Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Geologia  Voltar

Geologia

 

Geologia - O que é

Geologia é o estudo da Terra, os materiais de que é feita, a estrutura destes materiais, e os processos que atuam sobre ela.

Geologia é o estudo da terra (geo significa Terra e logia significa estudo).

Esta é uma definição muito simples para algo tão complexo.

Geologia envolve estudar os materiais que compõem a terra, as características e estruturas encontradas na Terra, bem como os processos que atuam sobre eles.

Geologia também lida com o estudo da história de toda a vida que está já viveu ou está vivendo na terra agora. Estudar como a vida do nosso planeta têm mudado ao longo do tempo é uma parte importante da geologia.

Dois tipos principais de Geologia

Normalmente, a geologia é dividido em duas categorias: geologia física e geologia histórica.

Geologia física lida com o estudo das características físicas da terra e os processos que atuam sobre eles. Isso inclui vulcões, terremotos, rochas, montanhas e oceanos; apenas sobre qualquer recurso da terra.

Geologia histórica é o estudo da história da terra. geólogos históricos concentrar no que aconteceu com a Terra desde a sua formação. Eles também estudam as mudanças na vida ao longo do tempo. Em geologia histórica, essencialmente você começa a viajar de volta no tempo para a formação da Terra e seguir em frente através do tempo, testemunhando as mudanças na própria Terra e da vida contida nele.

O Profissional

O Geólogo estuda a origem, a formação e as alterações da terra ao longo dos tempos. Ao estudar e investigar oceanos e continentes , seus relevos, suas plantas e animais os Geólogos identificam as transformações da vida e da geografia.

É o responsável pelo levantamento de dados topográficos em terrenos onde serão feitos projetos como: túneis, pontes ou represas.

É o profissional com melhor visão das interações do ser humano no meio ambiente, pois detém o conhecimento especializado para lidar com a magnitude dos processos geológicos e caracterizar as suas causas e consequências. O geólogo tem papel estratégico na prevenção de acidentes naturais, atua nos estudos de potencialidade de uso e ocupação do meio físico (áreas agrícolas e urbanas) e na remediação de contaminações tanto do solo como da água subterrânea.

O Geólogo

Geólogo é o profissional que estuda a origem, a formação, a estrutura e a composição da crosta terrestre e as alterações sofridas no decorrer do tempo, investiga a ação do homem (poluição dos solos e dos lençóis freáticos, etc) e das forças naturais (erosão, desertificação, glaciação, etc) sobre ao planeta, obtendo assim informações do impacto ambiental.

O geólogo também deve estudar os rios e os lençóis freáticos, localizar e acompanhar a exploração de reservas petrolíferas e de gás natural e jazidas minerais, aplicando conceitos teóricos e estudos sobre a constituição do solo, além de elaborar mapas e relatórios que permitam determinar os tipos de construção que estão em conformidade com a região. Estudam também a ocorrência dos diferentes tipos de rochas, tanto na superfície, quanto no subsolo e no fundo do mar.

Para tais pesquisas os geólogos utilizam equipamentos de medição e sondagem, além de provas químicas e imagens aéreas.

Além de tudo isso, atuam no desenvolvimento de projetos que promovam a preservação dos recursos naturais, ou seja, que visem à sustentabilidade.

Principais Atividades

Estuda e investiga rochas, minerais, fósseis e todos os fenômenos que modificam a crosta do planeta, como erosão e sedimentação.
Faz o levantamento geodésico e topográfico de áreas para fins de engenharia civil. Pariticipa do planejamento e projeto de obras como edificações e hidrelétricas.
Participa na localização de lençóis freáticos. Procura o local mais adequado para se abrir um poço, dimensionando o tipo de bomba a ser utilizada para trazer a água até a superfície. (Hidrogeologia).
Participa da busca de reservas petrolíferas, através da análise do sub-solo, procurando rochas que possam gerar, armazenar ou escoar petróleo. (Geologia do Petróleo).
Localiza e define a composição de depósitos minerais, analisando sua viabilidade técnica e econômica. Acompanha sua exploração para evitar danos ao meio ambiente (Mineração).
Elabora mapas geológicos com ajuda de fotos aéreas ou imagens de satélites e radares.

O Curso

Formar profissionais para atuarem nas principais áreas da Geologia, em especial na área de Geotectônica, Geologia Sedimentar/Petróleo e Geologia Aplicada. Os alunos adquirem conhecimentos e experiências nas áreas de mapeamento geológico, pesquisa de recursos minerais energéticos, bem como gestão do meio ambiente e dos recursos naturais não renováveis.

Além das disciplinas de formação básica, há muita aula prática (campo e laboratório), tornando-se fundamental ao aluno o interesse por trabalhos de campo, bem como, possuir uma boa capacidade de observação e interpretação.

São ofertados conteúdos como:

Fundamentos de Química Estrutural,
Mineralogia Geral,
Zoologia,
Físico-Química Geral,
Física e Matemática,
Química Inorgânica e Orgânica,
Cálculo com Geometria Analítica,
Petrologia,
Fotogeologia,
Topografia,
Paleontologia,
Hidrogeologia,
Rochas e Minerais Industriais,
Estatística,
Mapeamento entre outras.

Aptidões Desejáveis

É preciso ter interesse por atividades ao ar livre, capacidade de análise e interpretação de dados e ser meticuloso.

Especializações possíveis

Mineração, Hidrogeologia, Geologia do Petróleo, Geologia Ambiental, Geologia de Engenharia e Levantamentos Geológicos Básicos.

Área de Atuação

Empresas públicas e privadas de recursos energéticos (em especial petróleo e gás); empresas de mineração; órgãos de ensino e pesquisa; empresas de meio ambiente.

O geólogo estuda a ação das forças naturais sobre o planeta e seus efeitos, como a erosão, a glaciação e a desertificação. Para isso, ele pesquisa e analisa rochas, fósseis e minerais, a topografia dos terrenos, as rochas de superfície, subterrâneas e do fundo do mar. Também localiza jazidas de minério, depósitos de água subterrâneos, reservas de petróleo e de gás natural. Na construção civil, faz levantamentos técnicos e elabora relatórios de impacto ambiental antes da construção de grandes obras. A preocupação com a ecologia abre chances para o especialista em recuperação de solos contaminados e prevenção da poluição de lençóis de água. É obrigatório o registro no Crea.

Características que ajudam na profissão

Gosto por atividades ao ar livre, facilidade de adaptação, meticulosidade, capacidade de observação e análise, atenção para detalhes.

O mercado de trabalho

O mercado de trabalho do geólogo está ligado aos altos e baixos da economia e à demanda mundial por petróleo. A crescente preocupação com os impactos ambientais tem feito com que essa profissão esteja em ascensão. Existem vagas para todos os formados e, em alguns casos, falta mão-de-obra qualificada para preenchê-las no Brasil e no exterior. As maiores oportunidades estão nas áreas de exploração de petróleo e de mineração, impulsionadas pelo anúncio feito pela Petrobras em 2007, da viabilidade econômica do maior campo de petróleo do país, o de Tupi, localizado na Bacia de Santos. Empresas púbicas, como a Petrobras e a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, costumam abrir concurso para contratar esse profissional. Outra tradicional empregadora é a Vale (antiga Companhia Vale do Rio Doce), que tem enviado muitos desses especialistas para o exterior. A maioria das vagas é para a região Sudeste, mas muitas empresas de mineração levam seus funcionários para trabalhar na região amazônica, no Centro-Oeste, Paraná, Rio Grande do Norte e em Sergipe. Quem trabalha no campo da geologia ambiental encontra boas chances de emprego em prefeituras de grandes cidades. A de São Paulo, por exemplo, teve recentemente vários projetos de planejamento urbano que contavam com geólogos especializados nessa área. Empresas de todo o Brasil que lidam com monitoramento para evitar vazamentos em postos de gasolina também contratam o geólogo.

Duração média do curso: 05 anos

Geologia - Profissão

A geologia é a ciência que estuda a composição e os processos de formação da crosta terrestre. O geólogo pesquisa as alterações sofridas pelo solo através ação do tempo e da ocupação humana.

Esse profissional se encarrega da compreensão da ação de forças naturais sobre o solo, como as chuvas, a formação glacial, a movimentação tectônica, os ventos. Ele também investiga como a ação humana interfere nas características da superfície terrestre, como, por exemplo, quando a exploração desordenada de áreas de mata expõe o solo à erosão.

O geólogo também trabalha na localização de jazidas minerais e lençóis freáticos, acompanhando todo o processo de prospecção desses recursos, inclusive de petróleo e gás natural.

Além disso, faz parte das atribuições profissionais do geólogo, a elaboração de relatórios sobre o impacto ambiental que empreendimentos de exploração mineral possam desencadear. Ele elabora laudos técnicos para grandes construções como túneis, metrôs, barragens, estradas e reservatórios.

Tipos de Curso

a) Nível Superior

Bacharelado

Duração média de 5 anos. A grade curricular do curso é basicamente composta por disciplinas da área de química, matemática, física e biologia. Já no segundo ano do curso surgem as disciplinas específicas, como geoquímica, geofísica, mineralogia, geomorfologia, e petrografia. Boa parte da carga horária é desenvolvida em trabalhos de campo e laboratório.

b) Nível Superior

Tecnológico

Duração média de 3 anos. Não existem cursos de geologia em graduação tecnológica, mas os interessados na área podem optar por Geoprocessamento. O curso tem disciplinas como cartografia, sensoriamento remoto, agrimensura, mapeamento de lotes, imagens de satélite e radar, topografia e geodésia, matemática, física, química e geociências. Cursos com enfoque em agrimensura têm disciplinas como urbanismo, desenho topográfico e legislação. Já os que são voltados para a área de geoprocessamento têm disciplinas específicas como tratamento de imagens de satélite e radar e monitoramento ambiental. O estágio é obrigatório.

c) Nível Médio

Curso Técnico

Duração média de 2 anos. Não existem cursos técnicos de geologia, mas os interessados na área podem optar pelo Curso Técnico de Mineração. Os cursos podem apresentar uma ênfase específica, como em rochas ornamentais. Em geral são ofertadas disciplinas como geologia geral, legislação ambiental, licenciamento ambiental, cartografia, topografia, petrologia e mineralogia, métodos prospectivos e recuperação de áreas degradadas, entre outras.

Mercado de Trabalho

O mercado para os geólogos está em alta, principalmente se levarmos em conta que o Brasil é um dos maiores produtores de minério de ferro do mundo e tem reservas próprias de petróleo suficientes para abastecer nosso mercado interno. Temos também grandes reservas de carvão e de minerais raros. Todo esse patrimônio natural deixa o mercado de trabalho para profissionais que lidam com a prospecção de minérios e com os estudos do solo sempre aquecido.

O mercado de trabalho para os geólogos com especialização para a indústria petroquímica é o mais próspero. No entanto, o setor de preservação ambiental também tem aumentado a procura por esses profissionais.

Na construção civil também se encontram vagas de trabalho, principalmente nas grandes obras de barragens, construção de pontes e túneis e de projetos como o da transposição do rio São Francisco, por exemplo. Prefeituras também procuram o geólogo para realizar seus projetos de planejamento urbano. Assim como empresas especializadas em monitoramento de oleodutos e gasodutos recorrem ao profissional.

Ofertas de Emprego

Para os profissionais especializados em prospecção e extração de petróleo, Nordeste e Rio de Janeiro têm sido os maiores empregadores, já que reúnem as maiores reservas nacionais do combustível. Estados do Sul contratam especialistas em manejo de minas de carvão mineral e beneficiamento de matéria prima para indústria termoelétrica.

Na extração de minérios São Paulo e Minas Gerais são os estados que mais têm empregado. Alguns órgãos públicos como Ministério das Minas e Energia, Ibama e Departamento Nacional de Produção Mineral, também requisitam os préstimos desse profissional, realizando concursos públicos para contratação. Outras empresas privadas também podem contratar a assessoria profissional para avaliação de projetos e de impacto ambiental em áreas de reserva mineral.

O geólogo pode trabalhar no beneficiamento e processamento de minérios; na construção civil, na supervisão e planejamento de ações extrativistas; na prospecção de reservas; e na pesquisa da mecânica das rochas, estudando o comportamento das rochas para assegurar trabalhos como construção de túneis, metrôs e galerias subterrâneas.

Para quem tem de formação acadêmica superior e diploma de pós-graduação, a docência no ensino universitário e técnico é uma alternativa profissional.

Fonte: geology.com/www.uerj.br/www.cursocerto.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal