Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Cinema Mudo  Voltar

Cinema Mudo

A importância do Cinema Mudo

Cinema mudo é referência

"O som aniquila a grande beleza do silêncio." Charles Chaplin

Quando se fala de trilha sonora, temos que ter como referência vários compositores do mundo cinematográfico, e também é impossível deixar de citar o famoso cinema mudo como grande exemplo. O cinema mudo veio para que as pessoas tomassem gosto de ir ao cinema e assistir a um filme onde havia emoção, aventura, comédia, etc, ele é uma junção da imagem com a música que a cada tipo de cena muda o tipo de sonorização para que provocasse um efeito de mudança das cenas. Para alguns diretores a trilha sonora no filme é essencial, para outros não faz tanta diferença, hoje em dia se usa a trilha sonora até em propagandas para persuadir os consumidores.

Cinema Mudo

No início do cinema a imagem e a música se tornaram inseparáveis, pois várias pessoas que iam ao cinema diziam que ver imagens sem alguma música ou ver música sem alguma imagem causava um grande estranhamento. O cinema mudo foi um grande avanço da criatividade para os cineastas, um dos que mais se destacou foi o famoso Charles Chaplin que além de diretor era produtor, compositor e ator de seus filmes, ele fazia com que a música mostrasse todo o sentimento que queria passar a todos. Um grande compositor que também se destacou em cinema mudo foi Eisenstein, um de seus clássicos foi um filme infantil de Walt Disney chamado Fantasia, que não obteve muito sucesso para o público, mas pelos críticos é considerado uma grande obra de arte.Não só estes filmes citados como também vários outros na época ficaram marcados pela emoção que a música trazia e deixa em nossas lembranças como um grande fato para história.

Após a era do cinema mudo, os filmes adiante começaram a se dedicar mais a parte da trilha sonora e hoje em dia é muito raro achar algum filme que não tenha ou que não use “o tempo todo”.

Outro estilo de filme que veio bem depois do cinema mudo, mas como uma grande influência são os filmes musicais, que apresentam até os diálogos cantados pelo ator, alguns exemplos de filmes assim são: Fantasma da Ópera, The Wall da banda Pink Floyd, Hairspray, entre outros.

Assim como os filmes, a propaganda também foi bem influenciada tanto pelo cinema mudo quanto para a arte cinematográfica. Algumas propagadas são feitas apenas de trilha sonora fazendo com que a música lembre o produto, para crianças os produtores sempre fazem músicas animadas para que a criança consiga decorar e cantar o tempo todo com o nome do produto, estas e outras são várias estratégias de venda que os produtores conseguem apenas com a trilha sonora. Sem ela fica mais difícil guardar o nome de um produto ou tentar fazer com que o produto fique bem conhecido no mercado. Através de filmes, propagandas, rádio, etc. São vários meios em que a música está sempre se destacando, sem ela ficaria muito mais difícil expressar e mostrar tudo aquilo que deseja. A música além dos meios de comunicação faz parte até do nosso dia a dia, e assim ela se torna um dos meios mais estratégicos para se usar e um dos mais importantes.

Fonte: pt.shvoong.com

Cinema Mudo

Charles Chaplin, um homem humilde cuja dignidade vai além de seus trajes maltrapidos, folgados sapatos, um chapéu-coco e uma bengala, suas marcas registradas e imortalizadas na história do cinema mudo.

Charles Spencer Chaplin Jr., Nasceu na Inglaterra, Walworth - Londres, 16 de abril de 1889. Foi ator, diretor, roteirista e musico. Seu personagem, Charles Chaplin ficou conhecido na França, como "Charlot", na Itália, Espanha, Portugal, Grécia, Romênia e Turquia, como Carlitos, no Brasil: "O Vagabundo (The Tramp)".

Cinema Mudo

Chaplin foi uma das personalidades mais marcantes e criativas da era do cinema mudo, atuou, dirigiu, escreveu, produziu e financiou seus próprios filmes.

Filmes de Charles chaplin

O idílio desfeito -1914
Os clássicos vadios - 1921
O garoto - 1921
Casamento ou luxo? - 1923
Em busca do ouro - 1925
O circo - 1928
Luzes da cidade - 1931
Tempos modernos - 1936
O grande ditador -1941
Monsieur Verdoux - 1947
Luzes da ribalta - 1952
Um rei em Nova York - 1957
A condessa de Hong Kong -1967

Cinema Mudo

Em 1929 ganhou seu primeiro "Oscar" (versatilidade e excelência na atuação, roteiro, direção e produção - no filme The Circus), uma estatueta que ele deu muito pouca importância. Segundo declarações, ele usava essa estatueta ao lado da porta de sua casa para não deixá-la bater. Esse fato desagradou a Academia de Hollywood que passou a não premiá-lo, apesar das indicações.

Seu posicionamento politico de esquerda, sempre esteve presente em seus filmes.

Tempos Modernos foi um filme que criticava a situação da classe operária e dos pobres, utilizando conceitos marxistas elaborados por Karl Marx.

Modern Times, 1936

Em 1940 lançou,"O Grande Ditador", seu primeiro filme falado, onde Chaplin criticou Adolf Hitle e o Fascismo.

Cinema Mudo

"O Grande Ditador" recebeu nomeações como melhor filme, melhor ator, melhor roteiro e música original, mas não foi premiado.

Em 1952, Chaplin ganhou o Oscar de melhor música em filme dramático por Luzes da Ribalta (Limelight), de (1952), porém no mesmo ano após anunciar que iria viajar para Suíça com sua esposa Oona O'neil, o governo americano confisca seus bens e mais tarde quando tentou retornar aos EUA, foi proíbido pelo serviço de imigração e seu visto foi cassado sob a acusação de "Atividades anti-americanas".

Charles então decide morar na Suíça.

Em razão das perseguições da época de sua realização este prêmio só pode ser recebido em 1972, junto com talvez a sua maior premiação.

Cinema Mudo

Em 1972, ainda no exílio, havendo muita expectativa nesta premiação, pois não se sabia se seria permitida sua re-entrada no país, ele volta aos Estados Unidos pela última vez, para receber um prêmio especial da Academia pelas "suas incalculáveis realizações na indústria do cinema", se tornando uma das maiores aclamações na história do Oscar, onde Chaplin foi aplaudido por mais de cinco minutos, em pé por todos os presentes.

Cinema Mudo

Charles Chaplin, morreu no dia 25 de Dezembro de 1977, aos 88 anos, na Suíça, vítima de um derrame cerebral.

Fonte: geocities.com

voltar 123avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal