Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Estádio Vivaldão  Voltar

Estádio Vivaldão

Estádio Vivaldo Lima, também conhecido como Vivaldão, é o maior estádio de futebol de Manaus (Amazonas), que, juntamente com o Estádio da Colina, atende a vários times do estado.

O Estádio é palco de grandes eventos esportivos de Manaus,cidade mais importante da amazônia e uma das cidades favoritas a sediar os jogos da copa do mundo de 2014. Sua localização estratégica de centro regional, embalada pela riqueza econômica da cidade que possue um dos maiores PIB do Brasil, colocam o Vivaldo Lima como o favorito em sediar a copa de 2014 na amazonia.

O novo placar eletrônico usa as mesmas tecnologias dos melhores placares eletrônicos do brasil, a mesma tecnologia dos estádios, Beira-Rio (RS), Maracanã (RJ) e Mineirão (MG) o novo placar custou aproximadamente 200 mil reais.

Toda sua arquibancada tem assentos especiais, placar eletrônico de última geração (trocado este ano) e macas-móveis(muito utilizadas).O Estádio faz parte do setor esportivo de Manaus, que engloba a moderna vila olimpica de Manaus,ginasio esportivo,centro de convençoes e o sambodromo.

O Estádio Vivaldo Lima já recebeu inúmeras vezes os jogos da Seleção Brasileira de Futebol, onde obteve lotação máxima.

Inauguração 05/04/1970 (Amazonas B 1 x 2 Brasil B)
Endereço Av. Constantino Nery, S/N - Manaus, AM
Maior Público 56.950 (Fast x Cosmos-EUA)
Gramado 105m x 68m

Fonte: www.tagzania.com

Estádio Vivaldão

Projeto do novo Vivaldão terá estrutura semelhante ao estádio de Frankfurt

MANAUS - O novo estádio Vivaldo Lima (Vivaldão), é uma das promessas para o Estado do Amazonas ser escolhido para receber os Jogos da Copa do Mundo de 2014. O complexo terá capacidade para 46 mil pessoas. Com a nova estrutura, o atual Vivaldão será implodido.

O projeto prevê uma estrutura arrojada. Projetada pela Gerkan Marg und Partner (GMP), empresa alemã especializada em construção de grandes arenas esportivas e responsável pela Copa da Alemanha (2006), a nova arena está cobertura retrátil parecida com a do estádio de Frankfurt, que pode ser fechado em caso de chuva.

Estádio Vivaldão
A nova arena está cobertura retrátil parecida com a do estádio de Frankfurt, que pode ser fechado em caso de chuva

O novo estádio terá reaproveitamento de água, resfriamente geotérmico com uso de bioetanol e ventilação natural projetados para auxíliar na redução de consumos energéticos. A cobertura combina o design do traçado de um cesto de palha com o de peles de cobra e lagarto da Amazônia. De acordo com o projeto, o novo Vivaldão terá uma arena de futebol com capacidade para 46 mil pessoas (13 mil a mais que o atual) e cinco mil jornalistas.

É um estádio que condiz com a nossa região e com o apelo humanitário, que é o Meio Ambiente. O projeto sobre o novo Vivaldo Lima é impreterivelmente ecológico e auto sustentável. Ele é muito moderno e está dentro das exigências da Fifa. A cada dia fico extremamente otimista que a Copa será nossa - , finalizou o administrador do Estádio, Ariovaldo Malizia.

A Arena Amadeu Texeira, anexo ao estádio, além do Samdódromo e Vila Olímpica, devem ser incluídos no complexo. A idéia, segundo o projeto, é compor um parque esportivo e de entretenimento.

Credenciamento das sedes

O termo de compromisso que solicita o credenciamento de Manaus como uma das cidades sedes dos Jogos da Copa do Mundo de 2014 foi encaminhado, na tarde da última quinta-feira (15), pelo Governo do Amazonas e Prefeitura local, ao comitê organizador da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

No contrato apresentado a CBF, o Estado se compromete, entre outros pontos, a fazer a entrega definitiva de todos os estádios em plenas condições de uso, como exige o caderno de encargos da Instituição máxima do futebol, até o dia 31 de dezembro de 2012.

O projeto do Amazonas como sede da Copa de 2014 está estimando em R$ 6 bilhões de reais.

Fonte: portalamazonia.globo.com

voltar 123avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal