Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Cores - Página 8  Voltar

Cores



Cor-luz, cor pigmento e sistemas de síntese

Cor-luz é o termo que especifica a cor formada pela emissão direta de uma fonte luminosa. Cor-pigmento é o termo que especifica a cor produzida pelo processo seletivo de reflexão e absorção da luz efetuado por um objeto iluminado. A cor transmitida por um objeto é, portanto, resultado da seleção da luz por sua superfície pigmentada. A cor resultante desse processo corresponde à soma dos raios refletidos pelo objeto.

A cores-pigmento e a síntese subtrativa das cores

As cores pigmento primárias são ciano, amarelo e magenta. Da mistura dessas cores, em proporções variadas, resultam teoricamente todas as demais cores obtidas por pigmentos. Na prática, a impureza dos pigmentos (ou tintas) disponíveis solicita o reforço do preto nos processos de reprodução gráfica. Assim que tomamos o primeiro contato com as cores-pigmento primárias, o magenta (uma cor rosada) nos causa estranhamento, pois o senso comum costuma definir vermelho como primária. No entanto, o vermelho é formado pela mistura de magenta e amarelo, e não pode ser por isso primária, enquanto o magenta não pode ser produzido a partir de nenhuma mistura de outras cores, e por isso é primária.

O sistema de cores primárias é também denominado CMYK nos programas gráficos de informática. CMYK é a abreviação de Cyan, Magenta, Yellow e BlacK. (não se usa o B para Black já que a letra é usada para designar Blue, uma das cores-luz).

A figura 01 representa a síntese subtrativa (subtrai a luminosidade) formada pela soma das cores-pigmento primárias que resulta preto. Duas a duas, as cores pigmento primária formam as core spigmento secundárias vermelho, vede e azul, que também são primárias na síntese aditiva (cores-luz). As cores-pigmentos podem ser expressas em porcentagens das misturas de CMYK. Vejamos alguns exemplos na figura 02:

Cores
Figura 01

Cores
Figura 02

Este vermelho corresponde a 100% de magenta + 100% de amarelo
Este Laranja corresponde a 100% de amarelo + 50% de magenta.
Este ocre corresponde a 14% de ciano + 45% de magenta + 100% de amarelo + 5% de preto.
Este azul corresponde a 70% de ciano e 35% de magenta.

As cores-luz e a síntese aditiva

As cores-luz são vermelho, verde e azul. Da mistura de luzes dessas cores em intensidades variadas, resultam todas as demais cores obtidas por luzes. A imagem da tela de um monitor (de TV ou de computador) é constituída de pontos (pixels) tripartidos com faixas de cada uma das cores-luz primárias. Uma área da imagem em amarelo, por exemplo, é formada pelos pixels em que as fixas vermelha e verde estão acesas e a faixa azul apagada.

O sistema de cores-luz é também denominado de RGB nos recursos de projeção direta de imagens, como TV e computadores. Não é o caso do cinema, que utiliza uma película de pigmento que filtra a luz que, por sua vez, é rebatida na tela que se torna colorida e vem a funcionar como um objeto pigmentado. RGB é a abreviação de Red, Green e Blue.

A figura 03 representa a síntese aditiva (aumenta luminosidade) formada pela soma das cores-luz primárias que resulta branco. Duas a duas, as cores-luz primárias formam as cores-luz secundárias ciano, magenta e amarelo, que são as primárias na síntese subtrativa (cores pigmento). Assim, as cores-luz primárias na síntese aditiva correspondem às secundárias na síntese subtrativa e vice-versa.

As cores-luz podem ser expressas em valores das misturas de RGB (que vão de 00 a 255). Vejamos alguns exemplos na figura 04:

Cores
Figura 03

Cores
Figura 04

Este vermelho corresponde R = 255.
Este Laranja corresponde a R = 255 + G = 153.
Este ocre corresponde a R = 204 + G = 153.
Este azul corresponde a R = 51 + G = 153 + B = 255.

Fonte: www.cce.ufsc.br

Cores

CORES E INTERAÇÕES

O que é cor?

Várias interpretações:

Artística
Neurosensorial
Física

Onda eletromagnética cujo comprimento de onda vai de 400 nm a 700 nm.

Geralmente luz colorida é emitida por transição de elétrons menos energéticos.

Pode ser emitida por corpo sincandescentes, como ferro em brasa ou estrelas. A cor das estrelas revela a temperatura médiada sua superfície.

Algumas lâmpadas fluorescentes têm graduação de tons amareladas até brancas, medido sem relação à temperatura das estrelas

Luzes de néon são lâmpadas que possuem diferentes gases que são ionizados em seu interior. Cada gás emite uma cor diferente.

Neônio > Vermelho

Kriptônio > Verde

Hélio > Laranja

Mercúrio > Azul

LED

Feito de material semicondutor, geralmente germânio ou silício, dopado com átomos de metais que proporcionam características negativas ou positivas. A luz é emitida por elétrons que passam de uma banda condutora (excesso de elétrons) para uma de valência (falta de elétrons), passando por uma banda proibida. A largura da banda proibida determina a cor da luz emitida.

CORES PRIMÁRIAS DA LUZ

A luz tem cores fundamentais: verde, vermelho e azul.

A junção destas cores duas a duas formam as cores secundárias amarelo, magenta e ciano.

A junção das três cores forma o branco.

Cores

A esta junção chamamos soma de cores.

Ao passar a luz do Sol por um prisma ela é decomposta em cores, porque o índice de refração é diferente para cada cor de luz. Isso por causa do comprimento de onda de cada uma das cores.

Cor
Cores(nm)
Violeta
390 – 455
Azul
455 – 492
Verde
492 – 577
Amarelo
577 – 597
Laranja
597 – 622
Vermelho
622 – 780

Cores Complementares

Uma cor é complementar da outra quando juntando as duas temos branco.

Cores

Subtração de cores e pigmentos

Quando tratamos de pigmentação, temos três cores primárias: amarelo, magenta e ciano.

Ao juntar estas três cores temos o preto.

Ao juntá-las duas a duas temos as cores primárias da luz

Ao subtrair uma cor do branco, temos a sua complementar.

Cores
clique para ampliar

Cores por reflexão, transmissão e absorção

Material opaco:

REGRAS:

Todas as cores vistas são as cores da luz refletidas ou transmitidas pelo material

Todas as cores não vistas são as cores da luz absorvidas pelo material

Material transparente:

REGRAS:

A cor do filtro é a cor vista quando a luz reflete ou é transmitida por ele.

Todas as cores não vistas no filtro ou que não passam por ele são absorvidas.

Cores da Natureza

Arco-íris – decomposição da luz por causa do índice de refração devido ao comprimento de onda de cada cor.

Céu azul – Cor devido ao espalhamento da luz azul nas moléculas de água e ar na atmosfera. Se a camada de gotículas de água for grande, a cor azul fica esbranquiçada.

Cor avermelhada do pôr ou nascer do sol/lua – Devido à grossa camada de atmosfera, a luz azul já foi quase toda espalhada, sobrando apenas a cor vermelha.

Colorido da bolha de sabão – interferência da luz branca que incide e é refletida nas interfaces da bolha.

Fonte: genoma.ib.usp.br

voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal