Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Lançamento de Dardo  Voltar

Lançamento de Dardo

Lançamento de dardo exige força, velocidade e ritmo

Não é nenhuma guerra entre tribos e nações inimigas, mas pode até se confundir quando homens e mulheres saem correndo com dardos nas mãos, numa velocidade e força incríveis. Uma das mais curiosas modalidades do atletismo, sem dúvida é o lançamento de dardos. Desde 1906, essa prática tem sido umas das atrações do atletismo em olimpíadas, com o objetivo de fazer o lançamento do dardo mais longe possível onde o dardo tem que cair numa espécie de cone com um vértice de 26 graus.

Lançamento de Dardo

Arremesso de dardo exige velocidade e ritmo da abordagem, assim como a força. O dardo é uma arma de lançamento, com ponta de ferro ou pedra talhada, semelhante a uma lança.

A principal diferença entre os dois é que a lança é mais pesada, com pontas mais largas e afiada, com o objetivo de ferir um adversário. Já o dardo é mais leve, e utilizado no esporte, com arremessos de atletas.

Segundo a educadora física Jaqueline Etgeton, embora a distância da corrida para o lançamento fique entre 18 e 27 metros, é uma das atividades esportivas mais complexas e possui técnicas que envolvem grupos musculares do corpo. “É importante tonificar a musculatura envolvida e prepará-la para a explosão muscular” orienta a profissional.

Com origem na pré-história, esse tipo de atividade foi inicialmente utilizado na caça e, posteriormente na guerra, como arma de combate. É uma das provas mais antigas do atletismo, sendo disputada nos Jogos Olímpicos da velha Grécia.

Nos Jogos Olímpicos da era moderna, a primeira menção que se tem do dardo data de 1886, quando o sueco A.Winger estabeleceu o primeiro recorde mundial, com a marca de 33.81metros.

Em 1906 o lançamento de dardos foi dado como esporte internacional durante os Jogos de Atenas, com o vencedor Eric Kleinning, num arremesso de 53,89 metros.

Depois surgindo verdadeiros campeões, como Eino Pentila e Matti Jarnineu. Bud Helder foi o primeiro norte americano a estabelecer um recorde mundial, em 1953, com 80,41 metros. Ele e seu irmão Dicck em 1952 desenharam um dardo com 27% de comprimento a mais, com relação ao sueco, o qual dava um maior deslizamento.

Hoje também os soviéticos se destacam, além dos americanos. Tanto isto é verdade que o dardo foi lançado por um russo há mais de 104,00 metros, um feito realmente fantástico ainda mais se considerando que a marca dos 100 metros não seria atingida ainda neste século.

Isso, porém trouxe um problema: o perigo que o dardo poderia oferecer, devido a demanda de espaço cada vez mais crescente. Assim, um novo dardo foi desenhado com uma aerodinâmica que lhe permite descer mais rápido, atingindo obviamente uma distância menor com relação ao antigo.

No Brasil, as competições de atletismo são organizadas pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), mas o lançamento de dardos não chega a ser um esporte popular entre os brasileiros, mas há atletas de alto nível como paranaense Júlio César Miranda, que já foi campeão mundial na categoria menor, até 17 anos, em 2003, e nesse ano, faturou o Campeonato Pan-americano de juvenis. Júlio continua competindo e é o atual dono do recorde brasileiro, com 80,29 m, conquistado em maio de 2009.

O dardo

O dardo tem o formato de lança, feito de metal, com fibra de vidro ou de fibra de carbono. O peso e a aerodinâmica do dardo masculino foi mudado em 1984 para reduzir na distância. O dardo para mulheres passou por mudanças semelhantes em 1999. Os dardos atuais para homens pesam 800 gramas e 2,7 metros de comprimento, enquanto para as mulheres pesa 600 gramas e 2,3 metros. O dardo é constituído por três partes, a cabeça, o corpo e uma pega de corda.

Empunhadura

A empunhadura ou pega é a maneira correta de segurar o dardo. É feita na extremidade posterior do encordoamento, o que possibilita no lançamento uma transposição favorável da força atrás do centro de gravidade, enquanto que dos dedos encontraram uma melhor resistência e apoio. E existem três tipos mais comuns de empunhaduras: Finlandesas, Empunhadura Americana e Empunhadura em "V" ou tenaz, onde o dardo é seguro entre o dedo indicador e o médio.

Fonte: www.livresportes.com.br

Lançamento de Dardo

O lançamento de dardo exige muita força do atleta

O lançamento de dardo é uma das provas mais antigas que se tem notícia. Algumas de suas variações, como o arremesso ao alvo já era praticado há mais de 2700 anos.

Essa modalidade das provas do atletismo de campo exige muita força, técnica e concentração do atleta. Originalmente, a técnica do arremesso era utilizada para a caça e para a guerra. Hoje, o esporte é mais sofisticado e um complexo estudo da biomecânica da prova é feita para que o atleta atinja seu máximo desempenho.

A corrida para o lançamento deve ser com uma aceleração suave e a parte final deve ter o objetivo principal de preparação para o arremesso. O lançamento de dardo é uma prova que combina a explosão da corrida e técnica dos eventos de salto. Após o lançamento, o dardo pode atingir velocidades acima de 110 Km/h.

Os dardos são fabricados em metal, fibra de vidro ou fibra de carbono. Na prova masculina, os dardos devem pesar no mínimo 800 gramas e na prova feminina pesam no mínimo 600 gramas.

Muito popular nos países nórdicos europeus, das 69 medalhas disputadas na prova de lançamento de dardo, 32 foram conquistadas por atletas da Suécia, Noruega e Finlândia.

Os recordes mundiais pertencem à República Tcheca. O recorde masculino foi cravado em 1996 e a marca é de 98.48 metros. Já no feminino, o recorde do lançamento do dardo é de 72.28, da atleta Barbosa Spotakova.

Fonte: www.atletx.com.br

voltar 1234avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal