez mais solicitado pelo mercado.

Existem cursos diferenciados de pós-graduação e especialização na área de biblioteconomia tais como: Biblioteconomia e Ciência da Informação, Conservação de obras em papel, Arquivística e documentação.

Tipos de Curso

a) Nível Superior

Bacharelado

Duração de 4 anos, com estágio obrigatório e monografia de conclusão do curso. No primeiro ano geralmente são ministradas disciplinas básicas como língua portuguesa, sociologia, teoria da comunicação, catalogação, introdução à ciência da informação, administração e lingüística. A partir do segundo ano há um aprofundando no estudo do conteúdo das disciplinas mais importantes e são introduzidas algumas bem específicas tais como indexação, gestão de sistemas de informação, idioma estrangeiro, editoração, estatística e tecnologia da informação, de acordo com o direcionamento do currículo de cada universidade.

b) Nível médio

Curso Técnico

Duração de 1 a 2 anos. Os cursos técnicos em Biblioteconomia capacitam os alunos para que possam auxiliar no desenvolvimento e execução de atividades, atendimento a usuários, seleção, aquisição, tratamento, recuperação e disseminação da informação em centros de documentação ou pesquisa sob a orientação de um Biblioteconomista.

Mercado de Trabalho

Há um nicho potencial de trabalho no setor privado, na área educacional, em serviços de informação tecnológica para a indústria e em empresas prestadoras de serviços de informação. Contudo, os principais empregadores encontram-se nos três poderes do setor público.

O mercado de trabalho é amplo e continua em expansão, exigindo constante atualização dos profissionais, que devem ser capazes de lidar com informações em diferentes idiomas e estar aptos ao uso de diferentes recursos da informática, assim como devem ser capazes de oferecer produtos informacionais de forma rápida, precisa e adequados às necessidades do cliente.

O profissional técnico em biblioteconomia poderá exercer as mesmas atividades sob a orientação do biblioteconomista, trabalhando em conjunto e auxiliando na execução de todas as tarefas.

Ofertas de Emprego

O Biblioteconomista poderá trabalhar em Instituições bancárias, públicas, privadas, comerciais e de desenvolvimento. Editoras, gráficas, livrarias, videotecas, discotecas, agências de publicidade. Bibliotecas Públicas e particulares. Centros de análise de informação, bases de dados bibliográficos.

Cartórios, fóruns, centros de restauração de documentos, arquivos e museus, empresas de comunicação: jornais, emissoras de rádio e televisão, Serviços de informação utilitária em aeroportos, rodoviárias, estação ferroviária e de metrô.

Pode ainda atuar como profissional autônomo em consultoria e assessoria empresarial, na implantação de serviços de Informação e bancos de dados manuais ou automatizados, Institutos e Centros de Pesquisa e ainda na docência superior.

O profissional pode trabalhar em diferentes níveis: operacional - seleção, aquisição, análise e síntese, armazenamento, recuperação e disseminação dos registros do conhecimento humano em todos os tipos de suporte ( revistas, jornais, vídeos, livros, patentes, mapas, discos, partituras musicais, relatórios e, de forma crescente, documentos eletrônicos); gerencial - planejamento, administração, supervisão e assessoramento; e educacional - ensino, extensão e pesquisa.

Existem vagas por todo o território nacional, principalmente no setor público, no entanto ainda se concentram as melhores oportunidades nas capitais e em cidades das Regiões Sul e Sudeste.

Fonte: www.crb10.org.br/www.cfh.ufsc.br/www.cursocerto.com.br/www.sinbiesp.org.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal