Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Soro Caseiro  Voltar

Soro Caseiro

SAL CONTRA A DESIDRATAÇÃO

O soro caseiro é a maneira mais rápida de evitar a desidratação em crianças com diarréia.

A doença ainda mata cerca de 3 milhões de crianças nos países em desenvolvimento, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde. A diarréia pode levar à morte devido à perda de água, sais minerais e potássio.

Quando cuidadas adequadamente, a maior parte das crianças com diarréia evolui sem desidratação e, dentre aquelas que desidratam, 95% podem ser reidratadas por via oral.

No início dos anos 60 desenvolveu-se a composição do Sal de Reidratação Oral, (SRO), uma substância capaz de hidratar o paciente por via oral sem necessidade de hidratação venosa.

A Organização Mundial de Saúde, elaborou o SRO e passou a distribuí-lo em todo o mundo, principalmente nos países em desenvolvimento.

O SRO é distribuído em Postos de Saúde pelo Ministério da Saúde. O pacote deve ser diluído em 1 litro de água limpa e ingerido após cada evacuação líquida. Cada embalagem é composta por cloreto de potássio, cloreto de sódio, nitrato de sódio e glicose.

Esse tipo de tratamento passou a se chamar Terapia de Reidratação Oral (TRO), com a finalidade de reidratar o paciente repondo os líquidos perdidos pela doença.

Como nem todas as pessoas que sofrem de diarréia têm acesso ao SRO, uma alternativa é o uso da Solução Sal Açúcar (SSA), ou Soro Caseiro, muito divulgado pela Pastoral da Criança, organismo de Ação Social da CNBB, junto com o Ministério da Saúde.

A solução Sal Açúcar, ou simplesmente soro caseiro, como é mais conhecida no Brasil, é constituída de água, sal e açúcar.

A utilização do soro caseiro como terapia para evitar a desidratação grave é bastante vantajosa devido ao baixo custo, à boa aceitação pela comunidade, disponibilidade de seus ingredientes no domicílio e facilidade de preparo. Além disso, não é dependente de sistema de fornecimento, o que contribui, para que a criança receba tratamento precoce logo no início da diarréia a fim de prevenir a desidratação.

É importante que a solução tenha sido preparada de forma adequada e que seja fornecida em quantidades suficientes para repor as perdas. É necessário também que a freqüência da sua administração esteja relacionada com os episódios de evacuações líquidas e que o tratamento seja iniciado tão logo se inicie a diarréia.

Soro Caseiro ou Solução Sal Açúcar (SSA)

ÁGUA: 1 litro.

SAL de cozinha: 1 colher de chá rasa - equivale a cerca de 3,5g.

AÇÚCAR: 02 colheres de sopa cheias - equivale a cerca de 40g.

O soro deve ser ofertado aos poucos, após cada evacuação ou vômito, podendo ser utilizado por até 24 horas após o preparo.

Fonte: www.salcisne.com.br

Soro Caseiro

Como preparar o soro caseiro

O líquido que salva vidas

O tão famoso soro caseiro nada mais é que uma solução aquosa de açúcar e sal de cozinha recomendado para prevenir a desidratação.

A função do soro caseiro, dado por via oral, é repor água e sais minerais perdidos com os vômitos e diarréia.

O soro deve ser tomado à vontade, a cada 20 minutos, e após cada evacuação líquida ou vômito.

Preparando o soro caseiro com a colher-padrão

Para evitar erros na concentração, a UNICEF preconiza a utilização de uma colher-padrão (disponível em todo posto de saúde) que apresenta as medidas para a preparação do soro:

Duas medidas rasas de açúcar (medida maior da colher-padrão)

Uma medida rasa de sal (medida menor da colher-padrão)

Um copo (200ml) de água filtrada e/ou fervida.

Preparando o soro caseiro sem a colher-padrão

"O soro não deve ser nem mais doce e nem mais salgado que água de côco ou lágrima."

Caso você não possua a colher-padrão, pode fazer o seguinte:

Modo 1: com uma balança de cozinha

40g de açúcar

3,5g de sal

1 litro de água filtrada e/ou fervida.

Modo 2: com as próprias mãos

Lave as mãos

Três pitadas de açúcar (alguns textos descrevem como um punhado)

Uma pitada (de três dedos) de sal

Um copo (200ml) de água filtrada e/ou fervida.

Obs: Não se esqueça de lavar as mãos antes de preparar o soro!

Atenção

O soro deve ser ministrado apenas para prevenir a desidratação ou quando ocorrerem os sintomas iniciais. Em casos mais graves o paciente deve ser encaminhado imediatamente a um médico.

Fonte: UNICEF

Soro Caseiro

Como fazer soro caseiro

Para fazer soro caseiro:

Lave as mãos. Pegue um copo de água filtrada ou fervida. Acrescente um punhado de açúcar e uma pitada de três dedos de sal. Misture bem.

Você também pode utilizar a colher-medida, distribuída nos postos de saúde.

Usando a colher, misture com a água duas medidas rasas de açúcar e uma medida rasa de sal, como mostra o desenho abaixo:

Soro Caseiro

Fonte: www.invivo.fiocruz.br

Soro Caseiro

Como preparar?

Lave bem as mãos

Pegue um copo de água limpa

Um punhado de açúcar

Uma pitada de 3 dedos de sal.

Misture e prove

O soro não deve ser nem mais doce e nem mais salgado que água de côco ou lágrima. Se você já tiver a colher de medida padrão, use-a desta forma:

A colher-medida está disponível em todos os Postos de Saúde.

É importante ter uma em casa.

Fonte: www.saude.rj.gov.br

Soro Caseiro

Como fazer soro caseiro

Soro caseiro1

1 colher de chá de sal + 8 colheres de chá de açúcar + 1 litro de água

Oferecer à criança ao primeiro sinal de vômito e/ou diarréia.

Soro caseiro 2

Ferver um litro de água e acrescentar 1 colher de chá de sal, 3 colheres de sopa de FUBÁ ou FARINHA DE ARROZ, dissolvido em água fria e deixar ferver durante 10 minutos. É bom para mulheres grávidas, bem como para qualquer pessoa, para diminuir o vômito e a diarréia. O soro de cereal (milho, arroz) diminui em 30% a duração da diarréia, em 40% o volume e em 60% o vômito

Fonte: megyptocruz01.multiply.com

Soro Caseiro

SORO PARA REIDRATAÇÃO ORAL- SRO ( OMS-1971)

Distribuido nas Unidades de Saúde (Postos de Saúde e P.S).

Uma pacote deve ser dissolvido em um litro de água filtrada. Contém sódio, potássio, cloro, glicose e bicarbonato ou citrato de sódio.

SORO CASEIRO:

a) Ingredientes

1 copo de água limpa, filtrada e/ou fervida;
1 punhado de açúcar e
1 pitada de 3 dedos de sal.

b) Utilizando a colher padrão

1 copo de água limpa
1 medida menor de colher padrão de sal
2 medidas maior da colher padrão de açúcar.

c) Solução Sal Açúcar (SSA)

1 litro de água limpa
1 colher de chá rasa de sal (3,5g)
2 colheres de sopa cheias de açúcar (40g)

Fonte: www.hospitalmandaqui.com.br

Soro Caseiro

SORO CASEIRO - MODO DE PREPARAR

A desidratação tem como seu principal alvo crianças de 0 a 5 anos. Após crises de vômito ou diarréia, deve-se repor a perda de água e sais minerais. Uma maneira simples, barata e eficaz de fazer isto é através do soro caseiro. Se você não sabe como prepará-lo, basta ler a receita.

Passo a passo:

1. Misture em um litro de água mineral, filtrada ou fervida (mas já fria) com uma colher (do tipo de cafezinho) de sal e uma colher (do tipo de sopa) de açúcar.

2. Mexa bem e dê à criança em pequenas colheradas.

3. Um erro nas medidas pode provocar convulsão em uma criança desidratada. Assim, para evitar erros, pegue uma colher-medida nos postos de saúde de governo. Em um copo com água filtrada coloque uma medida rasa de açúcar (do lado maior da colher) e uma medida rasa de sal (do outro lado da colher).

4. O soro caseiro é usado para combater a desidratação em casos de intoxicação alimentar, insolação ou diarréia ou vômitos.

Atenção:

1. Se o vômito ou a diarréia continuarem, procure imediatamente o posto médico mais próximo de sua casa. Lembre-se: desidratação mata!

2. O melhor soro é o soro para reidratação oral -SRO (OMS-1971), distribuído nos postos de saúde. Um pacote deve ser dissolvido em um litro de água filtrada.

Fonte: aprodef.org.br

Soro Caseiro

Receita de Soro Caseiro

Ingredientes

1 litro (1000 ml) de água

1 colher (sopa) de açúcar

1 colher de café de sal.

Depois é só mexer e está pronto para beber.

Modo de uso

Primeiro você deve pegar 1 litro de agua filtrada e fervida, e colocar 1 colher de açucar, e uma colher pequena de sal, em seguida você deverá mexer, e ja está pronto o soro caseiro.

OBS: O Soro deve ser tomado em intervalos de tempo pequenos e em pequenas quantidades.

Fonte: www.receitando.net

Soro Caseiro

DIARRÉIA INFANTIL

Receita de Soro Caseiro

1 litro de água

1 colher de chá rasa de sal

1 colher de sopa de açúcar

Misture tudo e está pronto!

Entendendo a diarréia

É uma doença que se caracteriza pela perda de água e eletrólitos devido ao aumento do volume e da freqüência das evacuações. Há uma diminuição da consistência das fezes, apresentando, algumas vezes, muco e sangue (disenteria).

É importante tratar?

A doença diarréica é uma das principais causas de morbidade e mortalidade infantil nos países em desenvolvimento e um dos fatores que mais contribui para o agravamento do estado nutricional das crianças. O tratamento é simples e fundamental: soro caseiro.

Reconheça os tipos de diarréia

Diarréia comum: caracteriza-se normalmente por provocar apenas fezes soltas e aguadas. Pode estar associada a uma combinação de estresse, remédios e alimentos. Por exemplo, excesso de gorduras, cafeína, mudança do tipo de água ingerida ou mesmo ansiedade diante de acontecimentos importantes.

Diarréia infecciosa: provoca, além dos sintomas da diarréia comum, febre, perda de energia e apetite. É causada por viroses e bactérias. Se não for convenientemente tratada, os sintomas podem demorar até uma semana a desaparecerem.

Amebíase: pode ocasionar desde leve dor de estômago e flatulência até febre, prisão de ventre, debilidade física e fezes aguadas com manchas de sangue. É causada por um protozoário que invade o sistema gastrintestinal transportado por água ou comida contaminada.

Giardíase: causada pela giárdia, um protozoário; seus sintomas variam de simples dor estomacal à diarréia persistente ou à presença de fezes pastosas. Outros sintomas também podem aparecer, como desconforto abdominal, eructação, dor de cabeça e fadiga. A giárdia espalha-se no aparelho digestivo através da ingestão de água e alimentos contaminados.

Intolerância à lactose: algumas pessoas não conseguem digerir a lactose, açúcar encontrado no leite e seus derivados. Isso porque não produzem uma enzima chamada lactase. Entre seus sintomas, destacam-se diarréia, prisão de ventre e gases.

O que provoca a diarréia?

A maioria dos episódios é provocada por um agente infeccioso e dura menos de duas semanas.

Veja alguns exemplo:

Bactérias e toxinas bacterianas

Parasitas intestinais causadores de amebíase e giardíase

Infecções virais

Disfunção da motilidade do tubo digestivo

Efeitos colaterais de algumas drogas, por exemplo, antibióticos, altas doses de vitamina C e alguns medicamentos para o coração e câncer

Abuso de laxantes

Intolerância a derivados do leite pela incapacidade de digerir lactose (açúcar do leite)

Intolerância ao sorbitol, adoçante obtido a partir da glicose.

Por que diarréia tem maior risco para as crianças?

Adultos são mais resistentes, mas bebês, crianças e idosos desidratam-se com facilidade. As complicações e causas de morte mais importantes são a desidratação e a desnutrição.

O que fazer?

A grande maioria das crianças com diarréia evolui para a cura espontânea sem desidratação, desde que bem manuseadas no domicílio.

Algumas recomendações são importantes:

Mantenha a criança hidratada dando-lhe de beber muito líquido.

Como a água não repõe a perda de eletrólitos, prepare soro caseiro ou outros líquidos que contenham tais substâncias, como uma sopa salgada.

Não deixe de alimentar a criança. Em geral, pessoas associam comida à disfunção gastrintestinal e suspendem toda a alimentação. Tal medida, além de agravar o quadro de desidratação, suspende o fornecimento dos nutrientes necessários para o organismo reagir.

Suspenda a ingestão de alimentos com resíduos, como saladas, bagaço de frutas e fibras. Também evite café, leite, iogurte e sucos de frutas.

Não deixe de ferver a água nos locais em que não seja tratada se tiver necessidade de bebê-la.

Fonte: chasqueweb.ufrgs.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal