Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Endometriose  Voltar

Endometriose

 

Endometriose é uma condição debilitante e crônica que ataca 1 em cada 10 mulheres em idade reprodutiva.

É uma doença que se caracteriza pela presença do endométrio (o tecido que reveste o útero por dentro e se descama durante menstruação) com a presença desse tecido fora do útero.

Ha muitos sintomas de endometriose. Os mais comuns são: dismenorreia , dispareunia e dor pélvica.

Os sintomas variam e são diferentes entre as pacientes. É uma das principais causas de infertilidade.

Os tratamentos médicos podem ser categorizados em analgésicos que tratam a dor sintomaticamente e tratamentos hormonais.

Por Portal São Francisco

O que é

Quando é detectado tecido endometrial, isto é, tecido da parte interna do útero, fora da cavidade uterina, o diagnóstico é de endometriose.

Não existe ainda uma explicação para a doença, somente algumas suspeitas.

Uma delas seria que durante o ciclo menstrual, as células do endométrio atravessariam via trompas de Falópio para a cavidade peritoneal abdominal, permanecendo por ali.

Em uma segunda teoria, a doença seria causada por mudanças no sistema imunológico do organismo ou ainda, seria um problema de origem genética.

Os sintomas da endometriose

Os principais sintomas da endometriose são: dor pélvica crônica, sensação forte de dores durante ou depois do ato sexual (dispareunia), dor pélvica cíclica, que pode acontecer antes e durante o ciclo menstrual (dismenorreia), dor forte no momento de urinar, dor na região lombar baixa, sensação de desconforto abdominal.

Como é diagnosticada a doença

Normalmente, o médico pede uma laparoscopia, que se trata de uma pequena cirurgia ambulatorial, em que uma câmera é colocada na cavidade abdominal passando pelo umbigo, e através dela são identificadas as lesões e qual a gravidade da doença.

Também é retirado um pequeno fragmento de tecido, e com ele é feito o exame anatomopatológico. Este exame dá um diagnóstico muito preciso.

Endometriose

O tratamento da endometriose

A idade, no caso da endometriose, faz a diferença, quanto ao tratamento a ser utilizado, a extensão da doença, a gravidade dos sintomas e os planos da paciente quanto a ter um filho ou não.

O tratamento pode começar com a observação daqueles pacientes que não apresentam sintomas e não pretendem ter filhos, neste caso, são receitados analgésicos para acabar com as dores de intensidade moderada, o ciclo menstrual é interrompido com ACO, é aconselhado o uso de progesterona diariamente, e ainda são prescritos remédios que inibem o funcionamento dos ovários.

Também são destruídos o tecido endometrial, através de uma cirurgia, tirando todas as lesões e restaurando a anatomia pélvica, o quanto é possível.

Quando é feita a ressecção das lesões via laparoscopia, as chances das mulheres de engravidar aumentam. A vontade de ser ou não mãe será o fator de maior importância na hora de decidir qual será o tratamento aplicado.

Endometriose
Endometriose

Prevenção da endometriose

Infelizmente, a endometriose faz parte daquela lista de doenças que não são possíveis de prevenir. Ela costuma afetar as mulheres no período reprodutivo, e o número de casos é menor entre aquelas que usam os anticoncepcionais orais para evitar a gestação.

Para esclarecer melhor as dúvidas sobre a doença, se tiver qualquer suspeita, procure o seu médico. Ele dará mais detalhes sobre os sintomas, como por exemplo, como identificar a dor da endometriose e não confundi-la com cólica menstrual ou quais os efeitos colaterais provocados pelo medicamento de controle da doença.

Fonte: www.dicasdesaude.info

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal