Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Ilhas Canárias - Página 2  Voltar

Ilhas Canárias

Ilhas Canárias

As Ilhas Canárias localizam-se no Oceano Atlântico, frente à costa Oeste de Marrocos. Estas ilhas são também conhecidas como Ilhas da Felicidade, devido ao seu perfeito clima e às suas praias.

O Arquipélago da Canárias é constituído por sete ilhas: Gran Canaria, Fuerteventura, Lanzarote, Tenerife, La Palma, Gomera e El Hierro. Encontramos ainda outras ilhas de menor dimensão, tais como Alegranza, Graciosa, Montaña Clara, Roque del Este, Roque del Oeste e Lobos.

As ilhas localizam-se muito perto umas das outras, formando o Arquipélago das Canárias. Apesar da proximidade entre ilhas, as diferenças entre elas são muitíssimo grandes, tanto no que diz respeito às paisagens como à cultura.

As paisagens das Ilhas Canárias são paisagens vulcânicas, paisagens secas, intermináveis paisagens de rochas vulcânicas, de neve em alguns cumes como o do Teide, paisagens de complexos turísticos, de praias de areia branca, dourada e de rocha, de parques nacionais e parques naturais. Tudo vai depender muito da ilha em que se encontre.

Os Gregos e os Romanos chamaram a estas ilhas as Ilhas Felizes no Jardim de Hespérides, Atlântida. Algumas histórias são dos autóctones das ilhas, os Guanches, havendo quem acredite que estes provêm da Atlântida. Curiosamente, eles são altos e de pele branca.

Desde 1496 que as Ilhas Canárias pertencem a Espanha. Cristóvão Colombo parou aqui a caminho da descoberta do Novo Mundo.
As ilhas pertencem a Espanha mas não ao continente europeu. Possuem umas das melhores praias do mundo.

Localização e clima das Ilhas Canárias

As Ilhas Canárias situam-se no Oceano Atlântico, em frente à parte Noroeste da costa de África, a 4 graus do Trópico de Câncer. São um ponto intermédio para quem navega entre a Europa e a Ásia ou as Américas.

Nas Ilhas Canárias, é sempre Primavera. Estas ilhas têm um clima sub-tropical perfeito. As temperaturas médias nunca variam mais de 6 graus Celsius de uma estação para outra.

A temperatura média situa-se entre os 18 e os 25 graus, e a temperatura da água ronda os 22 graus no Verão e os 19 no Inverno. Praticamente, pode-se tomar banho durante todo o ano.

A paisagem é única, com picos com neve, localizados junto às praias. São ilhas que, turisticamente falando, têm um grande encanto. São verdadeiramente espetaculares.

Em Fuerteventura e em Lanzarote, o clima é mais seco e em La Palma, Tenerife e Gran Canaria tem a garantia de ter sol durante todo o ano, embora possa ser surpreendido por alguma tempestade tropical.

Forte Ventura, Ilhas Canarias Fuerteventura

Fuerteventura é uma das sete ilhas que formam o arquipelago das Canárias. Possui um população de 90.000 habitantes e a sua capital é Porto Rosário.

Forte Ventura localiza-se a sul de Lanzarote e encontra-se separada do continente africano por cerca de 97 quilómetros. A superfície desta ilha são de aproximadamente 1700 quilómetro quadrados, um número que lhe dá o primeiro lugar em termos de extensão nas Ilhas Canárias.

É também a mais árida das sete ilhas e como as outras ilhas, conta com grandes vestígios das erupções vulcânicas. Fuerteventura é também uma das ilhas onde chove menos, a sua temperatura média anual ronda os 20 graus centígrados.

Esta ilha tem um pequeno ilhéu que lhe pertence, trata-se da Ilha de Lobos, que se localiza a norte da mesma e que se encontram separadas por apenas três quilómetros. A Ilha de Lobos é praticamente deserta, não existem estradas, apenas alguns edifícios. A Ilha de Lobos faz parte do Parque Natural Dunas de Corralejo. Nesta área destacam-se avistamentos de algumas espécies de cetáceos e aves.

A Ilha de Forte Ventura é formada por seis municípios, que são Puerto del Rosario (Capital); Antigua; Betancuria; Oliva Pájara e Tuineje. De todos, o mais povoado é Puerto del Rosário, sendo que o menos povoado é Betancuria, que não chega aos 1000 habitantes.

A sua economia é baseada no turismo principalmente.

Relativamente ao terreno, Forte Ventura é uma ilha bastante plana. Atinge a sua altura máxima na zona sul da ilha, na peninsula de Jandía, no Pico La Zarza com 800 metros de altitude. Na zona central é o Maciço de Betancuria, com uma altura máxima de 763 metros no pico de Atalaya.

Tanto em Fuerteventura, como em Lanzarote, existem muitas formações rochosas, formadas a partir das erupções vulcânicas, sendo que a maioria deles atualmente são espaços protegidos.
Forte Ventura conta com 13 espécies naturais protegidas.

Lanzarote, Ilhas Canárias

Lanzarote é a ilha canária situada mais a norte arquipélago. Dista da costa peninsular espanhola cerca de 1.000 Km, e é o ponto de uniao entre a Europa e da África com a América. A distância da costa africana é de 100 Km. Tem uma populaçao de cerca de 126.000 habitantes.

Lanzarote fa parte das sete principais ilhas das Canárias, juntamente com El Hierro, La Palma, La Gomera, Tenerife, Grande Canária e Fortevenura.

A sua capital é Arrecife, e a ilha em si ocupa uma superfície de 800 Km2, tendo o relevo um pouco montanhoso. É uma ilha muito vulcânica, e por isso, a sul da mesma, está situado o Parque Nacional de Timanfaya, composto por rocha vulcânica e uma paisagem lunar incrível. A sua altura máxima é de 607 metros(Peñas del Chache).

Lanzarote tem um encanto especial, é natureza e é um paraíso, por isso, em 1993 foi declarada Reserva da Biosfera, sendo por isso um claro exemplo de desnvolvimento controlado. O número de locais turisticos na ilha é limitado, assim como o seu crescimento urbanístico. Neste aspecto, destaca-se que 90% do solo de Lanzarote está protegido de alguma maneira.

No seu solo existem mais de 10 paisagens protegidas, entre as quais destaca-se o mencionado Parque Nacional de Timanfaya, mas por nao ser parque nacional nao nos podemos esqueçer de outros como os parques naturais de Chinitos ou o dos Vulcoes; ods Jameos ou da Gruta dos Naturistas.

Entre os munícipios de Lanzarote, destacamos a sua capital, Arrecife, assim como os restantes, Haria, Sao Bartolomeu, Teguise, Tias, Tinajo e Yaiza. Estes, por sua vez, possuem freguesias.

A oferta turística de Lanzarote é muito rica e variada, desde zonas rurais a cidades, praias, paisagens lunares, uma gastronomia muito própria, museus, monumentos e claro uma temperatura média de 20º durante todo o ano.

Para Lanzarote, o turismo é muito importante, uma vez que gera 80% da receita da ilha, um dado que reflete a importância de amnter o seu património, os seus encantos naturais, sem se deixar levar pela febre urbanística.

Todo o cuidado que a populaçao tem como o seu ambiente evidencia-se pela sua rede de centros de arte, cultura e turismo, rede cujo fim é o de difundir o património natural da ilha tanto para os que aí residem como para os que a visitam.

Lanzarote nao Reserva de Biosfera ao acaso, é porque o os habitantes das Canárias têm sabido cuidar do seu ambiente e dos seus tesouros, desde a rocha vulcânica ás suas paisagens desrtas, tudo isto com um toque de qualidade para o turista, para que quando deixar a ilha, leva uma boa recordaçao da sua estadia em Lanzarote.

La Palma, Ilhas Canárias, Espanha

La Palma está localizada na parte Noroeste das Ilhas Canárias.

É uma pequena ilha com cerca de 90000 habitantes. La Palma é também a ilha que regista a maior quantidade de precipitação das Ilhas Canárias, sendo, ao mesmo tempo, uma das ilhas mais montanhosas do mundo, tendo o seu pico mais elevado, o Roque de los Muchachos, uma altitude de 2426 metros.

La Palma possui uma inacreditável vegetação, que lhe confere um colorido brilhante, razão pela qual é conhecida por Ilha Verde ou Ilha Bonita.

A ilha é de origem vulcânica, dispondo, naturalmente, de paisagens vulcânicas, tais como cones em cujas encostas a lava já fluiu, e uma flora impressionante.

La Palma é considerada como uma das mais bonitas ilhas do Arquipélago das Canárias, sendo a menos explorada pelo turismo, sendo, por isso, ideal para descansar, para usufruir de uns dias de tranquilidade e de silêncio, caminhando, passeando ou fazendo escalada. Em La Palma, o clima é estável, sendo húmido no Inverno e não muito quente no Verão.

É uma ilha de contrastes, com montanhas e vulcões que contrastam com as florestas tropicais e as praias, e ainda com as chuvas torrenciais e, claro, com as espetaculares vistas.

Os naturais das Ilhas Canárias são conhecidos como Guanches. São de origem berebere, do Norte de África, que vieram até aqui, ninguém sabe quando, nem ninguém tem a certeza de como aqui chegaram, tendo em conta as técnicas existentes no passado.

No geral, a maneira de viver em La Palma é muito relaxada. São gentes pacientes, que encaram a vida com uma filosofia muito positiva, apoiada por um clima que se transmite também aos turistas, que ficam contagiados pela paz deste lugar.

Entre as principais atrações da ilha, destacamos o Parque Nacional de La Caldera de Taburiente, o Observatório Astrofísico do Roque de Los Muchachos, o mais importante dos que existem no Hemisfério Norte, o Canal e os Tilos, constituídos por florestas, e ainda vestígios arqueológicos, como Zarza e Belmaco.

Se está à procura de um lugar onde descansar com tranquilidade, ter uns dias de paz, rodeado de belas paragens naturais, com uma atmosfera tradicional, este é o lugar ideal para o fazer.

Tenerife, Ilhas Canárias

A Ilha de Tenerife é a maior das que compõem o Arquipélago das Canárias, com mais de 2000 quilómetros quadrados. É o local de Espanha que conta com o mais elevado pico montanhoso, o Teide, cuja altitude alcança os 3718 metros, altitude esta que ultrapassa o ponto mais elevado da Península Ibérica, o Mulhacén, na região de Granada. A sua população é de cerca de 900000 habitantes.

A Ilha de Tenerife situa-se no Oceano Atlântico, rodeada por algumas das ilhas do Arquipélago das Canárias, como é o caso de La Gomera e de La Palma, que, juntamente com as ilhas de El Hierro e de Tenerife constituem a Província de Santa Cruz de Tenerife, enquadrada na Comunidade Autônoma das Ilhas Canárias. Estamos perante uma ilha vulcânica, sendo, de fato, o seu ponto mais elevado, o Teide, um grande vulcão. A ilha encontra-se a 300 km de África e a 1300 km da Península Ibérica.

A orografia de Tenerife é abrupta e na sua superfície podem observar-se contrastes de vegetação e de desertificação vulcânica, tudo ao longo dos seus 2000 quilómetros quadrados. Deve também ser salientado que esta ilha conta com um dos mais importantes Parques Nacionais de Espanha, o do Teide. Do ponto de vista do meio ambiente, a ilha é rica em ecossistemas, e na variedade dos seus intervenientes, bem como na variedade climática, com uma série de microclimas que faz com seja possível o tempo mudar radicalmente de um ponto para outro da ilha.

Do ponto de vista climático, Tenerife divide-se nas partes Sul e Norte da ilha, isto não falando do Teide, coberto por um grande manto branco durante os meses de Inverno.

O Sul da ilha é mais quente, sendo o Norte mais fresco. Este é um dos motivos pelos quais o Norte é mais colorido, havendo mais vegetação, embora na realidade, ambos os climas sejam bons para a saúde, com uma temperatura média anual mais ou menos regular.

Atualmente, o turismo é a principal fonte de receitas de Tenerife, que durante o ano de 2005 recebeu a visita de mais de 5 milhões de turistas. De entre eles, quase 22% eram de origem britânica, cerca de 18% espanhóis e 17% eram de origem alemã. O resto do turismo é dividido entre países como a Holanda (7%), a Bélgica, a França, a Itália e a Suécia com cerca de 5%, pela Finlândia e Dinamarca com 4% do turismo e por países como a Noruega, a Rússia e a Irlanda com 2% cada um deles. O resto dos países junta 6%.

Os mais de 2000 quilómetros quadrados da ilha encontram-se dividos em trinta municípios, localidades que, na sua maioria, nos últimos anos, sofreram uma grande transformação devido ao turismo, embora tenham mantido o seu encanto.

Em Tenerife, o ambiente é mais tradicional na região Norte, enquanto que o Sul foi assimilando influências de todos aqueles que por aqui passaram, deixando uma aura mais cosmopolita, com grandes influências, embora sem perder o verdadeiro espírito canário. Tanto o Sul como o Norte, oferecem aos turistas vastas ofertas de lazer.

Gran Canaria, Ilhas Canárias, Espanha

Abençoada com alguns impressionantes recursos naturais, muitos quilómteros de praias de areia dourada, um clima perfeito... a Gran Canaria é um paraíso.

A Gran Canaria localiza-se no Oceano Atlântico, a 130 milhas da costa Oeste de África, encontrando-se envolvida por Fuerteventura e por Tenerife. É a maior ilha do Arquipélago das Canárias. A sua capital é Las Palmas, que se situa na parte Nordeste da ilha.

No total, esta ilha tem 236 km de litoral, com algumas das mais populares e impressionantes praias de areia branca do mundo. Não perca a zona de dunas de Maspalomas e a selvagem e virgem Praia Güigüi.

A Gran Canaria tem uma temperatura média constante ao longo do ano, variando entre os 18 graus no Inverno e os 22 no Verão. Tem dias de sol e praia ao longo de todo o ano !!!

É um verdadeiro continente em miniatura. Dispõe de uma fantástica diversidade climática, bem como umas espetaculares flora e fauna, tudo isto numa área relativamente pequena. A Gran Canaria é de origem vulcâncica. A parte Norte da ilha é um pouco mais fria que a parte Sul, que é quente.

Todos os anos, o Sul da ilha recebe centenas de turistas. É nesta zona que vai encontrar a Praia del Inglés, a mais popular praia da Gran Canaria. Outros lugares de interesse incluem o Porto de Mogan, conhecido como a Pequena Veneza, Maspalomas e Porto Rico.

Se quiser sair das zonas eminentemente turísticaspode ir até ao interior da ilha e explorar esta região, onde as paisagens são verdadeiramente impressionantes.

Esta ilha tem de tudo. Inacreditáveis praias de areia fina e águas cristalinas, dunas de areia, montanhas de areia, hotéis cujos serviços são inexcedíveis, bares, pubs e cafés, do mais completo que pode encontrar na Europa.

La Gomera, Ilhas Canárias

La Gomera é a segunda mais pequena ilha do Arquipélago das Canárias. Tem 375 quilómetros quadrados e localiza-se no Oceano Atlântico, em frente à costa do Norte de África.

Felizmente, La Gomera é uma ilha que conseguiu escapar ao turismo de massas. A maior parte da ilha encontra-se por explorar, sendo povoada por densos bosques, praias de areia negra, parques naturais, montanhas, um ecossistema sub-tropical. É, sem dúvida, um paraíso para os amantes da Natureza.

La Gomera é uma ilha que se situa muito perto do trópico, e as suas paisagens são inacreditavelmente verdes e o seu clima é muito húmido e quente. As temperaturas médias rondam os 22 graus Celsius. Esta situação ocorre devido aos ventos locais, agradáveis, que refrescam o ambiente, criando uma sensação de maior frescura que noutros sítios próximos do trópico.
Tal como as outras ilhas do arquipélago, La Gomera é de origem vulcânica, mas não presenciou nenhuma erupção nos últimos dois milhões de anos.

Os primeiros habitantes da ilha foram os Guanches e os Bereberes, das montanhas do Noroeste de África. Eles inventaram um método de comunicação, chamado Silbo, um tipo de assobio, através do qual os Guanches se comunicavam em La Gomera.

La Gomera é a sede do Parque Nacional de Garajonay, um parque que eleva a importância da ilha. É o lugar onde se encontram as mais elevadas cotas de La Gomera. Aparentemente, o nome da região onde se situa o parque provém de uma antiga lenda acerca de dois amantes, chamados Gara e Jonay, que se suicidaram neste lugar atirando-se de um penhasco porque as suas famílias se opuseram à sua união. Em 1986, a Unesco declarou o Parque Nacional de Garajonay como Património da Humanidade.

Por outro lado, deve ser referido que, todos os anos, em todas as épocas do ano, a Ilha de La Gomera atrai turistas, caminhantes e amantes da escalada. Em La Gomera, os que gostam destes desportos encontram vários lugares ideais para a prática destas atividades, fantásticas paragens, paisagens, rochas para escalar, paragens vulcânicas, como o Roque de Agando, e percursos onde podea admirar a maravilhosa flora e a rica fauna.

Para além de tudo isto, La Gomera conta ainda com fantásticas praias de areia negra. Algumas das melhores são San Sebastián, La Cueva, Avalos e a Praia de El Inglés, usada como uma autêntica comuna hippie. Também nesta ilha, encontramos várias piscinas naturais.
A distância da Ilha de La Gomera e das suas praias às atestadas e concorridísimas praias de Tenerife é de apenas 35 minutos. Mas La Gomera é um mundo diferente, um mundo distinto, é como voltar atrás no tempo até uma vida selvagem e maravilhosa, com paraísos inexplorados, completamente virgens, não massificados.

El Hierro, Ilhas Canárias

O Hierro é a mais pequena ilha das Ilhas Canárias. Está situada no extremo sudoeste do arquipélago, era o fim do mundo antigo, a fronteira. Somente tem 287 hectares e o seu pico mais alto chega aos 1501 metros.

Realmente, El Hierro é um paraíso natural incrível, possui umas falésias incríveis de mais de 1000 metros de altura o que fazem com que esta paisagem tenha um ambiente único. A abundante vegetação, espécies protegias, um terreno muito acidentado mas muito agradável, as formações vulcânicas com a sua raiz de lava, as grutas formadas de forma natural com piscinas naturais onde poderá nadar soa caracterizaras únicas deste local. A maioria da Ilha del Hierro é um espaço protegido.

A população local é conhecida como os Gentilicios de Herreños e são muito amigáveis e simpáticos. A sua hospitalidade é lendária.

o clima desta ilha é muito similar ao do resto das ilhas Canárias, um clima cálido na maior parte do ano, pelo que poderá visitar a ilha Del Hierro em qualquer época do ano, ja que terá praticamente assegurado um clima soleado.

É muito recomendável que aluguer uma viatura nesta ilha ao chegar. Será a forma de garantir que poderá visitar todos os locais mais interessantes da ilha em dois ou tres dias. Se nao têm carta de condução poderá andar de taxi de um local para outro. A maiora dos municipios da ilha dispoem de taxis que poderao fazer visitas guiadas a um preço mais ou menos razoável ao largo de todo o territorio.
El Hierro é um local muito conhecido pelos amantes da natureza e dos desportos aquáticos. O mergulho nas águas que redeiam a ilha é uma prática muito habitual para aqueles que desejam desfrutar da fauna maritima e das paisagens que se encontram escondidas nas águas atlanticas de El Hierro.

Alem do mais poderá fazer surf, Windsurf ou Kitesurf, poderá tambem fazer espeleologia visitando as grutas, escalar, bicicleta de montanha ou simplesmente caminhadas. A escolha é muito vasta em matéria de praticar desporto.

Toda a vida nocturna encontra-se na zona de Valverde, a capital da ilha. Nao se compara a Ibiza, no entanto existem bares, restaurantes e algumas discotecas.
El Hierro é espetacular, é um local que conquistará o seu coraçao.

Nesta canto das ilhas Canárias.
Se procura algo diferente, não perca esta oportunidade e visite El Hierro. Será bem vindo!!!!

Cultura, Ilhas Canárias

Situando-se na encruzilhada entre três continentes, as Ilhas Canárias têm um importante património cultural, adquirido ao longo de vários séculos, o legado que durante mais de 2000 anos aqui deixaram desde Gregos a Cristãos.

A Ilhas Canarias localizam-se numa encruzilhada entre 3 continentes, uma encruzilhada que ele tenha concedido uma incrível riqueza cultural.

Natureza nas Ilhas Canárias

Desde o século XVIII, que as Ilhas Canárias se tornaram num centro de atenção de todos os que gostam da Natureza, de geógrafos, de estudiosos de todo o mundo...

Atualmente, todos os anos, as paisagens e o ambiente natural das Ilhas Canárias continuam a atrair centenas de milhares de amantes da Naturaleza.

É impossível falar acerca da paisagem típica das Ilhas Canárias. Todas as ilhas são muito diferentes entre si, e cada ilha tem o seu próprio tipo de paisagem. Nas Ilhas Canárias, encontramos desde as paisagens vulcânicos do Timanfaya, em Lanzarote, até às paisagens nevadas do Teide, em Tenerife, encontrando também a selva verde de La Gomera e a encantadora vista da Caldera de Taburiente, em La Palma.

As Ilhas Canárias são o lar de algumas espécies de flora e de fauna. Nestas ilhas, vai encontrar coisas que não vai encontrar em mais nenhum lugar do planeta.
As Ilhas Canárias são reconhecidas como um lugar mágico, de indescritíveis paisagens, únicas no mundo, sendo por essa razão que foram estabelecidas medidas para a sua conservação.
Estes maravilhosos e únicos lugares, vai poder encontrá-los na Gran Canaria e em Tenerife, e também em ilhas mais afastadas como El Hierro e La Palma.
Desde 1994, que estes espaços encontram-se protegidos pela Rede de Espaços Naturales das Ilhas Canárias. Uma grande percentagem do território destas ilhas encontra-se protegido por esta rede.

Nas Ilhas Canárias, existem diretivas e leis concretas que estabelecem claramente os lugares que devem ser conservados.

Fonte: canarias.costasur.com

voltar 1234avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal