Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dona Beija  Voltar

Dona Beija

Ana Jacinta de São José, ainda pequenina, era tão linda que a comparavam a um beija-flor.

Daí o seu apelido de Dona Beija.

Além de ser muito bonita, era também muito inteligente.

A fama de seu irresistível charme tornou a região do Desemboque um obrigatório ponto de parada para os cavaleiros.

O governador da região de Minas tomou-se de amores por ela e, como era adversário do governador do Desemboque, resolveu seqüestra-la, acreditando que esse era o único modo de ter a mulher que amava.

Por ter cometido o crime de seqüestro, o governados teve que enfrentar a corte, e a região do Desemboque, que antes pertencia à Goiás, passou para a região de Minas Gerais.

Assim o Triângulo, antiga faixa goiana, passou a integrar-se à região mineira.

Todos diziam que: "A beleza de Dona Beija é tão extraordinária que modificou o mapa do Brasil."

Esse fato ajudou para que Dona Beija crescesse na região mineira. Sua casa, que ainda existe em Araxá, tornou-se monumento histórico. Araxá é a maior estância hidromineral do continente e "Dona Beija" é o nome de uma de suas mais famosas fontes.

Fonte: ifolclore.vilabol.uol.com.br

Dona Beija

Ana Jacinta de São José nasceu na região do Desemboque, quando ainda sob jurisdição goiana, no povoado de São Domingos do Araxá. Ainda pequenina era tão linda que a comparavam a um beija-flor. Daí o seu apelido de Dona Beija.

Mulher de excepcional beleza e de irresistível encanto intelectual, conseguiu revolucionar os compassos do minueto. Era Dona Beija sedução feita mulher. A fama das suas graças tornou o Desemboque um obrigatório ponto de parada das cavalgadas senhoriais.

Quando o sol da manhã dourava o planalto, Dona Beija se dirigia ao banho, mergulhando nas águas límpidas do lago radioativo.

O governador da região de Minas tomou-se de amores por ela e, como era adversário ferrenho do governador do Desemboque, resolveu raptá-la, como único remédio para a paixão que o atormentava.

Raptada, Dona Beija teve influência decisiva nos destinos do raptor. Fê-lo pleitear ante a Corte a transferência da região do Desemboque, pertencente a Goiás, para a região da sua governança, Minas Gerais. Assim o Triângulo, antiga faixa goiana, passou a integrar-se no território mineiro .

"A beleza de Dona Beija é tão extraordinária —, que modificou o mapa do Brasil"dizia-se.

Esse fato contribuiu para que Dona Beija crescesse na tradição mineira. Sua casa, que ainda existe em Araxá, tornou-se monumento histórico. Araxá é a maior estância hi-dromineral do Continente e "Dona Beija" é o nome de uma de suas mais famosas fontes.

A figura da formosa e legendária araxaense, idealizada por um artista, se imortaliza em riquíssimos painéis, numa das suntuosas alas do balneário.

Dona Beija é para todos uma lenda romântica e uma afirmação perene de que o amor também funda cidades e modifica mapas.

Referências Bibliográficas

Angélica de Rezende: Nossos Avós Contavam e Cantavam. Imprensa Oficial, Belo Horizonte, 1939, p. 148.

Fonte: Estórias e Lendas de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Seleção de Anísio Mello. Desenhos de J. Lanzelotti. Ed. Literat. 1962

Fonte: www.consciencia.org

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal