Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  História  Voltar

História

 

O Historiador

O Historiador estuda, pesquisa e interpreta os fatos históricos.

É o responsável pela análise e interpretação das condições sociais, culturais, econômicas e temporais para descobrir a importância e o significado dos acontecimentos do passado e do presente.

História é o campo do conhecimento que estuda o passado humano em seus vários aspectos: economia, sociedade, cultura, idéias e cotidiano.

O historiador investiga e interpreta criticamente os acontecimentos, buscando resgatar a memória da humanidade e ampliar a compreensão da condição humana.

Seu trabalho se baseia, principalmente, na pesquisa de documentos, como manuscritos, impressos, gravações, filmes, objetos e fotos. Depois de selecionar, classificar e relacionar os dados levantados em bibliotecas, arquivos, entrevistas ou estudos arqueológicos, ele data o fato ou o objeto, confere autenticidade e analisa sua importância e seu significado para a compreensão do encadeamento dos acontecimentos.

O Profissional

O graduado no curso de licenciatura em história estará capacitado ao exercício do magistério no campo da história para as últimas séries do ensino fundamental e para o ensino médio em todas as suas dimensões, tanto em escolas públicas quanto em escolas particulares.

O profissional formado no curso também estará habilitado a proceder com a pesquisa em fontes primárias (acervos de arquivos públicos e privados, com recolhimento e o tratamento metodológico em relação a depoimentos orais, etc.) e secundárias (bibliotecas), e com os demais ferramentais teóricos que possibilitam o trabalho prático e científico na área de história.

Aptidões Desejáveis

É preciso ter interesse em leitura, boa memória, boa redação, ser organizado, capacidade de análise e reflexão, além de interesse pelas questões sociais.

A Carreira

A função do Bacharel em história é ler, estudar, interpretar e analisar os fatos históricos.

Ele é o responsável pela interpretação das condições culturais, sociais, econômicas, psicológicas e temporais dos eventos e buscar o significado que aqueles acontecimentos tiveram e entender como eles influenciaram o futuro.

Como diria uma célebre frase, cujo autor é desconhecido: “Esquecer é estar condenado a repetir os mesmos erros.”, a mportância da história é justamente compreender o passado para poder aprender com ele e não repetir mais as mesmas falhas. A história não deve ser encarada como algo morto e sim como um testemunho vivo do que foi feito, um testemunho que pode nos ensinar boas lições.

Aspectos Favoráveis

Não faltam vagas para professores de história nas redes públicas e privadas de ensino do Brasil, atualmente estes profissionais estão em falta.

O curso

Infelizmente faltam estímulo, investimento e oportunidades para o bacharel em história que queira trabalhar em pesquisa.

O currículo é composto de disciplinas que abordam tanto períodos, sejahistória antiga, seja medieval, quanto regiões, como Brasil ou Ásia. Há também temas específicos dessa área de conhecimento, como metodologia da história, teoria da história ou história da ciência. Sociologia, geografia, literatura brasileira, antropologia e arqueologia complementam a formação. Muita leitura e boa dose de palestras e seminários fazem parte do cotidiano do aluno.

Atenção: a maior parte dos cursos de história no país é de licenciatura, que forma professores. Na licenciatura, o curso pode receber o nome de Estudos Sociais (história). Se você quiser se dedicar à pesquisa ou trabalhar em empresas, pode valer a pena fazer um bacharelado. O estágio é obrigatório, assim como o trabalho de conclusão de curso.

A partir do contato com diversas concepções históricas, o conteúdo do curso proporciona um espaço para o questionamento e a discussão dos processos que são analisados pelo Historiador. Seu maior objetivo será descobrir como, quando e por que as coisas aconteceram.

Assim, o aluno passará por disciplinas como Sociologia Geral, história Econômica ,história Antiga e Medieval, história Moderna e Contemporânea, Economia, história do Brasil, Elementos de Geografia Humana, Estatística, Antropologia Cultural, Estrutura e Funcionamento do Ensino de 1.º e 2.º graus, Didática, Psicologia da Educação entre outras.

Áreas de Atuação

As áreas de atuação do profissional de história são amplas: no magistério, na pesquisa, nos arquivos públicos e privados, na cultura popular e erudita, nos museus e arqueologia e no turismo cultural e eco-turismo.

O professor e o pesquisador de história, como profissional de nível superior, é o indivíduo capaz de realizar, de forma crítica, a articulação entre teoria e prática; de assessorar programas culturais e de preservação do patrimônio histórico, bem como de compreender a históriaenquanto processo permanente de construção e reconstrução dos fatos.

Compete, ainda, ao profissional de história, trabalhar os fatos humanos, centrado nas explicações dos mecanismos que asseguram a exploração e dominação dos homens, que se traduzam nas relações econômicas, políticas, sociais, culturais, nas tradições, nos sistemas de valores, nas idéias e formas institucionais, como também, saber relacionar cultura e história, destacando a complexidade de tais conceitos.

Além disso, deve o profissional de história ter capacidade de compreender o meio em que vive para construir e produzir conhecimento histórico, dominando-o nas áreas específicas de conservação e gerenciamento dos bens culturais. Deve ser um profissional atualizado, portador dos valores profissionais, dos valores sociais e éticos, apto a disseminar conhecimentos por meio da produção e divulgação de trabalhos científicos.

O Mercado de Trabalho

O mercado mais tradicional para esse profissional - as escolas de ensino médio e faculdades - se mantém estável, mas novos campos de trabalho vêm se abrindo.

Nos últimos anos, cresceu a procura por historiadores em empresas privadas, órgãos públicos e entidades de apoio à cultura, para atuar principalmente nas áreas de preservação do patrimônio e resgate histórico.

O historiador também tem sido contratado por empresas interessadas na consultoria histórica de produtos - a pesquisa da trajetória de artigos antigos que podem ser relançados ou de similares com boa ou má aceitação no mercado - para que seus lançamentos estejam mais próximos das expectativas dos consumidores.

As operadoras e as agências de turismo, por sua vez, buscam o profissional para auxiliar na criação de roteiros focados em destinos históricos e culturais. Museus e centros culturais são outra alternativa de colocação do historiador, que pode trabalhar na curadoria de exposições e na organização e promoção de cursos livres.

Nas editoras, ele é contratado para atuar na elaboração de livros didáticos e paradidáticos. O historiador encontra ainda trabalho na produção de teatro, cinema e televisão, onde faz pesquisa de época para filmes e novelas, ajuda a elaborar roteiros e dá apoio ao material audiovisual em geral..

Duração média do curso: 04 anos

História - Profissão

história é área do conhecimento que pesquisa sobre a ação do homem através do tempo. O historiador analisa e documenta o comportamento social humano, o desenvolvimento político, cultural e econômico das sociedades.

Fica sob a responsabilidade desse profissional a investigação e interpretação dos acontecimentos ocorridos ao longo da existência do homem moderno. Assim como é o historiador quem estabelece relações entre esses acontecimentos, analisando suas causas e consequências.

A profissão está muito ligada à sociologia e à antropologia, o tripé formado por essas três áreas do conhecimento nos auxilia na compreensão do nosso passado e no planejamento das nossas ações futuras. Conhecendo a história da nossa civilização, conhecemos melhor a nós mesmos.

O historiador trabalha na pesquisa e análise de documentos antigos, de manuscritos, de produções culturais como filmes, música, jornais e revistas. Também pode trabalhar como um documentador da contemporaneidade, fazendo entrevistas, coletando material e catalogando acontecimentos. Assim como pode dar aulas, ensinando crianças sobre o passado histórico do nosso país e da própria humanidade.

Tipos de Curso

a) Nível superior

Bacharelado

Duração média de 4 anos. A grade curricular é toda articulada por disciplinas da área das Ciências Humanas. O aluno recebe aulas comohistória antiga, história do Brasil, metodologia da história, teoria da história, história da ciência, sociologia, geografia, literatura brasileira, antropologia e arqueologia.

b) Nível superior

Licenciatura

Duração média de 4 a 5 anos. A grade curricular dos cursos de licenciatura é semelhante à do bacharelado, diferenciando-se nas disciplinas pedagógicas que preparam o aluno para o magistério. Pode aparecer como uma habilitação dos cursos de Estudos Sociais. Alunos bacharéis podem complementar sua formação frequentando as disciplinas específicas pedagógicas, conseguindo a licenciatura.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para os profissionais com a licenciatura é bastante estável. Ele é requisitado para dar aulas no ensino fundamental e médio. Pode atuar também no planejamento pedagógico das disciplinas de história e no ensino universitário, desde que tenha a pós-graduação.

Já para os historiadores bacharéis o mercado atravessa um momento especial, um grande número de empresas tem procurado o profissional para a realização de documentários de memória empresarial. Algumas famílias tradicionais também procuram esse tipo de serviço, para a documentação de sua história.

O mercado editorial também tem aumentado a procura por esses profissionais, que prestam assessoria na edição de livros e enciclopédias. Museus e Institutos variados contratam historiadores para a curadoria de seus acervos, catalogação de peças e análise de objetos antigos.

Ofertas de Emprego

O maior empregador é o Estado, contratando professores para a rede pública de ensino. Nesse caso as vagas se espalham por todo o país. As universidades também demandam uma boa quantidade de profissionais, mas exigem o diploma de pós-graduação.

Para trabalhar com a documentação empresarial as melhores oportunidades surgem nas capitais e grandes cidades industrializadas. As regiões Sul e Sudeste, por concentrarem o maior número de empresas, oferecem melhores oportunidades na área.

O trabalho em museus e institutos de memória também se concentra nas capitais, especialmente em São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador e Porto Alegre.

Em associação com antropólogos e arqueólogos, o historiador também encontra trabalho em regiões de sítios arqueológicos, como em Manaus e em várias partes do Nordeste.

Fonte: www.cfh.ufsc.br/www.cursocerto.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal