Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia da Ginástica Artística  Voltar

Dia da Ginástica Artística

30 de Janeiro

Dia da Ginástica Artística

Ginástica artística é uma disciplina de ginástica. Historicamente, como uma forma de exercício físico, a ginástica originou na pré-história. Em Atenas no ano de 1896, tornou-se um esporte olímpico praticado apenas por homens. Já nos Jogos Olímpicos de Amsterdã em 1928 permitiu a participação das mulheres.

Desde meados do século XX, esta disciplina começou a ser praticada na forma que é conhecido atualmente. Embora, inicialmente, era um esporte masculino, ginástica artística é uma prática mais comum de mulheres.

As apresentações são geralmente ginásticas artísticas individuais e têm uma duração média de trinta a 90 segundos em aparelhos, são feitos diferentes competições e separados em masculino e feminino.

Ginástica artística é um esporte de avaliação e é necessária justamente por causa da apreciação dos juízes para avaliar a apresentação de cada ginasta. O caminho para se qualificar é alcançado através de muito estudo e experiência, uma vez que nenhum dispositivo que possa medir a eficácia de cada participante, de forma precisa e imediata.

Ginástica Artística entre homens e mulheres têm suas próprias especificações, por isso são classificados de forma diferente e independente. Ambos, ginástica artística dos homens como as mulheres têm o seu próprio código de pontos gerados pela Federação Internacional de Ginástica (FIG), que rege as regras oficiais para a participação em qualquer evento. O código é o que faz as diretrizes com as deve guiar um treinador para preparar o ginasta, também mostra os pontos que deve saber que o competidor participar sem desvantagens, uniforme e, honestamente, mas a maioria é o guia para o julgamento de exercícios.

Quatro dos aparelhos de ginástica artística: trave de equilíbrio, barra horizontal, piso e barras assimétricas

Ginastas

Características Físicas

A força, a mobilidade, a flexibilidade, a coordenação muscular, independentemente da formação, são críticos para o sucesso de um ginasta. A genética é crucial para a existência desses recursos e ficar na forma elegida.Para preparar um ginasta há três fases, com várias etapas.

Primeira fase: cerca de até 10 anos de idade. "Descobrem capacidades através da ginasta fitness" além de ensinar os fundamentos técnicos do esporte.

Segunda etapa: Cerca de 10 a 15 anos de idade. Ele inclui um "período inicial de formação especializada" em adição para a preparação dos "movimentos mais complexos e caracteres psíquicos." Após um período de treinamento especializado "o ensino é realizado e combinações de movimentos mais difíceis."

Terceira etapa: Cerca de 16 a 19 anos de idade. Nesta fase final, em "melhorar a preparação física", além de continuar os "elementos de formação de grande dificuldade".

Modalidades

As competições oficiais de ginástica costumam ter três modos, tanto no masculino e no feminino:

-No geral individual
-Dispositivos finais individuais
-Equipe

Na competição individual geral, cada ginasta compete em todos os aparelhos para coroar um único campeão. Na parte final de 24 ginastas com melhor pontuação na fase de qualificação. A pontuação final de cada ginasta é obtida pela soma da pontuação obtida em cada aparelho.

Em finais por aparelhos individuais, o melhor atleta é definido para cada dispositivo.

Na competição por equipes, envolvendo as oito equipes com as melhores pontuações durante a pré-eliminatória.

Bibliografia

• Ginástica Federação Mexicana (2005). "Programa Nacional Obrigatório".
• Hayhurst, Brian (1983). Ginástica Artística. Barcelona: Parramón. ISBN 84-342-0326-X
• Huguet e Parellada, Jordi (1989). Coleção Sports 92. Ginástica. Barcelona. ISBN 84-87254-15-2

Fonte: es.wikipedia.org/wiki/Gimnasia_art%C3%ADstica

Dia da Ginástica Artística

30 de Janeiro

Há registros de práticas de acrobacias semelhantes aos movimentos da ginástica no Egito Antigo, mas a maior parte dos relatos considera a Grécia Antiga como o berço do esporte. Os gregos praticavam exercícios para manter o corpo em forma, como recurso preparatório para a prática de outros esportes e também para o aperfeiçoamento físico dos militares. Após a sua popularidade na Grécia, a ginástica voltou à cena na Europa no período do Renascimento, entre os séculos XIV e XVI.

Dia da Ginástica Artística

O boom do esporte ocorreu séculos mais tarde pelas mãos de Friedrich Ludwig Christoph Jahn, considerado o “pai da ginástica”. Em 1811, o alemão criou a primeira escola para a prática do esporte ao ar livre. Seu objetivo era preparar fisicamente a juventude alemã para o enfrentamento do exército de Napoleão Bonaparte. O ideal contagiou outros países europeus.

Passada a guerra, a prática da ginástica foi considerada perigosa por seu teor revolucionário e Jahn foi perseguido e preso. Foram duas décadas de perseguição. Neste período, muitos ginastas alemães disseminaram o esporte em outros países. O Brasil foi um dos contemplados. Foram mais de duas décadas de proibição. Em 1881, foi fundada a Federação Europeia de Ginástica (FEG).

A ginástica faz parte dos Jogos Olímpicos desde a sua primeira edição da Era Moderna, em Atenas 1896, quando cinco países disputaram títulos individuais. Em Amsterdã 1928, as mulheres competiram pela primeira vez, mas o programa feminino só foi desenvolvido em Helsinque 1952, com sete eventos. Nesse tempo, era chamada de Ginástica Olímpica. Depois, com a inserção da Rítmica (Los Angeles 1984) e do Trampolim (Sidney 2000) nos Jogos, passou a ser chamada de Ginástica Artística.

Hoje pode ser considerada a mais popular entre as sete modalidades da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), já que é bastante conhecida pelos bons resultados conquistados pelos brasileiros.

Depois de referências como Cláudia Magalhães e João Luiz Ribeiro, primeiros brasileiros a participarem de uma edição dos Jogos Olímpicos, em Moscou 1980, outros grandes nomes podem ser lembrados; Luisa Parente, que ganhou os Jogos Pan-americanos Havana1991 e participou dos Jogos Olímpicos Seul 1988 e Barcelona1992, entre tantos outros ginastas importantes; Daiane dos Santos foi a primeira ginasta do Brasil a conseguir uma medalha de ouro em campeonatos mundiais; os irmãos Diego e Daniele Hypolito, ícones da modalidade no país.

Fonte: timebrasil.cob.org.br/esportes/ginastica-artistica

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal