Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Literatura  Voltar

Literatura

Porque estudar literatura?

Vamos, primeiramente, adotar como princípio que a Literatura é uma forma de arte, assim como a música, a pintura, a dança, a escultura e a arquitetura.

Há algo, porém, que a diferencia das demais manifestações artísticas. A Literatura nos permite, pela interação com o texto através do qual se manifesta, tomar contato com um vasto conjunto de experiências acumuladas pelo ser humano ao longo de sua trajetória, sem que seja preciso vive-las novamente.

Toda forma de arte apresenta um determinado conhecimento.

Mas essa apresentação é feita de modo particularizado: o artista transpõe, para um quadro, para uma música, para um livro, sua visão pessoal sobre determinada experiência ou acontecimento. Assim, observando as manifestações artísticas, temos condições de recuperar conhecimentos mais abstratos e sutis do que aqueles apontados pelas ciências. Podemos, por exemplo, experimentar diferentes sensações ou estados de ânimo, reconhecer que uma determinada obra expressa uma fantasia de seu autor...

Nesse sentido, apreciar a arte significa lidar com aquilo que nos caracteriza como seres humanos: nossos sentimentos e dúvidas, emoções e perplexidades, enfim, todas as particularidades relativas ao fato de estarmos vivos.

A arte pode ser considerada, então, como um espelho muito especial, porque, além de nos mostrar a face do artista, permite-nos vislumbrar o cenário no qual produziu sua obra: a sociedade onde viveu.

Pode-se dizer, tomando emprestada uma frase de Raul Seixas, que a arte é o espelho social de uma época. Por meio do estudo das diferentes formas de arte, entramos em contato, de modo indireto, com as características da época em que as obras foram produzidas. Esse tipo de experiência nos permite compreender melhor como, ao longo de sua existência, o ser humano tem visto o mundo em que vive. Afinal, se podemos dizer que somos fruto da sociedade em que vivemos, temos também de aceitar que nossas crenças acabam sendo reveladas ao nos expressarmos e, principalmente, pelo modo como nos expressamos.

Literatura

Refletir sobre tudo isso pode levar você a fazer uma pergunta: por que, então, reconstruir o passado por meio da Literatura, se isso já é feito com o auxílio do estudo da História?

Aristóteles, em Poética, já nos respondeu esta pergunta: “Com efeito, não diferem o historiador e o poeta por escreverem verso ou prosa ( pois que bem poderiam ser postas em verso as obras de Herótodo, e nem por isso deixariam de ser história, se fossem em verso o que eram em prosa ) – diferem, sim, em que diz um as coisas que sucederam, e outro as que poderiam suceder. Por isso a poesia é algo de mais filosófico e mais sério do que a história, pois refere aquela principalmente ao universal, e esta, ao paricular. Por “referir-se ao universal” entendo eu atribuir a um indivíduo de determinada natureza pensamentos e ações que, por liame de necessidade e verossimilhança, convêm a tal natureza; e ao universal, assim entendido, visa a poesia, ainda que dê nomes aos seus personagens; particular, pelo contrário, é o que fez Alcebíades ou o que lhe aconteceu.

A literatura com sua linguagem carregada de significado, muitas vezes uma fuga da realidade, faz com que os alunos tenham contato com obras que foram lidas anos atrás e ainda despertem interesse hoje, a um grande público leitor, sendo muitas com temas; universal e atemporal.

Sendo propiciada aos alunos esta forma de conhecimento do mundo e do ser humano; ela permite ao leitor entrar em contato com realidades culturais diferentes no tempo e no espaço, contribuindo também para que ele se conheça melhor.

Tendo contato com as várias escolas literárias o aluno perceberá a preocupação de cada uma, compreenderá que o Parnasianismo apesar de distanciar-se dos problemas sociais, (arte pele arte) busca a perfeição formal e a riqueza em detalhes, minuciosamente explorado no poema "Profissão de fé" de Olavo Bilac e no soneto "As pombas" de Raimundo Correia.

No dia-a-dia de cada um, ao ouvir uma música perceberão que aquela música conversa com algum texto já lido, atentando-se para a intertextualidade presente em vários poemas e músicas. A arte, em especial a literatura, tem a função de nos transportar para o mundo da fantasia, da imaginação, ajudando-nos a enfrentar a realidade, muitas vezes dura.

A literatura pode nos proporcionar prazer, entretenimento ou constituir-se numa busca sobre a condição humana. Quando questionamos nossa condição nos inquietamos e isso acontece após a leitura de um bom romance ou poema, essa inquietação é por não sermos mais a mesma pessoa de antes.

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal