Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  El Escorial  Voltar

El Escorial

Situado na parte ocidental da Serra de Guadarrama, a 1.055 metros de altitude sobre o nível do mar, a vila de San Lorenzo de El Escorial dista de Madrid apenas 49 quilômetros por estrada com direção noroeste.

A sua favorável situação geográfica, guardada pelas montanhas que a rodeiam pelo norte e oeste e as amplas perspectivas que se abrem em direção ao este e ao sul, fazem desta vila um lugar privilegiado pelas suas favoráveis condições climáticas, pois os seus invernos suaves e frescos verões fazem o seu clima especialmente saudável.

Assim, a vila de San Lorenzo de El Escorial desce pelas ladeiras do Monte Abantos, ao abrigo dos ventos excessivos, e contando com uma paisagem amplíssima e um horizonte limpo.

A vila de San Lorenzo de El Escorial é muito acolhedora, as suas ruas e praças bem urbanizadas, conservam a marca da sua importância durante os últimos quatro séculos e de ter tido uma origem real.

Os seus numerosos parques, como o da Herrería, adornados com numerosas fontes, como a chamada Fuente Nueva, erigida em tempos de Fernando VII, jardins e característicos cantos onde abundam bares e restaurantes com as suas mesinhas a ar livre, numerosos estabelecimentos hoteleiros, centros comerciais e outros dedicados ao ócio, entre Galerias de Arte e lojas de antiguidades, sendo a rua de Floridablanca a verdadeira artéria urbana da vila de San Lorenzo de El Escorial, visita obrigatória para todo o viajante curioso que se acerque à capital de Espanha, à qual está unida também por ferrocarril.

El Escorial

Os seus arredores agrestes, montanhosos, de abundantes pinhais convidam ao excursionismo. Especialmente curioso, a 7.5 quilômetros da povoação, é o lugar conhecido como a cadeira de Felipe II, escavada na pedra a considerável altura na encosta de um monte, lugar desde onde Felipe II observava como progredia a construção do seu mosteiro e desde o qual se domina um extenso panorama.

San Lorenzo de El Escorial continua a ser esse lugar privilegiado e peculiar que faz dele algo especial e único, conservando o encanto de uma acolhedora e simples vila de montanha junto à magnificência de que a foram revestindo os séculos, fazendo dela uma página viva da história de Espanha que não defraudará nenhum viajante que, no tempo, a visite.

A grande importância de San Lorenzo de El Escorial começa no ano 1557, quando o rei Felipe II decide construir, em plena Serra de Guadarrama, aos pés da montanha Abantos, um monasterio para comemorar o triunfo sobre o rei da França na batalha de San Quintín.

Pouco a pouco aumentam os períodos de estância dos reis da Espanha no lugar. 0 povoado assentado aos arrededores do monastério adquire uma importância decisiva no século XVIII, ao encarregar o rei Carlos III, ao arquiteto Juan de Villanueva, que construíra várias edificações, com o objetivo de dar hospedagem ás numerosas comitivas que o acompanhavam em suas caçadas.

O Monastério

El Escorial

Carlos V passar a ser o fundador do Império e seu filho, Felipe II, desejando para seu paí um grandioso mausoléu e para si mesmo um lugar que fosse ao mesmo tempo templo, túmulo, centro de estudo, refúgio de meditação e solidão, decidiu estabelecê-lo em San Lorenzo de El Escorial, construindo um imenso monastério.

O monastério passou a ser, deste modo, a obra predileta que deseja oferecer aos séculos futuros, uma obra fundamental que sintetiza para sempre os ideais imperiais de Felipe II. Grandes expoentes do humanismo renascentista ajudaram o rei em seu empenho, presidido pela razão, a simetria e o quilíbrio, sem esquecer por um momento a indispensável austeridade que sempre desejou.

Tudo ficou compreendido num imenso quadrilátero de granito e ardósia, que recolhia dezesseis átios e quinze claustros.

Um soberbo corpo de colunas, uma estátua de São Lorenzo e o escudo imperial são os elementos que formam a fachada principal. 0 pátio dos Reis aparece à entrada, com a fachada da basílica ao fundo. Recebeu o nome de "Ante sala da eternidade" e nele podem-se admirar as estátuas que representam aos reis de Judéia. Na forma de distribuir as distintas dependências (biblioteca, basílica, claustros, etc.). Felipe II quis refletir a união entre a religião e o humanismo.

Cidade onde está o mundo antigo, o famoso complexo castelo-mosteiro-catedral, construído completamente em granito, uma das maravilhas arquitetônicas do mundo.

Normalmente, os campings europeus são bem equipados, limpos e localizados em regiões arborizadas. Um dos melhores da Espanha, o El Escorial, fica localizado na cidade de mesmo nome, cerca de 50 quilômetros ao norte de Madri. Tem clima de montanha e está perto de alguns dos mais interessantes pontos turísticos da região, como o Valle de los Caídos, Segóvia e Ávila.

A Espanha tem cerca de 1400 castelos e palácios, incluindo os alcáçeres. O Escorial, que é uma combinação de mausoléu, igreja, mosteiro e palácio, se encontra a cerca de 48 km ao noroeste de Madri. Foi construído no século XVI: é uma das maiores edificações do mundo. A estrutura de granito cinzento ocupa quase 37 mil metros quadrados, tem 300 salas, 88 fontes e 86 escadas. Os túmulos de muitos monarcas espanhóis encontram-se no Escorial.

Fonte: www.revistaturismo.com.br

El Escorial

El Escorial
San Lorenzo de El Escorial

A apenas 60 km de Madri, ergue-se o Monasterio de San Lorenzo de El Escorial (Mosteiro de São Lourenço de El Escorial).

O complexo está formado por 16 pátios e 15 claustros, entre os quais se destacam a Capilla Mayor (Capela Principal) e o Panteón de los Reyes (Panteão dos Reis), assim como o Salón del Trono (Salão do Trono), os museus e a Casita del Príncipe (Casinha do Príncipe), pensada para ser o palco de concertos de música de câmara.

Esse mosteiro foi construído a pedido de Filipe II para ser utilizado como panteão real e, ao mesmo tempo, para comemorar a vitória de San Quintín contra as tropas francesas de Henrique II.

A construção do complexo começou no ano de 1563 e acabou 21 anos mais tarde, em 1584.

Em 1984 foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

O Mosteiro de São Lourenço de El Escorial se destaca em termos arquitetônicos pelo seu projeto sóbrio e austero.

Além disso, junto à Basílica encontramos o Palacio de los Borbones (Palácio dos Bourbons) e o Palácio dos Austrias.

Por estar a poucos quilômetros a Noroeste de Madri e estar rodeado pela natureza, San Lorenzo de El Escorial é um destino ideal para desfrutar de uns dias de descanso longe da agitação da cidade.

Não deixe de visitar a Biblioteca, o Palácio de Filipe II, a Pinacoteca e os Jardines de los Frailes (Jardim dos Frades), entre outros.

Fonte: dreamguides.edreams.pt

voltar 123avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal