Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Cevada - Página 3  Voltar

Cevada

Conheça os benefícios desse cereal que é um poderoso aliado no combate ao câncer de cólon, além de importante fonte de energia. Que o digam os gladiadores romanos, cuja dieta era toda à base de cevada.

CURIOSIDADES

A cerveja não é a única bebida feita a partir de grãos de cevada. Em alguns lugares do mundo, como no Norte de Portugal e em toda a Itália, o café de cevada é um substituto muito popular do tradicional “espresso”. No Brasil, encontra-se pó de café de cevada em lojas de produtos naturais.

Cevada

O café de cevada é considerado mais saudável do que o tradicional por não conter cafeína e ainda oferecer todas as propriedades nutricionais e medicinais que o cereal contém.

Os gladiadores romanos eram prova incontestável de que a cevada é um alimento poderoso e muito saudável. Eles tinham a dieta toda baseada em cevada – em forma de grãos, pão e cerveja – e por isso eram conhecidos como os hordearii ou “homens cevada”.

ORIGEM

Se hoje a cevada é conhecida pela maioria apenas como ingrediente principal da fabricação de cerveja, para os povos antigos ela tinha grande importância. Sua história está intimamente relacionada com a origem da agricultura. Registros de arqueólogos que estudam a Idade da Pedra afirmam que os homens das cavernas comiam grãos de cevada selvagem que ficavam caídos pelo chão.

A cevada selvagem ocorria principalmente na região que hoje engloba a Síria, Palestina e Ásia Menor. Monumentos e inscrições encontrados em sítios arqueológicos no Egito, e que datam de 5.000 A.C., retratam a cevada como um alimento de grande importância. Os Sumérios, que viveram em 3.500 A.C., usavam grãos de cevada como unidade de medida e moeda de troca. Na Babilônia, de 1.750 A.C., o cereal também funcionava como dinheiro. Foram os gregos e romanos que aprenderam a transformar cevada em pão e cerveja. Ela foi levada à Europa e Estados Unidos por peregrinos e comerciantes dos séculos 16 e 17. Não se sabe quando chegou à China e Japão, mas o fato é que nesses países passou a ser ingrediente fundamental da dieta dos monges budistas, que têm o tsampa (espécie de mingau de cevada) como principal fonte de energia. Atualmente, a cevada é o quinto cereal mais produzido no mundo, usada na fabricação de cerveja e ração animal. No Brasil, ela é cultivada principalmente em Estados da região Sul e Sudeste.

PROPRIEDADES MEDICINAIS

Artigos publicados por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina reforçam a tese de que os cereais e fibras integrais ajudam a combater o câncer de cólon. A nutricionista Heloísa Guarita, colaboradora do site RG Nutri, confirma a informação:

“A ingestão de cereais como cevada é importante para o bom funcionamento do intestino, aumenta o bolo fecal e facilita o trânsito intestinal. Isso tudo ajuda a prevenir o câncer de cólon.” Camila Latorre, nutricionista e consultora do Restaurante Natural e do Prema Yoga, explica mais detalhadamente o processo: “Nos intestinos residem bactérias que se alimentam de celulose (fibras não digeríveis pelas enzimas humanas) e como reação produzem substâncias protetoras contra o câncer da parede intestinal.” A presença dos minerais magnésio e selênio torna a cevada um alimento indispensável para quem quer manter o sistema imunológico saudável. Heloísa explica: “O magnésio é um mineral utilizado na formação dos ossos e na liberação de energia dos músculos, e o selênio é um antioxidante que ajuda a proteger as células e o organismo todo.” Camila ainda acredita que a ingestão de cevada pode ser aliada no combate a outras doenças:” A cevada é útil não só no combate ao câncer, bem como é indicada para o tratamento de doenças pulmonares, desmineralizações, diarréias, infecções dos intestinos e em estados febris. É também ótima fonte de energia para pessoas em convalescença e idosos.”

PROPRIEDADES NUTRICIONAIS

A cevada é um cereal rico em carboidratos, fibras, vitaminas do complexo B e nos minerais selênio e magnésio. Em 100g de grãos de cevada, encontra-se cerca de 73g de carboidratos. 12 g de proteínas, 37,7 mg de selênio e 1,94 mg de magnésio. Por causa da grande quantidade de fibras, a cevada é considerada um alimento funcional. A nutricionista Heloísa Guarita explica:”Pelo teor de fibras, os integrais são incluídos na categoria dos alimentos funcionais, pois sua utilização dentro de uma dieta equilibrada pode ajudar no funcionamento do intestino, redução do colesterol e do risco de algumas patologias.” A ingestão de fibras também é recomendada para quem quer perder peso. “O alto teor de ingestão de fibras promove melhor aproveitamento dos nutrientes ingeridos e dá sensação de saciedade, o que reduz a fome”, esclarece Heloísa.

A nutricionista ainda explica que a cevada tem grande importância para quem segue uma dieta vegetariana ou vegana, pois ela é grande fonte de energia ao lado de outros alimentos ricos em carboidratos, como arroz e maçarão integral, batata, mandioca, trigo e aveia. Heloísa. afirma que as Diretrizes Dietéticas dos EUA recomendam a ingestão de três porções diárias de cereais ricos em fibras, e que metade delas seja de cereais integrais. A nutricionista ensina qual é a melhor maneira de consumir cevada: ”Seu modo de preparo é similar ao do arroz. Pode ainda ser misturada à ele. Muito apreciada em saladas com legumes e verduras, risotos e também em sopas.”na forma de grãos, leite, sucos e queijo (o tofu).

Fonte: www.revistavegetarianos.com.br

Cevada

Um grão antigo maravilhosamente nutritivo com um profundo sabor a noz, a cevada é uma prima do trigo que recebeu recentemente reconhecimento mundial.

Produtos de cevada podem ser encontrados na sua loja local de produtos naturais durante todo o ano.

Cevada

È um primo distante do trigo e, embora possa ser usado em muitas das mesmas maneiras do trigo, como pão e massas, não causa sensibilidade em muitas pessoas que são intolerantes ao trigo.

Para além da farinha de cevada, a cevada também se apresenta na sua forma de grão integral (muitas vezes referida como grão de cevada) que podem ser preparadas e saboreadas como o arroz.

A cevada é conhecida cientificamente como Triticum espelta.

Fonte: www.inforsegjf.com

voltar 123456avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal