Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Jacarandá - Página 7  Voltar

Jacarandá

Nome que se atribui a um grande número de árvores de diferentes famílias originárias da América do Sul e cuja madeira é bastante procurada para marcenaria e marchetaria, por sua beleza e durabilidade.

As espécies menos nobres são também muito resistentes e servem para a confecção de dormentes, cavilhas, compensados e cabos de ferramentas.

A mais valorizada é o jacarandá-da-baía, jacarandá-preto ou jacarandá-rajado, encontrado no sul da Bahia e em São Paulo. Utilizado desde o séc.

XVI, era chamado em Portugal de pau-santo, por sua utilização em mobiliário sacro. Antigamente abundante nas florestas brasileiras desde o Nordeste até São Paulo, sua exploração indiscriminada lhe trouxe o risco de extinção.

Jacarandá

Jacarandá, árvore da família das leguminosas, muito valorizada devido à madeira que fornece.

Outras espécies importantes são o jacarandá-do-pará, ainda comum na Amazônia; o jacarandá-pardo, jacarandá-amarelo, jacarandá-do-cerrado, jacarandá-paulista ou jacarandá-roxo, que é encontrado em Minas Gerais, São Paulo e Goiás; o jacarandá-cabiúna ou simplesmente cabiúna; e o jacarandá rosa, pau-rosa, cega-machado, pau-de-fuso ou sebastião-de-arruda, que cresce nas regiões secas do Nordeste.

Os jacarandás pertencem à mesma família da acácia e do pau-brasil.

Fonte: www.klickeducacao.com.br

Jacarandá

Jacaranda Mimoso (Jacaranda MIMOSAEFOLIA )

Nome Científico: Jacaranda mimosaefolia

Sinonímia: Jacaranda acutifolia, Jacaranda ovalifolia, Jacaranda chelonia, Jacaranda heterophylla, Jacaranda filicifolia

Nome Popular: Jacarandá-mimoso, jacarandá, carobaguaçu

Família: Bignoniaceae

Divisão: Angiospermae

Origem: América do Sul

Ciclo de Vida: Perene

Jacarandá

O jacarandá-mimoso é uma árvore decídua a semi-decídua, de floração muito exuberante. Seu porte é pequeno, alcançando cerca de 15 metros de altura.

O caule é um pouco retorcido, com casca clara e lisa quando jovem, que gradativamente vai se tornando áspera e escura com a idade. Sua copa é arredondada a irregular, arejada e rala. Suas folhas são opostas e bipinadas, compostas por 25 a 30 pares de pequenos folíolos ovais, de coloração verde-clara acinzentada.

No inverno, o jacarandá-mimoso perde suas folhas, que dão lugar as flores na primavera. Suas flores são duráveis, perfumadas e grandes, de coloração azul ou arroxeada, em forma de trompete e são arranjadas em inflorescências do tipo panícula.

A floração se estende por toda a primavera e início do verão. Os frutos surgem no outono, são lenhosos, deiscentes e contém numerosas e pequenas sementes.

É uma árvore maravilhosa para a arborização urbana, caracterizada pela rusticidade, floração decorativa e crescimento rápido. Pode ser utilizada na ornamentação de ruas, calçadas, praças e parques, pois suas raízes não são agressivas.

É largamente utilizada no paisagismo, adornando pátios e jardins residenciais ou públicos, filtrando moderadamente a luz do sol. Muitos países utilizam o jacarandá-mimoso na arborização de grandes cidades, entre estes podemos citar a Argentina, Brasil, África do Sul, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Itália, Espanha e México, entre outros.

Sua madeira é de excelente qualidade e apresenta cor rosada muito apreciada. Ela é empregada, por exemplo, na indústria moveleira, pisos laminados e em aplicações no interior de automóveis de luxo.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado no primeiro ano após o plantio. Adapta-se a uma ampla variedade de locais, mas aprecia o clima subtropical. Quando jovem, não tolera frio excessivo, mas torna-se mais resistente ao frio com o tempo.

Não necessita podas ou qualquer tipo de manutenção. Não tolera secas prologadas, ventos fortes ou a salinidade no solo. É resistente à poluição urbana moderada e à maioria das enfermidades.

Fonte: www.plantasonya.com.br

voltar 1234567avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal