Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Quererdes Profano Amor, 1595  Voltar

Quererdes profano Amor (1595)

Redondilhas de Luís Vaz de Camões

Cantiga

a üa mulher que foi açoutada
por um homem de apelido Quaresma, na Índia

MOTO:

Não estejais agravada,

senão se for de vós mesma;

porque a mulher que é errada

com razão pela Coresma

deve ser desciprinada.

VOLTAS

Quererdes profano amor

em Coresma, é consciência:

açoutes e penitência

vos está muito milhor.

Não fiqueis disto afrontada,

pois a culpa é vossa mesma;

que mulher que é tão malvada

é bem que pela Coresma

seja bem desciprinada.

Se a penitência vos val,

mui bem açoutada estais;

pois por Coresma pagais

vossos vícios do carnal.

Não torneis a ser errada,

nem condeneis a vós mesma,

pois estais já emendada;

e não sereis por Coresma

outra vez desciprinada

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal