Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  História Da Inconfidência Mineira, Página 9  Voltar

HISTÓRIA DA INCONFIDÊNCIA MINEIRA

Embora os inconfidentes de Minas não tivessem desencadeado a revolta que tramavam, o seu movimento foi, desde o início, conscientemente organizado e tinha um objetivo muito claro: a separação de Portugal.

Com a descoberta das minas, tiveram início a indústria de mineração e a cobrança de impostos sobre o ouro.

A produção do ouro começou a diminuir e os mineradores não conseguiram mais pagar os impostos que o governo português exigia.

Portugal enviou pra cá, como governador de Minas Gerais, o Visconde de Barbacena, encarregado de executar a derrama, isto é, a cobrança dos impostos atrasados.

Em Vila Rica começou a revolta, na qual tomaram parte: Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, os padres Rolim e Correia, Alvarenga Peixoto e outras pessoas.

Essa revolta pretendia

Libertar Minas Gerais e posteriormente toda a Colônia do domínio português.

Criar uma universidade em Vila Rica.

Proclamar uma República em Minas Gerais, com a capital em São João Del Rei.

Estimular o desenvolvimento das indústrias no país.

Criar o serviço militar obrigatório.

A revolta devia estourar no dia da derrama.

A Inconfidência não consegui libertar o Brasil: faltaram armas, faltou a participação do povo no movimento e houve traição.

Joaquim Silvério dos Reis, um dos inconfidentes que devia muito dinheiro a Portugal, denunciou seus companheiros em troca do perdão de suas dívidas.

O governo Visconde de Barbacena suspendeu a derrama e mandou prender os inconfidentes.

Todos os inconfidentes foram presos e enviados ao Rio de Janeiro, a fim de serem julgados. A princípio, foram condenados à morte onze dos principais conspiradores; porém, a rainha D. Maria I trocou a pena pela de degredo perpétuo. Apenas Tiradentes foi condenado ao enforcamento.

Tiradentes foi enforcado no dia 21 de abril de 1792, na cidade do Rio de Janeiro. Seu corpo foi esquartejado e sua cabeça espetada em um poste em Vila Rica.

A revolta fracassou, mas a idéia de liberdade continuou.

Notas

Com a riqueza proveniente das minas, muitos brasileiros foram estudar na Europa e de lá trouxeram idéias novas, fazendo nascer as primeiras manifestações pela nossa independência.

O fato de os Estados Unidos da América do Norte se terem libertado da Inglaterra também contribuiu para a idéia de independência.

Tiradentes é considerado o "Mártir da Independência".

A bandeira dos inconfidentes era branca, com um triângulo verde no centro, onde havia a seguinte inscrição: Libertas quae sera tamen - "Liberdade ainda que tardia".

Cláudio Manuel da Costa suicidou-se na prisão de Vila Rica.

Atualmente, Vila Rica chama-se Ouro Preto.

Fonte: www.redescobrindoobrasil.hpg.ig.com.br

voltar 123456789avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal