Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Morfologia das Células  Voltar

Morfologia das Células

 

O que é

A Morfologia das Células é essencial para identificar a forma, estrutura e tamanho das células.

Em bacteriologia, por exemplo, refere-se a morfologia das células na forma de bactérias, cocos, bacilos, em espiral, etc., e o tamanho das bactérias.

Assim, determinar a morfologia das células é essencial para bacteriana taxonomia.

Morfologia das Células - Forma / Aparência

Regularmente examinar a morfologia das células em cultura (isto é, a sua forma e aparência) é essencial para as experiências de cultura de células bem sucedidos.

Além de confirmar o estado saudável de suas células, inspecionando as células por olho e um microscópio cada vez que eles são manipulados lhe permitirá detectar quaisquer sinais de contaminação logo no início e para contê-lo antes que se espalhe para outras culturas ao redor do laboratório.

Os sinais de deterioração das células incluem granularidade em torno do núcleo, descolamento das células a partir do substrato, e vacuolação do citoplasma.

Os sinais de degradação pode ser causada por uma variedade de razões, incluindo a contaminação da cultura, a senescência da linha de células, ou a presença de substâncias tóxicas no meio, ou podem simplesmente implica que a cultura precisa de uma mudança de meio. Permitindo a deterioração de progredir muito longe irá torná-lo irreversível.

Morfologia das Células - Componentes

Toda a matéria viva é composta de células e todas as células são originadas a partir de células preexistentes, que contém as informações hereditárias dos organismos dos quais elas são uma parte.

Essas afirmações compõem a teoria celular que possui implicações importantes como: ao estudar a biologia da célula, se está estudando a vida e, essa vida continua, de célula parental para célula filha.

Todas as células possuem dois elementos essenciais: a membrana plasmática, conhecida também por plasmalema ou membrana celular, que separa os contúdos celulares do ambiente externo. E o outro é o material genético, que constitui a informação hereditária, que regula todas as atividades celulares e características que são passadas para outros descendentes.

A organização desse material genético é uma das principais características que separam as células procarióticas das eucarióticas.

As células procarióticas são representadas atualmente pelas Archaea e Bactéria, incluindo as cianobactérias.

Morfologia das Células
Morfologia das Células - Bactéria

E as células eucarióticas são representadas pelos Eukaria, que são células que constituem os reinos: Protista, Fungi, Plantae e Animália.

Os componentes de célula, sem considerar o núcleo e a parede celular, quando presentes, constituem-se do citoplasma e da membrana celular que o envolve.

Morfologia das Células
Morfologia das Células

No citoplasma ou citossol encontram-se todas as moléculas e organelas da célula, é onde ocorrem as reações bioquímicas.

As organelas são estruturas especializadas que desempenham funções específicas dentro da célula, como por exemplo as mitocôndrias, o complexo de Golgi, vacúolos, etc.

Célula Eucariótica

A célula eucariótica possui três componentes principais: O núcleo, que constitui um compartimento limitado por um envoltório nuclear. O citoplasma, outro compartimento envolvido por membrana plasmática, e a membrana plasmática e suas diferenciações.

Esses três componentes possuem vários subcomponentes ou subcompartimentos.

Existe grande variabilidade na forma das células eucarióticas. Geralmente o que determina a forma de uma célula é sua função específica.

Outros determinantes da forma de uma célula podem ser o citoesqueleto presente em seu citoplasma, a ação mecânica exercida por células adjacentes e a rigidez da membrana plasmática.

As células eucariontes são usualmente maiores e estruturalmente complexas. As organelas presentes no citoplasma possuem papéis específicos definidos por reações químicas. A presença ou ausência de determinadas organelas definirá se a célula é vegetal ou animal.

Membrana Plasmática: Consiste de uma camada bilipídica que delimita toda a célula. Desempenha diversas funções importantes.

Núcleo: Contém o material genético, e desempenha função preponderante na reprodução celular;

Cloroplasto: Organelas presente em células vegetais. Tem papel fundamental na fotossíntese.

Mitocôndrias: É uma organela limitada por uma dupla camada, sendo a interna dobrada formando cristas. Possui DNA próprio e ribossomos. São responsáveis pela respiração celular.

Peroxissomos: São circundados por uma membrana única, podendo ter corpos protéicos na forma cristalina. Contêm uma variedade de enzimas para diversos processos, como a fotorespiração.

Ribossomos: São encontrados livres no citossol e unidos ao retículo endoplasmático e à superfície externa do núcleo. Ë responsável pela síntese protéica.

Retículo endoplasmático: É uma rede de canais membranosos que podem ser de dois tipos:

RE rugoso (associado a ribossomos) está envolvido com a síntese protéica e membranas, e o

RE liso (não contém ribossomos) é envolvido na síntese de lipídeos.

Aparelho de Golgi: Consiste de uma pilha de sacos membranosos e achatados, em forma de disco, também conhecidos como cisternas.Processa e acondiciona substâncias para secreção e uso da própria célula, liberando vesículas através de suas paredes laterais (que são mais desenvolvidas).

Lisossomos: São pequenas vesículas membranares produzidas pelo Aparelho de Golgi, que participam da nutrição celular e de mecanismos de defesas da célula.

Citoesqueleto É uma complexa rede de filamentos protéicos que podem ser microtúbulos ou filamentos de actina. Estão envolvidos na divisão, crescimento e diferenciação celular.

Microtúbulos: São estruturas cilíndricas, de comprimento variado, constituído de subunidades da proteína tubulina. Estão envolvidos em vários processos, como por exemplo, no movimento de cílios e flagelos e na orientação do movimento das vesículas do Golgi e dos cromossomos (na divisão celular).

Células Procariontes

As células procariontes se caracterizam pela pobreza de membrana plasmática.

Ao contrário dos eucariontes, não possuem uma membrana envolvendo os cromossomos, separando-os do citoplasma. Os seres vivos que são constituídos por estas células são denominados procariotas, compreendendo principalmente as bactérias, e algumas algas (cianofíceas e algas azuis) que também são consideradas bactérias.

Por sua simplicidade estrutural e rapidez na multiplicação, a célula Escherichia coli é a célula procarionte mais bem estudada. Ela tem forma de bastão, possuindo uma membrana plasmática semelhante à de células eucariontes. Por fora dessa membrana existe uma parede rígida, com 20nm de espessura, constituída por um complexo de proteínas e glicosaminoglicanas.

Esta parede tem como função proteger a bactéria das ações mecânicas.

Morfologia das Células
Esquema de uma célula procarionte com suas principais estruturas (E.coli)

Morfologia das Células
Foto da bactéria Escherichia coli

No citoplasma da E.coli existem ribossomos ligados a moléculas de RNAm, constituindo polirribossomos.

O nucleóide é uma estrutura que possui dois ou mais cromossomos idênticos circulares, presos a diferentes pontos da membrana plasmática.

As células procariontes não se dividem por mitose e seus filamentos de DNA não sofrem o processo de condensação que leva à formação de cromossomos visíveis ao microscópio óptico, durante a divisão celular.

Em alguns casos, a membrana plasmática se invagina e se enrola formando estruturas denominadas mesossomos.

As células procariontes que realizam fotossíntese, possui em seu citoplasma, algumas membranas, paralelas entre si, e associadas a clorofila ou a outros pigmentos responsáveis pela captação de energia luminosa.

Diferente das células eucariontes, os procariontes não possuem um citoesqueleto (responsável pelo movimento e forma das células). A forma simples das células procariontes, que em geral é esférica ou em bastonete , é mantida pela parede extracelular, sintetizada no citoplasma e agregada à superfície externa da membrana celular.

Morfologia das Células
Célula procarionte esférica

Morfologia das Células
Célula procarionte em forma de bastonete

A principal diferença entre células procariontes e eucariontes, é que esta última possui um extenso sistema de membrana cria, no citoplasma, microrregiões que contêm moléculas diferentes e executam funções especializadas.

Fonte: www.biology-online.org/www.thermofisher.com/cgi.ufmt.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal