Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Gás Freon  Voltar

Gás Freon

 

Gás Freon - O que é

Gás Freon
Gás Freon

Freon (marca registada) é o nome de uma família de hidroclorofluorcarbonos gás (HCFC) e clorofluorocarbonetos (CFC) fabricado pela DuPont de Nemours.

Diferentes variedades de freon são muitas vezes referidos como R11, R502, R22 (que significa R refrigerante).

Estes gases (a nível microscópico, ele descreve um gás como um conjunto de átomos ou moléculas muito fracamente ligados e quase independente (para detalhes, ver gases reais).) refrigerantes são tóxicas, mas inflamável.

Alguns freons usados em navios parecem ter sido a causa de intoxicações fatais, especialmente a bordo do Mimoza carga refrigerada em 1994, dois marinheiros foram mortos.

Freon 22 é, talvez, a origem de arritmias cardíacas.

R12 Freon foi utilizado como um refrigerante desde 1930 e desde 1943 como um propulsor em aerossóis e foi por vezes utilizado para outros fins industriais (por exemplo, fabricação de espuma de poliuretano).

No entanto seu uso é altamente controversa porque seus compostos podem ser facilmente destruídos pela radiação ultravioleta do dom (percentagem em massa) dissociação em componentes mais simples, como cloro e flúor, entre outros elementos responsáveis pelo refinamento da a camada de ozônio.

Sua produção foi reduzida drasticamente na última década.

O Gás freon é um refrigerante HCFC utilizado para aplicação em ar condicionado residencial e comercial de média e baixa temperatura.

O freon (diclorodifluorometano) é um dos compostos responsáveis pela destruição da camada de ozônio cujo uso deveria ser erradicado até 2010, segundo estabelece o Protocolo de Montreal, em vigor desde 1989.

Freon® 12 e 22:

É um gás a base de cloro-fluor-carbono (CFC) e que muito se aproxima do refrigerante ideal, porém, agride a camada de ozônio se liberado na atmosfera.

O mais utilizado até hoje é o R22 apesar de já existir protocolo internacional (1985 Convenção de Viena e 1987 Protocolo de Montreal – jan./2010.

Fim da produção de CFC’s em paises como o Brasil) para substituição gradual do Freon® por outros gases menos agressivos à atmosfera como os HCFC e R404A, R507 e R134A da DuPont.

Aplicação do gás Fréon 12 (R12): - 30ºC Refrigeração
Aplicação do gás Fréon 22 (R22):
- 40ºC Climatização
Aplicação do gás Fréon 502 (R502):
- 46ºC Congelação

O gás Freon-12 foi descoberto no ano de 1931 pelo cientista Thomas Midgely Jr.

Tal gás surpreendeu pelas suas incríveis propriedades criogênicas e passou a ser a alternativa ideal para a produção de frio.

O gás freon 12 tornou-se então o gás de geladeira, em que circula por todo o circuito (compressor, válvula de expansão, evaporador, condensador).

A partir de 1950 já era possível fazer gelo residencial, os alimentos congelados invadiram o mercado e passaram a percorrer o mundo.

Mas com o avanço da ciência, foi possível revelar um lado triste da história: o gás freon, uma vez disperso na alta atmosfera, é um dos principais responsáveis pela destruição progressiva da camada de ozônio. E por isso ele vem sendo substituído ao longo dos anos.

Conheça outras utilizações desse gás:

Na produção de espumas de poliestireno
Como material de limpeza de delicados circuitos eletrônicos
Como propulsor de aerossóis (sprays propelentes).

Gás Freon - História

Gás Freon
Gás Freon - Refrigeração

Em 1928, Thomas Midgley auxiliado por Charles Franklin Kettering inventou um "composto maravilha" chamado Freon.

Freon representa vários clorofluorocarbonetos diferentes, ou CFC, que são utilizados no comércio e na indústria.

Os CFCs são um grupo de compostos orgânicos alifáticos contendo elementos carbono e flúor, e, em muitos casos, outros halogénios (em especial cloro) e hidrogénio.

Freon são incolor, inodoro, gases não inflamáveis não corrosivos ou líquidos.

Em 1930, General Motors e DuPont formaram o Kinetic Chemical Company para produzir Freon.

Gás Freon - Nome Comercial

Freon é um nome comercial para uma classe de produtos químicos (conhecidos como clorofluorcarbonetos ou CFCs) usado como refrigerante em sistemas de ar condicionado.

Freon é um gás à temperatura ambiente e em um líquido arrefecido ou comprimido.

Gás Freon é incolor, não inflamável e relativamente inodoro.

Alguns Freon têm um odor semelhante ao éter.

Gás Freon - Droga

Gás Freon
Ar Condicionado

Alem dele ser autamente prejudicial a camada de ozonio, ele esta sendo usado com uma nova droga que não é vendida nas chamadas bocas-de-fumo.

Ela pode não custar nada, quando encontrada em ferro-velho ou lixões.

Nos EUA, o perfil do usuário já foi levantado. São crianças pobres.

Aquelas que buscam breves momentos de euforia, com a aspiração da nova droga.

Não é verdade, mas por lá afirmam, que essas crianças apreenderam com as brasileiras a consumir a tal droga nova.

Como as crianças norte-americanas aparecem com o nariz, a boca e metade da face, enterrados num saco plástico, veio a comparação com as brasileiras.

Só que as brasileiras aspiram cola de sapateiro ou o famoso “cheirinho da loló”: popular no norte e nordeste, é uma mistura de querosene, esmalte, gasolina, verniz de madeira, embebidos num pano.

Em razão das imagens das nossas crianças terem corrido o mundo, basta surgir um jovem pobre e abandonado, --de tez morena ou negra--, para virar imitador de brasileiro e a falsa percepção de consumo das mesmas substâncias proibidas. O certo é que as crianças pobres nos EUA, negras ou brancas, foram buscar uma nova substância, “que dá barato”, como se diz no Brasil.

Tal substância é encontrada, de graça, onde são abandonados ou jogados os aparelhos de ar condicionado. Com efeito. As crianças norte-americanas extraem dos supracitados aparelhos o gás usado na refrigeração, ou seja, o gás freon”

O gás freon é colocado numa embalagem plástico e as crianças passam a aspirá-lo, com metade do rosto dentro do saco.

Desde que o homem descobriu como “produzir o frio”, ou seja, com o comprimir e descomprimir o gás, várias substâncias acabaram utilizadas nos aparelhos condicionadores.

O gás freon veio por último e consiste numa mistura de cloro, flúor e carbono (CFC).

Alertam os especialistas norte-americanos da área médico-sanitária que o uso lúdico (recreativo) pelas crianças é perigosíssimo. Causa lesões irreversíveis no rim, fígado e pulmão.

O gás freon e usado nos “sprays”. Também, no lança-perfume, para gelar o “cloridrato de etila”, que é o líquido que sai e embebe os lenços de cheiradores.

Fonte: br.geocities.com/aetinc.biz/netozucaservicoderefrigeracao.spaceblog.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal