Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Shotokan  Voltar

SHOTOKAN

O estilo Shoto-kan – SHOTO (pseudônimo com que o meste Funakoshi costumava assinar seus poemas em sua juventude) transcrito em caracteres ocidentais e KAN (casa) foi fundado por Guchin Funakoshi (1868 – 1957).

Iniciou seu aprendizado aos 11 anos de idade, sendo aluno do renomados mestre KOZAKU MATSUMURA e com o mestre ITOSU, treinando extensivamente o Shuri-te, hoje conhecido como Shorin Ryu.

O professor Funakoshi, considerado o Pai do karate moderno, foi quem introduziu oficialmente o karate no Japão em 1922, através de uma memorável demonstração no Budo-kan a convite do Ministério da Educação japonês. O estilo Shoto-kan teve tão rápido conhecimento de discípulos que Funakoshi decidiu criar em 1936 seu próprio Dojo (local de treinamento).

O nome Shoto-kan surgiu no primeiro edifício de madeira que foi a primeira escola de Guichin Funakoshi.

Característica do estilo Shotokan

O estilo Shotokan foi mais tarde aperfeiçoado pelo filho de Gishin Funakoshi, Yoshitaka Funakoshi, sempre com algumas restrições do mestre Funakoshi, mas com seu consentimento. Entre as inúmeras técnicas incluídas no estilo estão Yojo Gueri (sokuto), Mawashi Gueri, Ushiro Gueri, Ura Mawashi Gueri, Uti Mawashi Gueri e outras variações de chutes que diferenciam de outros estilos.

As técnicas básicas do karate são passadas principalmente do kihon, sejam os chutes, golpes e defesas.

Para ser um bom karateca, primeiramente deve ser feito um bom kihon, pois deste treinamento é que surge a base para fazer um bom kata e conseqüentemente o kumite.

É no kihon que o karateca vai ganhar base forte e firme além de velocidade e força nos seus golpes.

Através do kihon, o karateca consegue atingir uma potência muito forte, reflexo da velocidade com que executa os golpes e somente a força muscular não permitirá que a pessoa se sobressaia nas artes marciais, o poder do Kime (finalização) resulta da concentração de força máxima no momento do impacto, um golpe de um karateca bem treinado pode chegar a ter uma velocidade de 13 milésimos de segundo e gerar uma força equivalente a 700 kg.

No kihon também é treinado a movimentação em base com o movimento de quadris, essencial a um movimento bem feito.

Os quadris estão localizados aproximadamente no centro do corpo humano e o movimento deles exerce um papel crucial na execução de vários tipos de técnicas do karate.

Além de uma fonte de potência, os quadris constituem a base de um espírito estável, de uma forma correta e da manutenção do equilíbrio.

Fonte: www.fpk.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal