Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Cambucá - Página 4  Voltar

Cambucá

Nome Científico: Plinia edulis (Berg) Nied.

Família Botânica: Myrtaceae

Nome Popular: cambucá, cambucazeiro, cambucá-verdadeiro.

Cambucá

Cambucá

Características Gerais

Seus frutos são comestíveis e muito saborosos para o consumo "in natura" e são procurados por várias espécies de pássaros, podendo ser empregados em reflorestamentos mistos destinados à recomposição de áreas degradadas de preservação permanente.

Fonte: www.paty.posto7.com.br

Cambucá

Nome científico: Plinia edulis (sinonímia: Marlierea edulis)

Família: Mirtáceas

Nome comum: cambucá, cambucazeiro, cambucá-verdadeiro

Origem: Mata Atlântica do Brasil

Cambucá

Descrição e característica da planta

O cambucazeiro é uma árvore nativa da Mata Atlântica dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina. O seu porte é médio, de 5 a10 metros de altura, e apresenta muitas ramificações.

O tronco é liso, avermelhado e apresenta descamação da casca, formando placas finas e irregulares. As folhas são alongadas com 12 a 17 centímetros de comprimento, de cor verde-escura e não tem brilho.

As flores são pequenas, brancas, formadas diretamente no tronco e nos ramos de maneira semelhante à jabuticabeira. As flores são hermafroditas, pois têm os dois sexos na mesma flor e autoférteis.

Os frutos são carnosos, redondos, de vários tamanhos, de coloração amarela a alaranjada, quando maduros, bem doces e com sabor semelhante à jabuticaba..

Os frutos têm de 2,5 a 4 centímetros de diâmetro e contêm 1 a 2 sementes grandes por fruto com cerca de 2 centímetros de diâmetro. As plantas se desenvolvem e frutificam bem em condições de temperatura amena a quente, boa disponibilidade de água durante o ano, embora seja bastante rústica, solos profundos, férteis e ricos em matéria orgânica.

A propagação pode ser feita por enxertia, alporquia e sementes. Por sementes, apresentam vários inconvenientes, porque o início de frutificação pode demorar de 12 a 20 anos e as plantas podem apresentar diferenças no início de frutificação, na qualidade de frutos e na quantidade produzida.

A enxertia reduz esse tempo para 8 a 10 anos para iniciar a frutificação. A alporquia é um método que consiste no enraizamento de ramos de plantas em plena produção e tem a vantagem de a planta frutificar em 1 a 3 anos. A desvantagem é a redução na longevidade da planta em relação às obtidas por sementes e por enxertia, principalmente porque o sistema radicular é fraco.

Produção e produtividade

Mesmo sendo uma planta frutífera muito interessante pela bela árvore, fruto de excelente qualidade, bom aspecto visual e sabor que lembra a jabuticaba, ainda o cambucá é pouco conhecido e divulgado no Brasil. Hoje, é comum encontrar alguns poucos em fundos de quintais ou em chácaras.

Talvez uma das causas seja o longo período necessário para o início de sua frutificação. Isso pode ser contornado através da produção de mudas por alporquia. Ela não tem produtividade como a maioria das variedades de jabuticaba, mas produz muito bem e certamente terá um bom mercado.

Utilidade

Os frutos são consumidos principalmente ao natural de maneira semelhante à jabuticaba ou aproveitados no preparo de sucos, vinhos, licores e doces. São apreciados por várias espécies de pássaros.

A planta pode ser aproveitada no paisagismo e reflorestamento misto destinado à recomposição de áreas degradadas de preservação permanente. A madeira pode ser ainda aproveitada em carpintaria e na marcenaria.

Fonte: globoruraltv.globo.com

Cambucá

Cambucá

O cambucá é uma árvore frutífera nativa da Mata Atlântica.

O pé assemelha-se com o pé de jabuticaba, com tronco liso e avermelhado, a florada é distribuída entre o tronco e os caules. Seu fruto lembra a jabuticaba, maior e rosada, com sabor agradável. A árvore cresce consideravelmente mais que a jabuticabeira, contudo, seu crescimento é lento e produção tardia.

Fonte: pt.wikipedia.org

voltar 1234avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal