Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Ácidos Graxos  Voltar

Ácidos Graxos

Os benefícios do ômega 3

Descubra os benefícios do ômega 3 e quais as melhores alimentos fontes deste ácido graxo essencial.

Ácidos Graxos

O omega 3 é um tipo de gordura, conhecido como ácido graxo essencial pois é muito importante para uma boa saúde.

O corpo humano não é capaz de produzir omega 3, tendo que obtê-lo da alimentação.

Um grande número de pesquisas vem demonstrando os benefícios do omega 3 para o coração e todo sistema circulatório.

Os benefícios do omega 3 incluem:

Atividade antiinflamatória;

Atividade anti-trombos (entupimento dos vasos sanguíneos);

Redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos e

Redução da pressão arterial.

Os benefícios do omega 3 estendem-se para a redução do risco de desenvolver diversas doenças, incluindo:

Diabetes;

Acidente vascular cerebral (derrame);

Artrite reumatóide;

Asma;

Síndromes inflamatórias intestinais (colites);

Alguns tipos de câncer;

Declínio mental.

Alguns estudos também indicam que o Omega 3 traz benefícios para o humor, o aprendizado e para o sistema imunológico.

Os melhores alimentos ricos em ômega 3

As melhores fontes de omega 3 são os peixes, algumas espécies possuem maior quantidade.

Peixes ricos em omega 3

Cavala

Arenque

Sardinha

Salmão

Atum

Bacalhau

Outras importantes fontes de omega 3:

Semente de linhaça

Castanhas e nozes

Óleos vegetais (azeite, óleo de soja, canola)

Vegetais de folhas verdes escuro.

Quanto consumir?

Recomenda-se a ingestão de pelo menos 2 porções de peixe por semana, mas se for possível incluir outras fontes de omega 3 maiores serão os benefícios.

O que evitar?

Os peixes devem ser assados, cozidos ou grelhados. Não se deve fritá-los, pois este processo destrói o omega 3.

Alguns peixes são pobres em omega 3, dentre eles a tilápia, que contém quantidades de Omega 6 semelhantes à carne vermelha.

Apesar de os benefícios do ômega 3 serem comprovados cientificamente, seu consumo numa dosagem muito além daquela encontrada nos peixes preocupa os pesquisadores, pois ainda não se sabe que efeitos essas altas doses podem ter no organismo a longo prazo. Atualmente ele é largamente comercializado nas farmácias na sua forma concentrada em cápsulas, algo que ainda não foi avaliado pela ciência.

Fonte: www.bancodesaude.com.br

Ácidos Graxos

ÔMEGA 3? ÔMEGA 6?

Apesar de serem vistos como os vilões da boa alimenta-ção, as gorduras n e m s e m p r e s ã o prejudiciais. É o caso dos ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 e ômega- 6. Estas gorduras são encontradas em estado lí q u i d o ( ó l e o s ) , n a tempera-tura ambiente .

Já é bastante conhecido o e f e i t o b e n é f i c o d a i n g e s t ã o d e s t e s compostos, que podem atuar de diversas maneiras como: ajudando a reduzir d a n o s v a s c u l a r e s , evitando a formação de coágulos (trombose) e de depósitos de gordura (aterosclerose); reduzindo o colesterol total e o LDL sanguíneo na substituição dos ácidos graxos saturados por poliinsaturados;

regulando a temperatura do corpo e a perda de água e atuando positivamente no sistema imunológico

Ácidos Graxos
Clique para Ampliar

Ame seu coração

Os benefícios do ômega 3 para a saúde do coração tornaram-se conhecidos primeiramente, quando os cientistas descobriram que c u lt u r a s c u j a d i e t a consistia principalmente de peixes , como os japoneses e esquimós Inuit, tinham corações saudáveis. Um estudo mais avançado mostrou que o ômega 3 pode ajudar a c u i d a r d e n o s s o s corações controlando a pressão arterial, mantendo normais o r itmo do coração e da circulação sanguínea.

Podemos encontrar ômega-3 e ômega-6 em diversas fontes naturais, como por exemplo:

Peixes como atum, anchova, carpa, aren-que, salmão e sardinha

Frutos do Mar

Óleo de canola

Fontes de ômega 6, podemos citar:

Sementes oleaginosas Óleo de milho, girassol e soja

Entre as gorduras que são fontes de ômega 3 e 6 (óleos vegetais, nozes, peixes e frutos do mar) o consumo deve limitar-se a 10% do Valor Caló-rico Total, pois assim garantimos seus benefícios e evitamos o excesso, que pode reduzir a ação do HDL ("colesterol bom") e d i f i - c u l t a r a coagulação sangüínea.

Fonte: www.nutrifam.com.br

voltar 123456789avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal