Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Luta Livre  Voltar

Luta Livre

Origem da luta livre

Todas as histórias que envolvem as origens das diversas artes marciais e lutas (antigas), curiosamente se iniciam da mesma maneira.

Assim, dizem os textos:

"...a luta livre, a mais antiga de todas..."

Aparecendo sempre um período de clandestinidade, de luta pela sobrevivência com todos os ingredientes de um épico, que consegue ultrapassar os séculos e chega até os dias de hoje.

Tudo é muito parecido, sendo os relatos mais antigos da faixa de 3000 anos ( 1000 a.c ).

Com a luta livre, a origem é bem diferente ( a única modalidade de luta que nasceu no ocidente), não existem regiões escondidas, príncipes e guerreiros e nem influências, inspirações etc. A história é muito mais simples, a luta nasceu em cada lugar onde o homem apareceu.

E junto com ele se desenvolveu ela nasce " livre" como diz o próprio nome, sem adereços ou complementos em consonância com a própria natureza; o homem sempre lutou e continuará lutando até o fim dos séculos.

No começo da história humana os homens primitivos, a semelhança dos animais também "brincavam" de lutar como até hoje fazem os filhotes de felinos, por exemplo.

Além do componente lúdico, existia também um aprendizado imprenscindível, a sobrevivência onde os mestres eram aqueles que os haviam gerado...portanto não pode haver dúvida que a luta é o mais antigo desporto e especificamente a "luta livre", a "mãe" de todas as outras modalidades de combate corporal.

Assim, em cada canto da terra a luta surgia se adaptando as condições e costumes locais aos quais se rendia para poder sobreviver e continuar seu inexóral destino.

A primeira menção escrita ( em caracteres cuneiformes) que se tem registro, data da época dos sumérios aproximadamente 4000 a.c. onde no " poema de gilgamesh" um rei descreve uma luta em detalhes.

Mais tarde no antigo egito, nas tumbas da 5a dinastia 2470 a.c. aparecem muitos desenhos de luta onde modelos ás vezes eram crianças, o que garante o componente esportivo e didático da atividade e pasmem ( ! ) as posições mostradas são muito parecidas com as de hoje...

" a luta ( submission grappling ) praticamente foi amassada pelo imenso sucesso das "olímpicas", tendo vivido no mundo alternativo durante muito tempo.

Naquele mundo se apoiou também nos praticantes da chamada luta profissional ( catch, pró -wrestling, etc. ) a famosa " marmelada" e de amadores das lutas de kimono que eventualmente treinavam sem o "paletó"; um dos maiores centros de prática da luta era o brasil onde entretanto não havia aquelas condições necessárias ao perfeito desenvolvimento.

As condições são bastante claras e simples: existirem pessoas que possam viver da luta e haver competições, mesmo assim as coisas caminharam e o brasil se tornou uma força na luta mundial embora até hoje sem a organização que se faria necessário.

Japão e estados unidos, caminharam juntos também sem entretanto atingir o nível do brasil; um dos fatores que mais alavancaram a luta, foi o ressurgimento do "vale tudo" ( no holds barred" ou "mixed martial arts" ) com diversos eventos importantes no brasil, estados unidos e japão.

No Brasil, observei que até 1960 o conhecimento da luta livre era incipiente ou deformado, pois mais de 80% dos praticantes eram halterofilistas ou remadores, só eram conhecidas umas poucas técnicas como chaves de braço, gravatas de frente ( atualmente guilhotina ) etc...

Em vinte anos ficou patente que a situação mudou e novas escolas surgiram, com novos métodos de ensino.

A " inteligência", e a " habilidade, a verdadeira técnica começaram a ocupar o seu espaço e naquela oportunidade eu graças a minha compleição física ( pequeno, leve, embora forte ) tive a imensa felicidade de poder colaborar efetivamente com aquele desenvolvimento.

O " truque" foi enfrentar os fisicamente privilegiados com sucesso, pois os praticantes daquela época só entendiam a linguagem " do fazer", por outro lado aquela fase foi um excelente laboratório que dá frutos até hoje.

Mais dez anos se passaram e o brasil começou a exportar seus talentos, sendo o grande catalisador do desenvolvimento os outros centros; a luta livre nestes últimos 15 anos cresceu em técnica reduzindo o impacto da força e condicionamento físico, consequentemente aumentando o seu refinamento exatamente no sentido contrário do que aconteceu com outras modalidades, especialmente a praticada com kimono ( jiu- jitsu, judo ) .

Para comprovar é só conhecer os campeões atuais daquelas modalidades e constatar a compleição física de cada um e como eles atuam. A história de " arte suave", " caminho suave" já ficou para trás e os próprios dirigentes confirmam o que estou dizendo ao classificar de "master" um atleta de apenas 30 anos( ! ).

Felizmente na luta livre, a história é outra cada vez mais os praticantes se interessam pela técnica procurando se apoiar nela para poder enfrentar aqueles que se apoiam exclusivamente no vigor físico e na violência...

Roberto Leitão

Fonte: www.federacaogauchashidokan.com.br

Luta Livre

Luta Livre

Wrestling Profissional ou Luta Livre (ou Tele-Catch) é uma forma de arte performática e esporte de entretenimento muito popular nas Américas, Europa e Ásia.

No seu início a Luta Livre era composta por pequenos grupos que, nos meados de 1880, se apresentavam nos circos e carnavais das cidades por onde passavam.

A Luta Livre passou a se tornar mais atraente quando a mídia passou a ver com melhores olhos as lutas e seus personagens.

Luta Livre

Nos USA houveram duas eras de ouro da Luta-Livre: a primeira foi nas décadas de 40 e 50 com o surgimento do lutador Gorgeous George.

E a segunda nas décadas de 80 e 90 com o surgimento de lutadores como Hulk Hogan, “Stone Cold” Steve Austin e The Rock.

Na mesma época também houve a Era de Ouro da Luta Livre no México, com o surgimento do lutador El Santo, que foi transformado na época em desenhos e caracterizado em filmes, e no Japão na mesma época houve semelhante fama ao lutador Rikidozan que por muitos é considerado o “Pai” da Luta Livre japonesa.

Origem da Luta Livre

Tem-se registro de que a Luta Livre era praticada na antiga Babilônia e no Antigo Egito.

Tem-se registro também de que a luta livre era praticada no antigo Japão, China e na Antiga Pérsia.

E temos alguns historiadores que dizem que desde 1300 A.C. Já se praticava Luta Livre.

Foram os gregos que foram responsáveis pela arte marcial Pancrácio, que após adaptada a esporte olímpico, popularizou a Luta Livre como um esporte competitivo. Por isso a Luta Olímpica Antiga é hoje conhecida como Luta Greco-Romana.

Luta Livre

O estilo de luta Olimpica que foi difundido no fim do século 19 nos USA e no Reino Unido é o estilo conhecido como Catch-as-Catch, algo que se traduzissimos seria “agarra-agarra” mesmo. Surgindo como um estilo não ortodoxo da luta Greco-Romana elas se diferem pelo estilo de agarrões que são permitidos.

Enquanto na luta Greco-Romana você não pode agarrar abaixo da linha da cintura, no estilo Catch-as-Catch você pode fazer agarrões em qualquer lugar do corpo podendo ser agarrada até as pernas do oponente. Tanto o Catch-as-Catch como a Luta Greco-romana foram considerados esportes legítimos tanto profissionalmente como em critérios amadores.

No século XIX uma forma modificada do Catch-As-Catch foi introduzida é o que conhecemos hoje como Luta Livre Profissional ou como é chamada aqui no Brasil o Tele-Catch. Porém essa mudança não foi significativa até o final da Segunda Guerra Mundial, e ainda hoje podemos ver lutas com variações do Catch-as-Catch e da Luta Greco-Romana na Luta Livre atual.

Fonte: capivaravoadora.com.br

voltar 1234avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal