Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Engenharia Civil  Voltar

Engenharia Civil

 

A Engenharia Civil forma profissionais para projetar, gerenciar e acompanhar todas as etapas de uma construção ou reforma, tais como como casas, edifícios, pontes, viadutos, estradas, barragens, canais e portos.

Ao longo de sua trajetória milenar pelo planeta, o homem tem deixado em sua esteira obras de engenharia imorredouras. O Colosso de Rhodes, na Grécia, as pirâmides do Egito e a Muralha da China são apenas alguns exemplos dessa habilidade. Hoje, integram esse portfolio secblockquotear barragens gigantescas, edifícios com mais de 300 metros de altura, aeroportos, pontes, rodovias, intermináveis túneis e metrôs – além, é claro, de casas. Por trás de todas essas obras está a Engenharia Civil, atividade tão antiga, pode-se dizer, quanto a própria civilização.

A formação do engenheiro civil o habilita a atuar em cinco grandes áreas: construção, estruturas, geotecnia, hidráulica e saneamento e transportes. Ele é o profissional responsável por projetar, construir, operar e manter edificações, meios de transporte, equipamentos urbanos e obras de aproveitamento energético, saneamento e segurança ambiental. Ainda, em vista de sua formação abranger diversas áreas do conhecimento, os engenheiros civis podem atuar em instituições financeiras, nas áreas de administração e gerenciamento dos mais diversos setores da indústria.

Com possibilidades tão variadas de atuação, o engenheiro civil tem facilidade em encontrar um emprego no mercado de trabalho. Não se pode esquecer que, também em função da sua formação, ele está apto a se tornar um empresário, criando sua própria empresa para atuar no setor da construção civil.

O engenheiro civil recebe uma formação plena, podendo atuar em qualquer uma das cinco grandes áreas citadas. Entretanto, desejando ampliar seus conhecimentos em uma área específica, e aumentando suas condições de competir no mercado de trabalho, ele pode fazer cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado e doutorado). As ofertas são amplas na própria Unesp e em outras instituições de ensino superior.

O curso

Disciplinas como matemática, física, estatística, desenho e lógica são o forte do currículo. Portanto, prepare-se para exercitar suas habilidades em cálculo e desenho.

Há atividades em laboratório e matérias das áreas de administração e economia que ensinam técnicas e métodos de gerenciamento de projetos e equipes.

Nos três anos finais, você cursa disciplinas mais ligadas às áreas de especialização escolhidas: estruturas, construção civil, hidráulica e saneamento, transportes ou geotecnia.

Para obter o diploma, o estágio é obrigatório.

Em algumas escolas, também se exige um trabalho de conclusão de curso.

Há instituições que oferecem formação direcionada a uma habilitação, como estruturas e fundações ou transportes.

O curso tem em média duração de cindo anos.

Tendo no seu currículo no mínimo as seguintes matérias: matemática, quimica, processamento de dados, desenho, eletricidade, resistência dos materiais, fenômenos da transporte, ciências sociais, economia, administração, ciências do ambiente, topologia, mecânica dos solos, hidrologia aplicada, hidráulica, teoria das estruturas, materias de construção civil, sistemas estruturais, transporte básicos e construção civil.

Podendo se especializar nas seguintes áreas: transporte, mecânica dos solos, saneamento, hidráulica, construção civil, estruturas e fundações.

Tendo que ter 360 horas de estágio obrigatório.

Para que possa exercer a profissão além do diploma, é claro, o engenheiro civil deve, antes, obter a habilitação concedida pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea).

Conteúdo

Cálculo e desenho de estruturas em três dimensões são atividades que fazem parte da rotina do curso. Matemática, Física, Química, Estatística e Topografia; Mecânica dos Fluídos, Resistência dos Materiais e Hidráulica, além de Estruturas em Concreto e em Terra são as principais disciplinas do curso. Estão incluídas também ablockquoteas de Administração, Economia e desenvolvimento de projetos em laboratório.

O Profissional

É o ramo da engenharia responsável pelo planejamento e execução de obras como prédios, casa, pontes, viadutos e estradas.

Projeta e acompanha a obra, controla materiais, custos e normas de segurança, além de gerenciar as equipes deo trabalho. Prepara as plantas e determina as especificações das construções, estudando o solo e o subsolo do local, dirigindo o assentamento dos alicerces, encanamentos e dutos. Calcblockquotea os efeitos dos desníveis do terreno, da pressão dos ventos e das mudanças de temperatura sobre a resistência da obra.

A Carreira de Engenheiro

As aptidões iniciais para aqueles que querem cursar Engenharia é ter inclinação para se aprofundar na matemática e lidar com as ciências, mas também ter uma mente criativa para encontrar soluções novas para que as coisas funcionem, daí ser essencial um cérebro criativo.

Que tipos de coisas precisam funcionar?

Bem, os grandes edifícios, as torres altíssimas não devem sofrer nenhum problema com terremotos ou ventos, os resíduos de uma cidade inteira devem receber um tratamento adequado, as pontes precisam unir pontos cada vez mais distantes, desenvolver sistemas de ar condicionado para enormes shopping-centers ou arranha-céus de mais de 70 andares, descobrir materiais sintéticos que sejam leves e, ao mesmo tempo, consigam suportar temperaturas elevadíssimas e assim centenas de milhares de outras coisas que já existem ou que vão surgir!

Os engenheiros participam diretamente da pesquisa, da criação e do desenvolvimento de cada produto que se lança no mercado, de cada edifício que se constrói nas cidades, de cada ponte, de cada estrada, de cada rua onde as pessoas passam a pé ou com seus carros.

Devido ao alto nível de especialização e complexidade que apresentam atualmente os projetos de engenharia é comum formar-se uma equipe de engenheiros com diversas competências.

Um projeto simples, normalmente, é composto de várias etapas incluindo a pesquisa, o projeto (design) e a administração, sendo por isso muito importante o engenheirando aprender, além das matérias técnicas durante o seu curso, os melhores métodos de gestão de processos.

Os engenheiros são os responsáveis juridicamente por um projeto, ou por parte do mesmo, desde o seu início até o seu término.

Atributos

O Engenheiro Civil deve possuir:

Uma sólida formação em Ciências Básicas (Matemática, Física e Química);
Boa formação em Economia, Administração e Planejamento, aliada à percepção dos impactos econômicos e financeiros, sociais, cblockquoteturais e ambientais, a fim de solucionar problemas relacionados à Engenharia;
Profundo conhecimento em Informática, aplicando-o como ferramenta de gerência e otimização em sua área;
Capacidade de sistematização e síntese, de modo a diagnosticar sistemas complexos, a partir da coleta, manuseio e análise de grande volume de dados e informações quantitativas e qualitativas;
Desenvoltura e agilidade na comunicação oral e escrita e o domínio de pelo menos uma língua estrangeira.

Campo de Trabalho

Construção Urbana: Projeta, constrói e reforma edifícios residenciais, comerciais e industriais.
Estruturas e Fundações:
Projeto e construção de estrutura (madeira, concreto e aço) e de fundações que apóiam as edificações. É responsável pelos cálculo sobre o material a ser utilizado e pelas dimensões da obra.
Hidráulica:
Projeto e construção de barragens, canais e eclusas; instalações hidráulica para a produção de energia elétrica, sistemas de irrigação e drenagens e estações de bombeamento de água.
Saneamento:
Planejamento e construção de redes de captação e distribuição de águas e estações para tratamento de água e de esgotos.
Transportes:
Planejamento e coordenação de obras como ferrovias, rodovias, hidrovias, pontes, viadutos, portos e aeroportos.

Mercado de Trabalho

No que diz respeito à possibilidade de inserção no mercado de trabalho, o Engenheiro Civil possui um amplo e variado campo de atuação.

O campo de trabalho é vasto, mas está relacionado diretamente com a situação econômica do país. Se estivermos passando por uma fase desenvolvimentista, certamente sobra vagas para esse profissional. O engenheiro civil pode trabalhar em escritórios de construção civil, indústrias, empresas construtoras, serviço público, instituições específicas, bancos de desenvolvimento e investimento. Apesar de o mercado de trabalho ser vasto ele também é muito competitivo, para ter mais chances no mercado de trabalho é necessário, além do diploma de engenheiro civil, conhecimentos de finanças, inglês, espanhol, para que possam começar bem na carreira. Sem contar que é preciso que tenha facilidade para raciocínio lógico.

Pode o profissional desempenhar atividades nas seguintes áreas:

Cálculo Estrutural e Construção Civil, podendo desempenhar as mais diversas funções
Recursos Hídricos, seus serviços afins e correlatos como, por exemplo, sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário, portos, rios e canais, barragens e diques, drenagem e irrigação
Engenharia de Transportes
Geotecnia

Regulamentação

Lei 5194 de 24/12/1966. As atribuições do profissional foram determinadas pela Resolução 218 de 29/06/1973 do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CONFEA). O Engenheiro Civil deve registrar-se no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA), para poder exercer a profissão.

Duração: 05 anos, incluindo estágio supervisionado obrigatório.

Titulação: Engenheiro Civil

Fonte: www.ecivil.ufc.br/www.uerj.br/www.vunesp.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal