Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Oh Quão Caro Me Custa O Entender-te, 1598  Voltar

Óh quão caro me custa o entender-te (1598)

Sonetos de Luís Vaz de Camões

Oh! quão caro me custa o entender te,

molesto Amor, que, só por alcançar te,

de dor em dor me tens trazido a parte

onde em ti ódio e ira se converte!

Cuidei que para em tudo conhecer te,

me não faltasse experiência e arte;

agora vejo n'alma acrecentar te

aquilo que era causa de perder te.

Estavas tão secreto no meu peito

que eu mesmo, que te tinha, não sabia

que me senhoreavas deste jeito.

Descobriste t'agora; e foi por via

que teu descobrimento e meu defeito,

um me envergonha e outro m'injuria.

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal