Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  boinas página 3  Voltar

Boina

É inevitável: alguns acessórios acabam voltando à moda.

É o caso da boina.

No século passado, ela fez muito sucesso e agora volta a fazer a cabeça, literalmente, de várias tribos.

Mas, o que é boina?

Nada mais é do que um boné com aba, feito de tecidos como lã, sarja ou poliéster.

Há algo de nostálgico neste acessório, talvez porque o associamos ao chapéu dos senhores de mais idade, usado com a finalidade de proteger a cabeça do frio ou sol.

Os figurinos de época da ficção usam a boina para caracterizar o homem comum. É o imigrante , o trabalhador que convive com as dificuldades da vida, etc.

Você já reparou que a boina nunca saiu de cena?

Prova disso é uma loja localizada no centro de São Paulo que está na ativa há 70 anos...

Roberto Plas

Fonte: maisvoce.globo.com

Boina

Boina é um subtipo do boné, geralmente feito de lã e sem aba, e que surgiu em razão de os combatentes de blindados não se sentirem bem com uso de gorros ao efetuarem a manutenção das máquinas.

Além do uso militar, a boina, está também associada aos pintores e é um complemento do traje típico dos escoceses. No Rio Grande do Sul, a boina muitas vezes substitui o chapéu do gaúcho.

É também um acessório de moda largamente utilizado pelas mulheres.

Boinas escocesas, conhecidas como Boinas escocesas, conhecidas como "tam-o'-shanters"

Origem da boina militar

Boina militar Boina militar

Os escoceses e bascos estão na origem das boinas militares, embora o "tam-o'-shanter" (o chapéu ajustável, de tecido macio, usado pelos escoceses), para alguns autores, não seja considerada uma boina, já a "basca" não oferece dúvidas. Os Caçadores Alpinos franceses foram, em 1889, a primeira força militar a usar uma boina, de cor azul escura.

Durante a Primeira Guerra Mundial, a boina não conheceu grande expansão. Durante a Segunda Guerra Mundial, elas tinham cores diferentes, para diferenciar os militares que as usavam. A boina militar os Caçadores das Ardenas era verde, as tripulações dos carros de combate alemães usavam uma preta, os Caçadores Alpinos franceses mantinham o azul escuro e, os voluntários espanhóis da Divisão Azul usavam uma boina vermelha.

Boina militar em Portugal

A primeira unidade militar a usar boina em Portugal foram as tropas paraquedistas da Força Aérea em 1952. O Exército só adoptou a boina (para as suas unidades de Caçadores Especiais) em 1960.

São ou foram usadas as seguintes boinas:

Boina verde escuro (verde caçador-paraquedista)

Tropas Páraquedistas

Boina azul

Polícia Aérea

Boina castanha

Inicialmente apenas Caçadores Especiais, depois boina genérica do Exército Português

Boina negra

Tropas da Arma de Cavalaria (com excepção dos militares qualificados como Paraquedistas ou Comandos);

Boina vermelho vivo

Comandos (a partir de 1974);

Boina verde claro (verde musgo)

Operações Especiais (a partir de 1982);

Boina azul escuro

Fuzileiros Navais

Boina negra com uma faixa verde

Regimento de Infantaria da Guarda Nacional Republicana

Boina camuflada (fora de uso)

3ª Companhia de Comandos (Guiné) e Força de Flechas da PIDE/DGS,

Boina amarela (fora de uso)

Grupos Especiais de Moçambique

Boina vermelho grená (fora de uso)

Grupos Especiais Páraquedistas de Moçambique

Fonte: pt.wikipedia.org

voltar 123avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal