Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Em Prisões Baixas Fui Um Tempo Atado, 1598  Voltar

Em prisões baixas fui um tempo atado (1598)

Sonetos de Luís Vaz de Camões

Em prisões baixas fui um tempo atado,

vergonhoso castigo de meus erros;

inda agora arrojando levo os ferros

que a Morte, a meu pesar, tem já quebrado.

Sacrifiquei a vida a meu cuidado,

que Amor não quer cordeiros, nem bezerros;

vi mágoas, vi misérias, vi desterros:

parece me que estava assi ordenado.

Contentei me com pouco, conhecendo

que era o contentamento vergonhoso,

só por ver que cousa era viver ledo.

Mas minha estrela, que eu já'gora entendo,

a Morte cega, e o Caso duvidoso,

me fizeram de gostos haver medo.

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal