Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia Do Enfermo  Voltar

DIA DO ENFERMO

Para cuidar dos enfermos, há pessoas especializadas, como as enfermeiras e os médicos. Eles precisam fazer cursos de vários anos, com aulas teóricas e estágios em hospitais. Na Idade Média a enfermagem era exercida pelas ordens de freiras e monges.

Em 1860, teve início a moderna enfermagem na Inglaterra, em Florence Nightingale, com a abertura da primeira escola voltada para esse tipo de ensinamento. No Brasil, os pioneiros foram os padres jesuítas, que atuaram nas Santas Casas. A 1ª foi fundada em 1540, em Olinda, PE. Em 1852, chegaram as primeiras irmãs de caridade.

A profissão ganhou grande prestígio com o trabalho de Ana Neri, que se apresentou como voluntária, aos 51 anos, no início da Guerra do Paraguai (1865). No século XX, a atividade progrediu com a fundação da Cruz Vermelha Brasileira, no Rio de Janeiro, e da Escola de Enfermagem "Ana Neri", declarada-escola padrão em 1938.

O artigo 196 da Constituição de 1988 define saúde como o direito de todos e o dever do Estado. Na prática, os serviços públicos não têm como cumprir o que prega a lei. Os brasileiros são vítimas de doenças infecto-contagiosas e parasitárias. O SUS (Sistema Único de Saúde) criado pelo artigo 198 da Constituição e regulamentado pela Lei Orgânica de Saúde (Lei 8080 de 19-09-1990), foi implantado desde 1991. É custeado com recursos das três esferas do governo: Federal, Estadual e Municipal. Definição da palavra enfermo- Doente, achacado, débil, imperfeito, que não funciona bem.

Fonte: Planeta Educação

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal