Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Presença Holandesa No Brasil  Voltar

Presença Holandesa no Brasil

A presença holandesa no Brasil pode ser conhecida, também, como o período das Invasões Holandesas que ocorreram no século XVII, mais especificamente nos períodos de 1624 e 1625 e, após, de 1630 até 1654. As invasões holandesas estão intimamente ligadas à dispouta pelo açúcar e, ainda à passagem do trono de Portugal à Côroa Espanhola. Foi em Salvador que as invasões holandesas se iniciaram, em 1624, permanecendo apenas por um ano no local, quando foram derrotados pela resistência chefiada por Matias de Albuquerque e que se organizou em fazendas próximas à cidade invadida. Em 1630 os holandeses atacam Pernambuco, conquistando a capital Olinda.

Após sete anos de disputas e de guerra interna na região invadida, o poder holandês se instalou e certa paz foi mantida. A Região sob o poder holandês compreende os atuais Estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco se estendendo até o Rio São Francisco. No período de 1637 até 1644, época em que o príncipel holandês Maurício de Nassau governou a região, diversas e importantes implemantações político-administrativas ocorreram no Brasil. O conde alemão João Maurício de Nassau-Siegen chegou à cidade do Recife em 1637 a serviço do governo Holandês e da Companhia das Índias Ocidentais, trazendo na sua comitiva grandes personagens como o médico Willem Piso, o geógrafo e cartógrafo Georg Markgraf, os pintores Albert Eckhout e Frans Post, sendo este um dos primeiros a mostrar em suas obras as paisagens e cenas da vida brasileira.

Além desses, o escritor Gaspar Barleus o qual fez um relatório de sua passagem no Brasil intitulado de a HISTORIA NATURAL DO BRASIL que faz minucioso estudo científico da fauna e da flora brasileiras além de observações meteorológicas e astronômicas, estas realizadas com um antigo telescópio instalado sobre o antigo Palácio do Governador. Nassau era calvinista, mas, ao que tudo indica, foi tolerante com católicos e com os chamados cristãos-novos, judeus que, às escondidas praticavam seus cultos. Estes, foram autorizados a, abertamente exercer suas práticas religiosas o que provocou uma grande emigração de judeus vindos da Holanda para o Brasil.

No governo de Nassau, muitos melhoramentos foram feitos nas áreas urbanas como saneamento básico, contrução de casas e o agrupamento das mesmas em vilas, contrução de ruas e alargamento de diversas outras, construção de dois importantes palácios, o das Torres ou de Frigurgo e o da Boa Vista, construção de pontes melhorando a locomoção das pessoas e o tráfego local. Em 1644, o Príncipe de Nassau retornou à Holanda. Após sua volta, o Recife conviveu com sangrentas Guerras entre os luso-brasileiros e os Batavos pela conquista da Terra uma delas conhecida como a Batalha dos Guararapes. Após 24 anos de domínio holandês estes foram expulsos na chamada Insurreição Pernambucana. O dominio Holandes no Brasil compreende o periodo de 1630 a 1654.

Fonte: pt.wikipedia.org

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal