Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Bicicleta - Página 10  Voltar

Bicicleta

Apesar de tantos inventos, todos os autores são unânimes em afirmar que Drais é o inventor da bicicleta dirigível, ficando conhecido como “pai espiritual da bicicleta”.

As bicicletas foram evoluindo em sua forma de dirigir, assentos reguláveis e outros acessórios, porém faltava ainda a criação de um mecanismo de propulsão que não fosse através do contato dos pés com o chão. Perguntavam ao Barão Drais porque ele não havia construído as bicicletas que fossem impulsionadas com manivelas, mecanismo já utilizado desde os séculos passados nos coches de tração muscular. Ele defendia seu sistema de impulsão direta contra o solo alegando que nós temos mais força nas pernas que nos braços.

Já havia estudos a este respeito desde 1817, porém tudo muito complicado e nada realizável. Este mecanismo foi estudado pelo mecânico Neremberg Johan Carl Siegismund Bauer (Fig. 13.2). Não tardou muito e, em 1821, o inglês Lewis Compertz deu uma solução, mas que ainda consumia muita energia (Fig. 14.2). Acoplou a uma drasiana um mecanismo composto por uma manivela e uma roda dentada que impulsionava a roda dianteira.

Bicicleta
FIGURA 13.2 - Drasiana com mecanismo de propulsão de Nerembereg Bauer (RAUCK, 1981)

Bicicleta
FIGURA 14.2 - Bicicleta de Compertz com manivela e roda dentada (RAUCK, 1981)

Em 1838, Kirkpark McMillan, ferreiro escocês, aclopou elementos ao eixo da roda traseira a qual, por meio de duas manivelas, se acionava com dois pedais unidos à parte dianteira do quadro e, pela primeira vez, torna-se realidade a tração da roda traseira, mecanismo utilizado até hoje (Fig. 15.2).

Depois de um espaço de quinze anos, em 1853, o alemão Philip Moritz Ficher montou um par de manivelas à roda dianteira de uma drasiana e aros metálicos a ambas as rodas, transformando-a assim numa bicicleta (Fig. 16.2). Apesar do sucesso, este invento não influenciou no desenvolvimento da bicicleta.

Bicicleta
FIGURA 15.2 – Drasiana com tração na roda traseira de Mc Millan (RAUCK, 1981)

Bicicleta
FIGURA 16.2 – Drasiana de Philip Moritz com manivela na roda dianteira e aros metálicos (RAUCK, 1981)

voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal