Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Que Diabo Há Tão Danado, 1616  Voltar

Que diabo há tão danado (1616)

Redondilhas de Luís Vaz de Camões

Trovas

que o Autor mandou da cadeia em que o tinha embargado por üa dívida Miguel Roiz, «Fios-Secos» de alcunha, que se embarcava para fora,
ao Conde do Redondo, Vizo-Rei, pedindo-lhe o fizesse desembargar

Que diabo há tão danado

que não tema a cutilada

dos fios secos da espada

do fero Miguel armado?

Pois se tanto um golpe seu

soa na infernal cadeia,

do que o demónio arreceia,

como não fugirei eu?

Com razão lhe fugiria,

se contra ele, e contra tudo,

não tivesse um forte escudo

só em Vossa Senhoria.

Portanto, Senhor, proveja,

pois me tem ao remo atado,

que, antes que seja embarcado,

eu desembargado seja

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal