Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia e Noite  Voltar

Dia e Noite

 

Dia e Noite
Dia e Noite

O ciclo de dia e noite, na Terra, refere-se ao nascer e pôr do Sol e da Lua, e as formas como isso pode nos afetar.

O dia começa às 04:30, enquanto a noite começa às 19:30.

Há 24 horas em um dia.

Por que temos dia e noite?

Nós temos dia e noite, porque a Terra gira. Ele gira sobre seu eixo, que é uma linha imaginária que passa através dos pólos Norte e Sul.

A Terra gira lentamente o tempo todo, mas nós não sentimos qualquer movimento, porque ele gira uniformemente e com a mesma velocidade.

Quanto tempo leva a Terra a se virar?

A Terra leva um dia inteiro (24 horas) para fazer uma volta completa.

O período de 24 horas durante o qual a Terra completa uma rotação em seu eixo, tradicionalmente medido a partir da meia-noite à meia-noite.

Cerca de metade da Terra é iluminada a qualquer momento pela sol A área sujeita a ilCerca de metade da Terra é iluminada a qualquer momento pela sol.

A área sujeita a iluminação direta é quase exatamente metade do planeta; mas por causa de efeitos atmosféricos e de outras que se estendem o alcance da iluminação indireta, a área do planeta coberta quer por valores de iluminação diretas ou indiretas a pouco mais da metade da superfícieuminação direta é quase exatamente metade do planeta; mas por causa de efeitos atmosféricos e de outras que se estendem o alcance da iluminação indireta, a área do planeta coberta quer por valores de iluminação diretas ou indiretas a pouco mais da metade da superfície

O planeta Terra está sempre a girar como um pião mas muito mais devagar do que este. Demora um dia a dar uma volta completa.

Dizemos que a Terra tem um movimento de rotação.

Dia e Noite
Dia e Noite

A palavra "Dia" tem dois significados.

Um é que significa o período de 24 h, e o outro significa o período em que o sol está de pé no firmamento.

Um dia no 1º sentido, tem 24 horas.

O dia, no segundo sentido dura o tempo em que o sol estiver aparecendo no céu.

A noite é o nome do período em que o sol sumiu do céu devido a rotação da terra, que encobre a sua visão.

Na média, dia e noite deveriam ter cada um, 12 horas de duração. Mas por questões de estações do ano, por causa da inclinação do eixo da terra, estas durações variam de acordo com a época do ano e o local da terra em que vc está.

Dia e noite são relativos ao ponto de vista de quem habita o planeta terra, e não de quem habita o espaço.

Dia e Noite - Terra

Dia e Noite
Movimento aparente do Sol

Como a Terra é iluminada pelo Sol, é sempre metade de sua superfície que, num certo instante, recebe a luz solar. Nessa região o Sol é visível no céu, sendo, portanto, dia. Na outra, escura, é noite, não estando o Sol presente no céu.

À medida que a Terra vai girando em torno de seu eixo imaginário, a luz solar vai progressivamente atingindo diferentes regiões da Terra, provocando o movimento do Sol de leste para oeste e produzindo a sucessão dos dias e das noites.

Dependendo do lugar da Terra em que estamos, observamos o Sol com trajetórias diferentes em relação ao horizonte. Se estivermos, por exemplo, num dos pólos geográficos (latitude 90º), o céu parecerá girar em torno de um eixo que passa exatamente por nós e perpendicularmente ao chão. O Sol e os demais astros descreverão trajetórias circulares, paralelas ao horizonte, sem nascer ou se pôr durante períodos de 24 horas.

Nos pólos da Terra, portanto, não existe nascente ou poente. É por isso que nessas regiões (e também em regiões próximas a eles) ocorre o fenômeno conhecido como "Sol da meia-noite", pois mesmo à noite o Sol pode estar acima do horizonte.

Nos pólos isso acontece durante seis meses seguidos. Esse período de tempo é chamado de Grande Dia Polar. Por outro lado, em outra época o Sol fica sempre abaixo do horizonte, ocorrendo a Grande Noite Polar, que dura outros seis meses.

Para observadores que estiverem na latitude de 0º (sobre o Equador da Terra), o Sol e os demais astros descreverão trajetórias perpendiculares ao horizonte. Se, no entanto, estiverem em latitudes intermediárias entre 0º e 90º, os astros vão descrever trajetórias inclinadas em relação ao horizonte.

Dia e Noite
Rotação da Terra

Mas há fenômenos que não são explicáveis apenas considerando-se que a Terra possui um movimento de rotação. É o caso das estações do ano.

A iluminação da Terra muda durante o ano por causa da translação. Em cada estação do ano a duração dos dias e das noites é diferente. Quando numa determinada cidade é verão, significa que tal cidade está localizada no hemisfério mais iluminado pelo Sol, naquele momento. Então, ali os dias são mais longos e as noites mais curtas.

Por exemplo, enquanto nos Estados Unidos é verão, aqui no Brasil é inverno. Por isso, em Los Angeles, no dia 10 de agosto, às 20 horas, o Sol ainda não tinha se posto, enquanto em São Paulo já era noite.

Quem mora no nordeste do Brasil, não sente tanto a diferença. Isso porque essas regiões estão próximas do Equador terrestre e são bem iluminadas o ano todo.

Quem mora em Manaus, por exemplo, não percebe a diferença de duração dos dias e das noites durante o ano. Mas quem mora no sul do Brasil conhece a diferença entre o calor do verão e o frio do inverno. Percebe também que no verão os dias são mais longos e as noites mais curtas, enquanto no inverno ocorre o contrário.

Duração do Dia e da Noite

Dia e Noite
Dia e Noite

O homem e todos os animais do planeta percebem o dia e a noite. O comportamento dos seres vivos se altera de acordo com a presença ou ausência de luz solar, mas saber como ocorrem os dias e as noites foi uma descoberta bastante demorada. Na antigüidade, era possível encontrar os pontos cardeais, saber a ordem de distância dos planetas até a Terra, calcular quantos dias tinha o ano e prever as estações. No entanto, acreditava-se que o dia e a noite ocorriam porque o céu girava ao redor da Terra enquanto ela permanecia parada.

Se observarmos atentamente o céu, a sensação que temos é tudo gira ao nosso redor enquanto estamos parados e por causa disso pensava-se que a Terra estava no centro do universo. Só quando o homem deixou de pensar que a Terra era o centro do universo é que se considerou a possibilidade dela girar enquanto o céu permanecia parado. Isso aconteceu no fim do século XV, quando Nicolau Copérnico verificou que os planetas não podiam ser encontrados nas posições previstas por cálculos quando a Terra era considerada o centro do Universo. Por isso ele lançou uma teoria em que o Sol estava no centro e todos os outros planetas giravam ao seu redor. Posteriormente Johannes Kepler (que viveu na mesma época de Galileo) conseguiu calcular a órbita de Marte ao redor do Sol. Mas, o fato da Terra girar e não o céu só foi confirmado com o aparecimento da luneta. Com ela Galileo pode observar que havia outras luas girando ao redor do planeta Júpiter e que o próprio Júpiter girava sobre si mesmo. Esses fatos levaram os astrônomos a concluir que a Terra era apenas um planeta como os outros e não o centro do universo. Assim ficou entendido que o dia e a noite ocorrem porque a Terra gira ao redor de um eixo imaginário como se fosse um pião, observe a figura 1.

Um dos movimentos próprios da Terra é a rotação. Ela gira como se fosse um pião, sobre um eixo imaginário, chamado de "eixo da Terra", que passa pelos pólos e aponta para a estrela Polaris. A Terra demora 24 horas para completar uma volta. Como ela gira sempre com a mesma velocidade (não para ou acelera) nós não percebemos esse giro, percebemos apenas o céu girando no sentido contrário - movimento aparente do céu - por isso pensou-se durante muito tempo que tudo girava ao redor da Terra.. Olhando para as estrelas durante a noite podemos perceber isso, estrelas que estão próximas do horizonte do lado leste sobem para o alto do céu e as que estão do lado oeste desaparecem abaixo do horizonte. Na verdade só percebemos isso porque estamos girando junto com a Terra no sentido contrário ao movimento que estamos vendo.

Sabendo que a Terra dá uma volta completa ao redor do seu eixo a cada 24 horas podemos pensar que o período de luz, isto é, que o dia claro têm 12 horas e o período de escuro ou noite também têm 12 horas. E a maioria das pessoas acreditam que ao meio dia o Sol passa a pino, ou seja, sobre as nossas cabeças e a nossa sombra fica sob nossos pés.

Entretanto, numa grande parte do território brasileiro o Sol nunca passa sobre a cabeça dos habitantes locais (todos os estados da região sul) e na outra parte do território isso só acontece em poucos dias durante o ano. Além disso, os dias também não têm períodos de luz e escuro com 12 horas cada. São poucos os dias do ano em que isso acontece.

Fonte: www.colegiosaofrancisco.com.br/br.geocities.com/www.cdcc.sc.usp.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal