Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Eletricidade  Voltar

Eletricidade

 

Eletricidade é o fluxo de partículas muito pequenas chamadas elétrons que estão dentro de átomos.

Eletricidade é o conjunto de fenômenos físicos associados com a presença e fluxo de carga elétrica. Proporciona uma ampla variedade de efeitos bem conhecidos, tais como o raio, a eletricidade estática, da indução eletromagnética e corrente elétrica.

Além disso, a energia elétrica permite a criação de recepção de radiação eletromagnética, tais como ondas de rádio.

No setor da eletricidade, os encargos produzem campos eletromagnéticos que atuam sobre outros encargos.

Eletricidade ocorre devido a vários fatores:

Carga Elétrica: a propriedade de algumas partículas subatômicas , que determina as suas interações eletromagnéticas . Eletricamente carregadas importa é influenciado por, e produz, campos eletromagnéticos, cargas elétricas pode ser positivo ou negativo.

Campo Elétrico: taxas são cercados por um campo elétrico. O campo elétrico produz uma força sobre outros encargos.Alterações no curso campo elétrico na velocidade da luz .

Potencial Elétrico: a capacidade de um campo elétrico para fazer o trabalho em uma carga elétrica , normalmente medido em volts.

Corrente Elétrica: um movimento ou fluxo de partículas carregadas eletricamente, tipicamente medido em amperes.

Eletroímãs: cargas em movimento produzir um campo magnético . As correntes elétricas geram campos magnéticos, e mudança de campos magnéticos gerar correntes elétricas.

O que é a eletricidade?

A eletricidade dá força dinâmica a muitas coisas que utilizamos. Alguns objetos como o comando da televisão ou os "GameBoys" usam a eletricidade armazenada nas baterias como energia química.

Outros usam a eletricidade contida nas tomadas por meio da uma ficha elétrica.

A energia que existe nas tomadas das nossas casas vem de outro sítio. Ela chega-nos através de fios elétricos.

Mas como é que a energia elétrica vem por um fio sólido? E um fio não é como uma mangueira por onde corre a água?

Vamos tentar responder a estas perguntas

Qualquer material é composto por átomos, cada átomo contém pequenas partículas sendo uma delas o eletrão. Estes elétrons giram à volta do centro, ou do núcleo do átomo tal como a lua gira à volta do sol.

Eletricidade
Eletricidade

O núcleo é constituído por neutrões e protões. Os elétrons têm carga negativa, os protões têm carga positiva e os neutrões são eletricamente neutros, ou seja, a sua carga não é nem positiva nem negativa.

Em alguns tipos de átomos os elétrons são pouco ligados ao núcleo podendo facilmente saltar para outro átomo. Quando estes elétrons de movem de átomo em átomo cria-se uma corrente elétrica.

Isto é o que acontece num fio. A deslocação dos elétrons ao longo do fio criam a corrente elétrica

Eletricidade
Eletricidade

Há materiais que conduzem melhor a eletricidade que outros, o que é medido através da sua resistência. Quanto menor a resistência do fio melhor é a condução elétrica, pois significa que os elétrons estão menos ligados ao seu núcleo. A resistência dos fios depende da sua grossura, comprimento e composição.

O cobre é dos metais com menor resistência elétrica e, por isso, é usado regularmente como condutor elétrico. Os fios elétricos que passam pelas paredes de tua casa chegando ás lâmpadas e tomadas são quase sempre de cobre.

A força elétrica que desloca o eletrão é medida em volts. Em Portugal usam-se 220 volts de energia elétrica para todas as aplicações elétricas. Na América usam-se 110 volts para aplicações regulares e 220 volts para grandes aplicações.

As baterias contêm energia química armazenada. Quando os químicos reagem entre si produzem uma carga elétrica. Esta carga transforma-se em energia elétrica quando ligados a um circuito.

Eletricidade
Partes de uma pilha regular

Dentro deste circuito podemos ter uma lâmpada e um botão para ligar/desligar. A lâmpada transforma a energia elétrica em luz e calor. Através de uma bateria também podemos criar calor. Quando existe corrente elétrica, a resistência causa fricção e a fricção causa calor, quanto maior a resistência mais quente se torna.

Por exemplo, um secador contém um pequeno rolo de fios com grande resistência que quando ligado gera calor, secando assim o teu cabelo.

Tenta a seguinte experiência: esfrega um balão numa camisola de lã ou no teu cabelo. Depois encosta-o à parede, se o largares ele permanece lá (como se estivesse colado).

Agora esfrega dois balões um no outro, segura-os pelas pontas e junta-os. Vais verificar que eles se repelem. Ao friccionar os dois balões eles adquirem eletricidade estática.

Ao esfregar o balão, ele adquirir elétrons extra da camisola ou do cabelo ficando negativamente carregado.

A carga negativa do primeiro balão atrai a carga positiva da parede, assim o balão mantêm-se, por alguns instantes, suspenso na parede. Os dois balões friccionados adquirem carga negativa.

Ora, sabendo que a carga negativa repele a carga negativa e a positiva repele a positiva, os dois balões de carga negativa repelem-se, afastando-se naturalmente um do outro.

Eletricidade
Eletricidade

A eletricidade estática também te pode dar choque. Experimente arrastar os pés em cima de uma carpete, ao tocares num metal qualquer pode sair uma faísca entre ti e o objeto metálico.

Esta reação acontece porque através da fricção os teus pés adquirem elétrons que se espalham pelo teu corpo. Quando tocas num metal de carga positiva a eletricidade do teu corpo transfere-se para a do metal provocando um choque.

Outro tipo de eletricidade estática é aquela que se vê durante uma trovoada. Nas nuvens cinzentas concentram-se cristais de água que chocam uns com os outros. Deste modo, as nuvens ficam tão carregadas que os elétrons saltam para o chão ou para outra outras nuvens, criando uma corrente elétrica chamada relâmpago.

Geradores, Turbinas e Sistemas de Condução elétrica

A eletricidade desloca-se nos fios elétricos até acender as lâmpadas, televisões, computadores e todos os outros aparelhos eletrônicos.

Mas de onde é que vem a eletricidade?

Sabemos que a energia não pode ser gerada, mas sim transformada. Nas barragens e outras centrais elétricas a energia mecânica é transformada em energia elétrica.

O processo inicia-se com o aquecimento de água em grandes caldeiras. Nestas, queimam-se combustíveis para produzir calor e ferve-se a água de forma a transformá-la em vapor.

O vapor é condensado em alta pressão na turbina, que gira a grande velocidade; o gerador ligado á turbina transforma a energia da rotação mecânica da turbina em eletricidade. Vamos aprofundar melhor este processo.

Em muitas caldeiras, a madeira, o carvão, o petróleo ou o gás natural são queimados para produzir calor. O interior da caldeira é constituído por uma série de tubos de metal por onde passa água corrente. A energia calorífica aquece os tubos e a água até ferver.

A água ferve a 100º Celsius ou a 212º Fahrenheit. A turbina contém várias lâminas semelhantes a uma ventoinha. O vapor da água chega ás lâminas que começam a girar.

O gerador encontra-se ligado á turbina e recebe a sua energia mecânica transformando-a em energia elétrica.

O gerador é constituído por um imã gigante situado dentro de um círculo enrolado com um grande fio. O eixo que liga a turbina ao gerador está sempre a rodar; ao mesmo tempo que a parte magnética gira.

Quando o fio ou outro condutor elétrico atravessa o campo magnético produz-se uma corrente elétrica. Um gerador é o contrário de um motor elétrico.

Em vez de usar a energia elétrica para por a trabalhar o motor ou leme como nos brinquedos elétricos, o eixo da turbina põe a trabalhar o motor que produz a eletricidade.

Depois do vapor passar pela turbina vai para um zona de arrefecimento e em seguida é canalizada pelos tubos de metal para novo aquecimento nas caldeiras.

Existem centrais elétricas que usam energia nuclear para aquecer a água, noutras a água quente vem naturalmente de reservatórios subterrâneos sem queimar nenhum combustível.

Eletricidade

eletricidade é uma forma de energia que envolve o fluxo de elétrons. Toda a matéria é feita de átomos, e um átomo tem um centro, chamado um núcleo.

O núcleo contém partículas carregadas positivamente chamadas prótons e partículas carregadas chamadas nêutrons.

O núcleo de um átomo está rodeado por partículas carregadas negativamente chamados elétrons. A carga negativa de um elétron é igual à carga positiva de um protão, e do número de elétrons em um átomo é geralmente igual ao número de protões.

Quando a força de equilíbrio entre prótons e elétrons é perturbado por uma força externa, um átomo pode ganhar ou perder um elétron. Quando os elétrons estão "perdidos" de um átomo, a livre circulação desses elétrons constitui uma corrente elétrica.

Eletricidade
Condutor

eletricidade é uma parte fundamental da natureza e é uma das nossas formas mais usadas de energia.

Obtemos eletricidade, que é uma fonte de energia secundária, a partir da conversão de outras fontes de energia, como o carvão, gás natural, petróleo, a energia nuclear e outras fontes naturais, que são chamados fontes primárias.

Muitas cidades e vilas foram construídas ao lado de cachoeiras (a principal fonte de energia mecânica) que se transformaram rodas d'água para realizar o trabalho.

Antes de geração de energia elétrica começou a pouco mais de 100 anos atrás, as casas eram iluminadas com lâmpadas de querosene, a comida foi resfriada em refrigeradores, e os quartos foram aquecidas por fogões a lenha ou a carvão.

Começando com Benjamin Franklin experimento com uma pipa noite de tempestade, na Filadélfia, os princípios da eletricidade tornou-se gradualmente compreendida.

Em meados de 1800, a vida de todos mudou com a invenção da energia elétrica lâmpada. Antes de 1879, a eletricidade tinha sido utilizado em luzes de arco para iluminação exterior. Invenção da lâmpada elétrica usou para trazer iluminação interior para as nossas casas.

Teoria

Um gerador elétrico (Há muito tempo atrás, uma máquina que a eletricidade gerada foi batizada de "dínamo" termo preferido de hoje é "gerador".) É um dispositivo para converter energia mecânica em energia elétrica. O processo baseia-se na relação entre o magnetismo e eletricidade.

Quando um fio ou de quaisquer outros eletricamente move material condutor através de um campo magnético, uma corrente elétrica ocorre no fio. Os grandes geradores utilizados pela indústria de energia elétrica tem um condutor parado.

Um ímã ligado extremidade de um eixo de rotação está posicionado dentro de um anel condutor estacionário que é envolvido com um pedaço longa e contínua de arame. Quando o ímã gira, ele induz uma pequena corrente elétrica em cada seção do fio medida que passa.

Cada secção do fio constitui uma pequena, condutor separado elétrico. Todas as correntes pequenas de secções individuais adicionar até uma corrente de tamanho considerável.

Esta corrente é o que é usado para energia elétrica. Uma estação de energia elétrica utilitário usa uma turbina, motor, roda d'água, ou máquina similar para conduzir um gerador elétrico ou um dispositivo que converte energia mecânica ou química em eletricidade.

Turbinas a vapor, motores de combustão interna, turbinas de combustão a gás, turbinas hidráulicas e turbinas de vento são os métodos mais comuns para gerar eletricidade.

Como é que um transformador usado? Para resolver o problema de envio de eletricidade ao longo de grandes distâncias, George Westinghouse desenvolveu um dispositivo chamado um transformador.

O transformador de energia elétrica autorizado para ser eficientemente transmitida a longas distâncias. Isso tornou possível para fornecer eletricidade para residências e empresas localizadas longe da planta de geração elétrica.

Apesar de sua grande importância em nossas vidas diárias, a maioria de nós raramente paramos para pensar o que seria a vida sem eletricidade. No entanto, como o ar ea água, que tendem a levar eletricidade para concedido.

Todos os dias, usam a eletricidade para fazer muitas funções para nós - de iluminação e aquecimento / arrefecimento nossas casas, de ser a fonte de energia para televisores e computadores.

A eletricidade é uma forma controlável e conveniente de energia utilizada nas aplicações de calor, luz e poder.

Hoje, os Estados Unidos (EUA) indústria de energia elétrica está organizada para assegurar que um adequado suprimento de eletricidade está disponível para atender todos os requisitos de demanda em um dado instante.

Como é a eletricidade produzida? Um gerador elétrico é um dispositivo para converter a energia mecânica em energia elétrica. O processo baseia-se na relação entre o magnetismo e eletricidade.

Quando um fio ou de quaisquer outros eletricamente move material condutor através de um campo magnético, uma corrente elétrica ocorre no fio.

Os grandes geradores utilizados pela indústria de energia elétrica tem um condutor parado. Um ímã ligado à extremidade de um eixo de rotação está posicionado dentro de um anel condutor estacionário que é envolvido com um pedaço longa e contínua de arame.

Quando o ímã gira, ele induz uma pequena corrente elétrica em cada secção do fio à medida que passa. Cada secção do fio constitui uma pequena, condutor separado elétrico.

Todas as correntes pequenas de secções individuais adicionar até uma corrente de tamanho considerável. Esta corrente é o que é usado para energia elétrica.

Como são usadas as turbinas para gerar eletricidade?

Eletricidade
Gerador da turbina

Uma estação de energia elétrica utilitário usa uma turbina, motor, roda d'água, ou máquina similar para conduzir um gerador elétrico ou um dispositivo que converte energia mecânica ou química em eletricidade.

Turbinas a vapor, motores de combustão interna, turbinas de combustão a gás, turbinas hidráulicas e turbinas de vento são os métodos mais comuns para gerar eletricidade. A maior parte da eletricidade nos Estados Unidos é produzido em turbinas a vapor.

Uma turbina converte a energia cinética de um fluido em movimento (líquido ou gás) em energia mecânica. Turbinas a vapor tem uma série de lâminas montadas sobre um veio contra a qual o vapor é forçado, assim rodar o veio ligado ao gerador.

Em uma turbina a vapor de energia fóssil, o combustível é queimado em um forno para aquecer a água numa caldeira para produzir vapor. Carvão, petróleo (petróleo) eo gás natural são queimados em grandes fornos para aquecer a água para gerar vapor, que por sua vez, empurra as pás de uma turbina.

Você sabia que o carvão é a maior fonte única de energia primária utilizada para gerar eletricidade nos Estados Unidos?

Em 1998, mais da metade (52%) de 3,62 trilhões no concelho kilowatthours de eletricidade usada carvão como fonte de energia.

O gás natural, além de ser queimado para aquecer a água para o vapor, também pode ser queimado para produzir gases de combustão quentes que passam diretamente através de uma turbina, girando as lâminas da turbina para gerar eletricidade.

As turbinas a gás são comumente usados quando o uso da companhia de eletricidade está em alta demanda. Em 1998, 15% da eletricidade do país foi alimentado por gás natural. Petróleo também pode ser usado para produzir vapor para transformar uma turbina.

Óleo combustível residual, um produto refinado a partir do petróleo bruto, é muitas vezes produto de petróleo usado em usinas elétricas que usam o petróleo para fazer vapor.

Petróleo foi usado para gerar menos de três por cento (3%) de toda a eletricidade gerada em usinas termelétricas dos Estados Unidos em 1998. A energia nuclear é um método no qual o vapor é produzido por aquecimento de água através de um processo chamado de fissão nuclear.

Em uma usina de energia nuclear, um reator contém um núcleo de combustível nuclear, o urânio enriquecido principalmente. Quando os átomos de urânio são atingidos por nêutrons que de fissão (divisão), liberando calor e mais nêutrons.

Sob condições controladas, esses nêutrons pode atingir outros átomos de urânio mais, dividindo átomos mais, e assim por diante. Desse modo, a cisão contínua pode ter lugar, formando uma reação em cadeia liberando calor.

O calor é utilizado para converter água em vapor, que, por sua vez, gira uma turbina que gera eletricidade. A energia nuclear é utilizada para gerar 19% de toda a eletricidade do país.

A energia hidroelétrica, a fonte para 9% dos EUA geração de eletricidade, é um processo no qual a água flui é usado para girar uma turbina conectada a um gerador. Existem dois tipos básicos de sistemas hidrelétricos que produzem energia elétrica.

No primeiro sistema, que flui a água acumula-se reservatórios criados através da utilização de barragens. A água cai através de um tubo chamado um penstock e aplica pressão contra as pás da turbina de conduzir o gerador para produzir eletricidade.

No segundo sistema, chamado executar-de-rio, a força da corrente rio (em vez de queda de água) aplica-se pressão para as pás da turbina para produzir eletricidade.

OUTRAS FONTES GERADORAS

A energia geotérmica vem de energia de calor enterrado sob a superfície da terra. Em algumas áreas do país, o magma (matéria fundido sob a crosta terrestre) flui perto o suficiente para a superfície da terra para aquecer a água subterrânea em vapor, que pode ser aproveitado para uso em plantas de turbina a vapor. Esta fonte de energia gera menos de 1% da eletricidade do país.

A energia solar é derivado a partir da energia do sol. No entanto, a energia solar não está disponível em tempo integral e é bastante dispersas.

Os processos utilizados para produzir eletricidade utilizando a energia solar tem sido historicamente mais caro do que o uso de combustíveis fósseis convencionais. Conversão fotovoltaica gera energia elétrica diretamente da luz do sol em uma célula (solar) fotovoltaica.

Solar-térmico geradores elétricos usar a energia radiante do sol para produzir vapor para turbinas de unidade. Menos de 1% da eletricidade do país é baseada em energia solar.

A energia eólica é derivado a partir da conversão da energia contida no vento em eletricidade. A energia eólica como o sol, geralmente é uma fonte cara de produção de eletricidade, e é usado por menos de 1% da eletricidade do país. Uma turbina de vento é semelhante a um moinho de vento típico.

Biomassa (madeira, resíduos sólidos urbanos (lixo) e resíduos agrícolas, como espigas de milho e palha de trigo, são algumas outras fontes de energia para produzir eletricidade.

Estas fontes de substituir os combustíveis fósseis na caldeira. A combustão de madeira e resíduos cria vapor que é geralmente usado em vapor convencionais elétricos plantas. contas de biomassa para menos de 1% da eletricidade produzida nos Estados Unidos.

Eletricidade
Linha de transmissão

A eletricidade produzida por um gerador de viaja ao longo de cabos a um transformador, que muda de eletricidade a partir de baixa tensão para alta tensão.

Eletricidade pode ser movida a longas distâncias mais eficientemente utilizando alta tensão. As linhas de transmissão são usados para transportar a eletricidade para a subestação.

Subestações têm transformadores que mudam a eletricidade de alta tensão em eletricidade baixa tensão. A partir da subestação, linhas de distribuição levar a energia elétrica para residências, escritórios e fábricas, que necessitam de energia elétrica de baixa tensão.

COMO É MEDIDO DE ELETRICIDADE?

Eletricidade é medida em unidades de potência chamados watts. Foi nomeado para homenagear James Watt , o inventor do motor a vapor . Um watt é uma quantidade muito pequena de energia.

Seria necessário cerca de 750 watts para igualar uma potência. Um quilowatt representa 1.000 watts. Um quilowatt-hora (kWh) é igual à energia de 1.000 watts de trabalho durante uma hora.

A quantidade de eletricidade uma central elétrica gera ou um cliente utiliza mais de um período de tempo é medido em kilowatthours (kWh).

Kilowatthours são determinados multiplicando o número de kW é exigido pelo número de horas de utilização. Por exemplo, se você usar uma lâmpada de 40 watts 5 horas por dia, você já usou 200 watts de potência, ou .2 kilowatthours de energia elétrica.

História da Eletricidade

Ciência elétrica foi estabelecido na época elizabetana

A fundação da ciência moderna elétrica foi definitivamente estabelecida na época elizabetana.

Eletricidade 
Gerador de Otto von Guericke do eletricty estática - 1660

História da Eletricidade - William Gilbert

A história da eletricidade começa com William Gilbert , um médico que serviu a rainha Elizabeth o primeiro da Inglaterra. Antes de William Gilbert, tudo o que se sabia sobre eletricidade e magnetismo foi que a magnetita possuía propriedades magnéticas, e que esfregar âmbar e jato iria atrair pedaços de coisas para começar a degola.

Em 1600, William Gilbert publicou seu tratado De Magnete, Magneticisique Corporibus (sobre o ímã). Impresso em latim erudito, o livro explica anos de pesquisa de Gilbert e experimentos sobre eletricidade e magnetismo. Gilbert despertou o interesse na nova ciência muito. Foi Gilbert quem cunhou a expressão "eletrica" em seu famoso livro.

História da Eletricidade - Inventores primeiros

Inspirado e educado por William Gilbert vários inventores europeus, Otto von Guericke da Alemanha, Charles François Du Fay da França, e Stephen Gray, da Inglaterra, ampliou o conhecimento. Otto von Guericke provou que um vácuo poderia existir.

Criando um vácuo era essencial para todos os tipos de novas pesquisas em eletrônica. Em 1660, Otto von Guericke inventou uma máquina que produzia eletricidade estática, este foi o primeiro gerador elétrico.

Em 1729, Stephen Gray descobriu o princípio da condução da eletricidade. Em 1733, Charles François du Fay descobriu que a eletricidade vem em duas formas que ele chamou de resinosas (-) e vítreo (+), agora chamados negativo e positivo.

História da Eletricidade - garrafa de Leyden

A garrafa de Leyden foi o capacitor original, um dispositivo que armazena e libera uma carga elétrica. (No tempo que a eletricidade foi considerado o fluido misterioso ou força.) A garrafa de Leyden foi inventado na Holanda em 1745 e na Alemanha quase que simultaneamente.

Tanto o físico holandês Pieter van Musschenbroek e clérigo alemão e cientista, Ewald Christian Von Kleist inventou uma garrafa de Leyden. Quando Von Kleist tocado pela primeira vez a sua garrafa de Leyden ele recebeu um forte choque que derrubou-o no chão.

A garrafa de Leyden foi nomeado após Musschenbroek cidade e Universidade de Leyden, por Abbe Nolett, um cientista francês, quem primeiro cunhou o termo "garrafa de Leyden". O frasco foi chamado uma vez a jarra Kleistian após Von Kleist, mas este nome não pegou.

História da Eletricidade - Ben Franklin

Ben Franklin descoberta importante foi que a eletricidade e os relâmpagos eram uma ea mesma coisa. Relâmpago Ben Franklin vara foi a primeira aplicação prática da eletricidade. História da Eletricidade - Henry Cavendish & Luigi Galvani

Henry Cavendish da Inglaterra, da França Coulomb, e Luigi Galvani da Itália fez contribuições científicas no sentido de encontrar usos práticos para eletricidade.

Em 1747, Henry Cavendish começou a medir a condutividade (a capacidade de transportar uma corrente elétrica) de diferentes materiais e publicou seus resultados.

Em 1786, médico italiano Luigi Galvani demonstrou o que agora entendemos ser a base elétrica dos impulsos nervosos. Galvani fez twitch músculos sapo por sacudir-los com uma centelha de uma máquina eletrostática. 

Na sequência dos trabalhos de Cavendish e Galvani, veio um grupo de cientistas e inventores importantes, incluindo: Alessandro Volta da Itália, Hans Oersted da Dinamarca, Andre ampères da França, Georg Ohm da Alemanha, Michael Faraday da Inglaterra, e Joseph Henry da América.

História da Eletricidade - O trabalho de Joseph Henry

Joseph Henry era um pesquisador no campo da eletricidade, cujo trabalho inspirou inventores.

Joseph Henry era um pesquisador no campo da eletricidade, cujo trabalho inspirou inventores.

Biografia Joseph Henry

Eletricidade 
Joseph Henry - cientista americano importante e primeiro diretor da Smithsonian Institution

Em 1799, Joseph Henry nasceu em Albany, Nova York. Ele foi educado na Academia de Albany (hoje Princeton University). Com o intuito de se tornar um médico, ele estudou ciências naturais.

Em 1824, Joseph Henry foi contratado como engenheiro assistente em uma equipe de pesquisa para uma estrada do Estado, trezentos quilômetros de extensão, entre o rio Hudson e Lago Erie.

A experiência mudou o rumo da sua carreira, ele decidiu estudar engenharia civil e mecânica, em vez da medicina.

Trabalhar com ímãs

Primeira descoberta Joseph Henry foi que o poder de um ímã poderia ser imensamente reforçado enrolando-o com fios isolados.

Ele foi a primeira pessoa a fazer um ímã que poderia levantar três mil e quinhentos quilos de peso. Joseph Henry mostrou a diferença entre "quantidade" ímãs compostos de pequenos comprimentos de fios ligados em paralelo e animado por algumas células grandes, e "intensidade" ímãs enrolada com um único fio longo e animado por uma bateria composta de células em série.

Esta foi uma descoberta original, aumentando tanto a utilidade imediata do magneto e suas possibilidades para experimentos futuros. Michael Faraday , William Sturgeon , e outros inventores foram rápidos em reconhecer o valor das descobertas Joseph Henry.

Sturgeon magnanimamente disse: "Professor Joseph Henry foi ativado para que possa produzir uma força magnética que eclipsa totalmente todos os outros nos anais todo o magnetismo, e não paralela pode ser encontrada desde a suspensão milagrosa do impostor célebre Oriental em seu caixão de ferro."

Indução Auto

Joseph Henry descobriu o fenômeno da auto indução e indução mútua. Em sua experiência, uma corrente enviada através de um fio no segundo andar de as correntes induzidas de construção através de um fio semelhante na adega dois andares abaixo.

Telégrafo

Um telégrafo era uma invenção que no início comunicada mensagens à distância por um fio usando a eletricidade que mais tarde foi substituído pelo telefone.

A telegrafia palavra vem do grego tele palavras o que significa distante e grapho que significa escrever. As primeiras tentativas de enviar sinais por eletricidade (telégrafo) tinha sido feito muitas vezes antes de Joseph Henry tornou-se interessado no problema.

William Sturgeon da invenção do eletroímã incentivado pesquisadores na Inglaterra para experimentar com o eletroímã.

Os experimentos falharam e só produziu atual que enfraqueceu depois de algumas centenas de metros.

Base Para o telégrafo elétrico

No entanto, Joseph Henry amarrado a uma milha de fio fino, colocou uma "intensidade" da bateria em uma extremidade, e fez a greve de armadura de um sino na outra. Joseph Henry descobriu os mecanismos essenciais por trás do telégrafo elétrico.

Esta descoberta foi feita em 1831, um ano antes de Samuel Morse inventou o telégrafo. Não há controvérsia sobre quem inventou o telégrafo em primeiro lugar. Isso foi feito Samuel Morse, mas a descoberta que motivou e permitiu Morse inventar o telégrafo foi feito Joseph Henry.

Em próprias palavras Joseph Henry: "Este foi a descoberta primeiro o fato de que uma corrente galvânica poderia ser transmitido a uma grande distância com tão pouco diminuição uma da força de modo a produzir efeitos mecânicos, e do meio pelo qual a transmissão poderia ser realizado . eu vi que o telégrafo elétrico foi agora possível.

Eu não tinha em mente qualquer forma particular de telégrafo, mas referia-se apenas ao fato de em geral, que foi agora demonstrado que uma corrente galvânica poderia ser transmitida a grandes distâncias, com poder suficiente para produzir efeitos mecânicos adequados ao objeto desejado. "

Motor Magnético

Joseph Henry próximo virou-se para projetar um motor magnético e conseguiu fazer um motor alternativo-bar, em que ele instalou o primeiro pólo automática changer, ou comutador, sempre usado com uma bateria elétrica.

Ele não teve sucesso em produzir movimento rotativo direto. Seu bar oscilou como o feixe andando de um barco a vapor.

Joseph Henry - Professor de Filosofia Natural

Em 1839, Joseph Henry foi apontado como o professor de Filosofia Natural na Universidade de Princeton. Lá, ele repetiu suas experiências antigas em maior escala.

Ele confirmou experimento Steinheil de usar a terra como condutor de retorno, mostrou como uma corrente fraca seria reforçada, e como um pequeno ímã pode ser usado como um fabricante de circuito e disjuntor, os princípios usados mais tarde para o relé de telégrafo e do dínamo.

Joseph Henry - Pesquisador Versus Inventor

Joseph Henry foi mais de um pesquisador, ao invés de um inventor. Ele afirmou que "eu nunca me tentaram reduzir os princípios para a prática, ou aplicar qualquer das minhas descobertas de processos nas artes.

Toda a minha atenção exclusiva dos meus deveres para com a faculdade, foi dedicado a investigações científicas originais, e deixei para outros o que eu considerava de importância subordinada, a aplicação de minhas descobertas para fins úteis nas artes. " Joseph Henry também estava desinteressado na aplicação de quaisquer patentes.

Smithsonian Institution

A Smithsonian Institution foi fundada em Washington em 1846, e Joseph Henry foi o seu diretor executivo até sua morte em 1878.

Joseph Henry - Conquistas Outros

Joseph Henry fez meteorologia uma ciência e fez o mapa do tempo em primeiro lugar. Ele emitiu previsões do tempo com base no conhecimento definitivo e não em cima dos sinais.

Ele melhorou luzes marítimas e petardos hoje. Apesar de Joseph Henry foi elaborado em uma polêmica com Samuel Morse sobre o crédito pela invenção do telégrafo , ele usou sua influência para proteger patentes de Morse .

Joseph Henry aconselhou Alexander Graham Bell , quando Bell teve primeiramente a idéia de que os fios elétricos poderá levar a voz humana. Henry incentivou Bell a prosseguir com seus experimentos.

Alexander Graham Bell escreveu que Joseph Henry considerou as ideias de Bell foram o início de uma grande invenção.

Bell disse Henry, que enfrentou problemas mecânicos e que não tinha o conhecimento elétrica necessária para superar essas dificuldades.

O que é carga elétrica?

Carga elétrica, também chamado de "a quantidade de eletricidade," é um componente funamental da matéria todos os dias. Os objetos são feitos de moléculas e átomos, os átomos são feitos de prótons, nêutrons e elétrons e os prótons e elétrons são feitas na parte de carga elétrica.

Carga elétrica é uma substância semelhante. Se você tem uma quantidade de carga, você não pode destruí-lo, você só pode movê-lo de lugar para lugar. Um fluxo de carga elétrica é chamado de "corrente elétrica".

Aqui está um problema interessante. Carga elétrica, uma vez tinha um nome diferente. Era chamado de "eletricidade" por quase todos os cientistas ao longo da história. Eles diziam coisas como "carga de eletricidade negativa" ou "carga de eletricidade positiva".

Eles chamaram correntes elétricas pelo nome de "fluxos de eletricidade". Eventualmente, eles mudaram o nome e deixou de usar a palavra "eletricidade". Eles o chamaram de "carga elétrica", ou simplesmente "carga".

No entanto, a quantidade de idade de definição eletricidade ainda é usado por Britannica, eo Manual do CRC, e as unidades SI definições de NIST.

O que é energia elétrica?

Cada um deles é uma espécie de energia elétrica:

Raios X Luz Microondas Os sinais de rádio Sinais de telefone

Estes cinco coisas realmente são exatamente o mesmo, apenas a freqüência deles é diferente. Podemos acrescentar mais dois itens da lista acima. Linhas de energia levar a "coisas" mesmo que acima, mas a freqüência é ainda menor, é de 60 ciclos por segundo (50Hz na Europa.) E baterias produzem as "coisas" mesmo, mas a frequência nesse caso é quase zero.

Permite adicioná-los à lista:

- Raios X
- Luz
- Microondas
- Os sinais de rádio
- Sinais de telefone
- 60Hz de energia a partir de geradores Electric Company
- DC energia das baterias

A energia elétrica é também chamada de "energia eletromagnética" ou "energia EM" ou "vibrações eletromagnéticas."

A energia elétrica é um tipo de energia das ondas, e essas ondas de energia, sempre se mover muito rapidamente (que geralmente se mover na velocidade da luz.) Quando você ligar um interruptor de parede, as lâmpadas acendem instantaneamente porque a energia elétrica se move tão rápido .

A energia elétrica é uma combinação de duas coisas: campos magnéticos e campos eletrostáticos. A energia elétrica pode ser guiado por fios, mas também pode viajar através do espaço sem quaisquer fios. Por exemplo, se moverá um ímã de barra perto de uma bobina de fio, a energia elétrica produzida pelo ímã em movimento irá saltar para a bobina mesmo que o ímã não tocou na bobina.

Outro exemplo: se vamos construir uma antena que é cerca de 5000 km de comprimento, podemos ligá-lo em uma tomada de parede, ea energia elétrica será transmitido para o espaço e perdeu. Não há diferença básica entre "os sinais de rádio" e "poder AC", apenas a freqüência deles é diferente.

O que são elétrons?

Questão cotidiana é composta de átomos, certo? Mas os átomos são compostos de prótons, nêutrons e elétrons. Isto diz-nos que os átomos são padrões, e que esse assunto todos os dias é apenas um grupo grande de prótons, nêutrons e elétrons. Elétrons são uma parte natural da matéria todos os dias.

QUESTÃO ESTÁ CHEIO DE ELÉTRONS. Isto é importante, porque quando uma corrente elétrica aparece em um fio de cobre, os elétrons já presentes no interior do cobre são forçados a fluir. Tanto quanto os fios estão em causa, "corrente elétrica" significa "elétrons do cobre começam a fluir."

Aqui está a parte mais importante: baterias e geradores não colocar esses elétrons nos fios. Os elétrons já estavam lá, porque os fios são feitos em parte de elétrons. Quando você conectar uma lâmpada em uma tomada AC, os elétrons já estão dentro os fios de cobre são forçados a vibrar e para trás.

Uma analogia: se o som é como a energia elétrica, em seguida, as moléculas de ar são como elétrons. Como as ondas sonoras viajam? Eles estão viajando vibrações no ar. Como as viagens de energia elétrica? É uma vibração que viaja na "nuvem de elétrons" dentro dos metais.

Uma analogia: Se a carga é como o ar, a corrente elétrica é como o vento. Ou se carga é como a água, em seguida, a corrente elétrica é como "litros por segundo" do fluxo de água.

O que é um desequilíbrio de carga?

Os objetos são a matéria e, entre outras coisas, a matéria é feita a partir de uma combinação de positivo e negativo carga elétrica. Quando as quantidades de carga positiva e negativa não são perfeitamente iguais, há um desequilíbrio de carga.

Um desequilíbrio de carga é comumente chamado de "eletricidade estática", mas isso pode ser enganosa, porque não há nada realmente "estática" sobre ele. Se um desequilíbrio de carga devem fluir ao longo ... ainda é um desequilíbrio, é ainda "eletricidade estática".

O que é um campo elétrico?

Quando as cargas positivas atrair cargas negativas, existe um campo elétrico que une os encargos em conjunto. Os campos elétricos são muito parecidos com o magnetismo. Ambos são invisíveis, contêm "linhas de força", e ambos podem chegar através do espaço vazio e fazer coisas para atrair ou repelir.

No entanto, os campos elétricos não são magnéticos. Eles são uma coisa totalmente diferente do que magnetismo. Os pólos de um ímã são cercados por um campo magnético, mas como vamos criar um campo elétrico? Basta esfregar um balão em seu cabelo! Objetos carregados criar campos elétricos em muito da mesma forma que os pólos magnéticos criar campos magnéticos. Então, o que é um campo elétrico?

Uma resposta: norte e sul pólos magnéticos criar campos magnéticos, enquanto positivos e negativos postes elétricos criar campos elétricos.

O que é tensão ?

"Tensão" ou "potencial elétrico" é uma maneira que podemos medir um campo elétrico . Para produzir uma voltagem muito alta, esfregue um balão em sua cabeça, ou chinelo de seus sapatos no chão quando a umidade é muito baixa.

Campos elétricos podem empurrar ou puxar sobre cargas elétricas, as forças de modo elétricos são causados por tensão (ou em vez podemos dizer que as forças de tensão e elétrica são causados por campos elétricos.)

Em um circuito na bateria, a voltagem da bateria faz com que os encargos da fio de fluxo. TENSÃO causas atuais. Algumas pessoas gostam de dizer que a tensão é uma espécie de "pressão elétrica".

Isso é quase certo (é correta, tanto quanto a escola primária está em causa, mas em aulas de física, vamos aprender que a tensão não é pressão, não exatamente.)

O que é energia elétrica?

"A energia elétrica" ??significa "taxa de fluxo de energia elétrica." Se a energia elétrica era como água, energia elétrica, em seguida, seria a de litros por segundo.

A energia é medida em Joules, e quando o fluxo de energia, o fluxo é medido em Joules por segundo. O que é um watt? A palavra "Watt" é apenas outra maneira de dizer "Joule por segundo." A energia vem em Joules, enquanto o poder vem em Joules por segundo.

A parte mais importante: enquanto a energia é muito parecido com um material, o poder não é. O poder é um fluxo de energia, ou uma taxa de utilização de energia. Podemos armazenar energia elétrica, mas a energia elétrica não é algo que está sempre armazenado. (Pense desta forma: podemos armazenar galões de água, mas é impossível armazenar qualquer "litros por segundo de água").

O que é uma faísca ?

Uma faísca elétrica é um volume de ar que foi eletricamente convertido a partir de um gás num plasma, o quarto estado da matéria. Embora o plasma pode ser criado por temperaturas elevadas, ele pode também ser criado eletricamente quando uma alta tensão solta puxa os elétrons exteriores das moléculas de ar.

Faíscas são feitos de ar brilhante, e a cor da faísca depende do tipo de gases envolvidos. Faíscas em nitrogênio / oxigênio são azul-violeta, enquanto faíscas em Neon são vermelho / laranja. (Sim, o brilho dentro de um sinal de néon é uma espécie de centelha de baixa pressão difusa.)

Além disso, as faíscas são condutoras. Uma vez formadas, elas podem conter uma corrente elétrica em muito da mesma maneira que um arame pode. Em muitos aspectos, uma faísca é como um pouco de ar, que foi transformado em um fio elétrico.

Quando você assiste a uma tempestade, imaginar que as nuvens estão jogando fora os fios altamente carregadas que vai explodir se eles tocarem o solo. Ou ao assistir uma bobina de Tesla, não se esqueça de que as fitas brilhantes fractais são condutores com alternância dentro atual.

Faíscas podem saltar em qualquer direção, independentemente da polaridade, e podem pular de um eletrodo tanto DC ou um eletrodo AC. Eles podem começar em um eletrodo negativo DC e saltar para o positivo.

Ou eles podem começar no positivo e ir para o neg. Eles podem até mesmo começar no ar entre dois eletrodos e para fora propagação em ambas as direções.

Faíscas no ar envolvem avalanches de elétrons das moléculas de ar, mas também envolvem fótons de luz ultravioleta.

O forte campo eletrostático na ponta de uma faísca provoca moléculas de ar próximas a quebrar em elétrons e íons separados como um elétron greves moléculas livres e lançamentos mais elétrons em uma avalanche. Ar se transforma em plasma.

Mas também os elétrons capturados por átomos podem emitir fótons ultravioleta, e se esta luz é absorvida pelas moléculas de ar próximas, pode derrubar os elétrons e espalhar o plasma que forma. (E se os raios gama ou partículas beta de radioatividade de fundo deve atingir uma faísca crescendo, eles podem crescer muito mais rápido como uma centelha gama / Beta, em vez de uma faísca UV / eletrônica, pelo processo de Distribuição Runaway.)

O que é eletromagnetismo?

"Eletromagnetismo" normalmente significa "energia elétrica" ??ou "campos eletromagnéticos".

O que é ciência elétrica?

Ciência elétrica é o estudo dos efeitos elétricos ... e efeitos elétricos são causados por cargas elétricas e pelos campos elétricos e magnéticos associados acusações. Ciência elétrica é dividido em seções chamadas Eletrodinâmica, Eletrostática, Magnetismo e mecânica EM onda.

Ciência elétrica é muitas vezes chamado de "eletricidade", que pode ser confuso. Por exemplo, o estudo de raios é o estudo da ciência elétrica, de modo que o estudo do relâmpago é o estudo de "energia". Mas isso não significa que o raio é "feito" de eletricidade. Quando estudamos um raio, estamos estudando um tema ciência, e não estamos estudando uma substância chamada "eletricidade".

Poderia ser melhor se a ciência elétrica tinha algum nome diferente de "eletricidade". Depois de tudo, no estudo da luz não é chamado a luz. É chamado de óptica.

Ninguém pensa que as lentes e lâmpadas são feitas de luz, já que sempre que estudar lentes e lâmpadas, estudamos "óptica". Ótica é obviamente um tópico ciência.

Mas muita gente acha que o raio é feito de energia elétrica, uma vez que sempre que estudar raios, estudamos um tópico chamado ciência Eletricidade, e a maioria das pessoas imagina que estamos estudando uma substância chamada "eletricidade". que parece azul-branco fogo que atinge todo o céu.

"Eletricidade" ou Ciência Elétrica é confuso de outra maneira. Este tópico ciência é dividida em duas seções chamadas Eletrostática (o estudo de carga e tensão), e Eletrodinâmica (o estudo dos campos atuais e de mudança.).

Muitas pessoas se convenceram de que existem dois tipos de energia elétrica: estático e atual.

Errado.

Na verdade, existem dois tipos de ciência elétrica: eletrostática e electrodynam ICS. Uma vez que "a ciência elétrica" é chamado de "eletricidade", podemos dizer que os dois tipos de eletricidade são estáticos e atual.

O que queremos dizer é que os dois tipos de ciência elétrica são o estudo da carga e do estudo de carga-fluxo. Veja o que está acontecendo aqui? Um campo da ciência tem sido confundida com um tipo de energia! E os dois campos da ciência, da estática e dinâmica, ter sido confundido com dois tipos distintos de energia.

Quantos K-6 livros insistem que a "eletricidade estática" e "eletricidade atual" são as duas principais formas de energia? Esta é uma distorção estranha que provavelmente surgiu durante muitos anos de mal-entendidos.

O que eles querem dizer é que existem dois tipos de ciência elétrica, uma lidando com carga e tensão, ea outra negociação com correntes e circuitos. Dois tipos de "eletricidade", onde a palavra "eletricidade" significa ciência elétrica.

O que é eletrodinâmica?

Eletrodinâmica é um campo da ciência e uma classe de fenômenos que envolve corrente elétrica, campos magnéticos, e atraentes / repulsivas forças magnéticas. O estudo de geradores, motores, circuitos, correntes elétricas, etc, cai sob o título de "eletrodinâmica."

O que é eletrostática?

Eletrostática é um campo da ciência e uma classe de fenômenos que envolve as partículas subatômicas carregadas, a carga elétrica líquida, tensão elétrica, campos elétricos e atraentes / repulsivas forças elétricas.

O que são fenômenos elétricos?

"Fenômeno Elétrica" significa "acontecimento elétrica." Quando você ligar uma lanterna, que é um fenômeno elétrico. Durante uma tempestade, o trovão é um fenômeno elétrico e os flashes de luz são fenômenos elétricos.

Infelizmente, a "eletricidade" significa "fenômeno elétrico." Isso causa confusão, porque as faíscas, fios, baterias, correntes e tensão são todos os fenômenos elétricos, por isso são formas de eletricidade. Veja o que eu disse? Baterias são eletricidade. Faíscas são eletricidade. Fluxos de elétrons são eletricidade.

Mas estas não são afirmações tão estranhas. Afinal, transistores e rádios e computadores são eletrônicos. Quando ouvimos falar sobre "eletrônica", que não acaba pensando que "eletrônica" é uma espécie de energia invisível estranho que está escondido dentro do nosso computador. A palavra "eletrônica" felizmente tem um significado claro.

Não é assim com "fenômenos elétricos" ou "energia elétrica". Se alguém lhe disser que os motores são eletricidade, você provavelmente vai ter a idéia correta (motores são energia elétrica, assim como os transistores são eletrônicos.)

Mas se alguém lhe diz que o raio é eletricidade, ou que as correntes elétricas são eletricidade, você provavelmente não vai decidir que raios e correntes cair sob o título de fenômenos elétricos. Em vez disso, você provavelmente vai decidir que as correntes e iluminação são feitas de "eletricidade", e que "eletricidade" é uma substância muito estranha.

William J. Beaty

Fonte: es.wikipedia.com/www.abcdaenergia.com/br.geocities.com/amasci.com

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal