Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Mandioca - Página 5  Voltar

Mandioca

A mandioca é uma raíz amidosa, muito volumosa usada para fazer um especial tipo de farinha (veja a foto).

A farinha da mandioca faz parte da comida diária dos nativos da Amazonia, e é usada só ou acompanhada de arroz, batata, milho, e como acompanhamento para peixe, carne ou feijão.

Mandioca

Esta raíz possui um forte veneno, cianide que precisa ser eliminado durante a preparação da farinha. Isto é feito durante o cozimento ou fermentação da raíz. A massa obtida é tostada e está pronta para armazenagem.

A Lenda

Mandioca

Em épocas remotas, a filha de um poderoso tuxaua foi expulsa de sua tribo e foi viver em uma velha cabana distante por ter engravidado misteriosamente. Parentes longíquos iam levar-lhe comida para seu sustento e assim a índia viveu até dar a luz a um lindo menino, muita branco o qual chamou de Mani.

A notícia do nascimento se espalhou por todas as aldeias e fez o grande chefe tuxaua esquecer as dores e rancores e cruzar os rios para ver sua filha. O novo avô se rendeu aos encantos da linda criança a qual se tornou muito amada por todos.

No entanto, ao completar três anos, Mani morreu de forma também misteriosa, sem nunca ter adoecido.

A mãe ficou desolada e enterrou o filho perto da cabana onde vivia e sobre ele derramou seu pranto por horas.

Mesmo com os olhos cansados e cheios de lágrimas ela viu brotar de lá uma planta que cresceu rápida e fresca.

Todos vieram ver a planta miraculosa que mostrava raízes grossas e brancas em forma de chifre, e todos queriam prová-la em honra daquela criança que tanto amavam.

Desde então a mandioca passou a ser um excelente alimento para os índios e se tornou um importante alimento em toda a região.

Fonte: www.sumauma.net

Mandioca

A mandioca é de origem brasileira e desde quando Pedro Álvares Cabral chegou ao Brasil a mandioca já era apreciada pelos índios que viviam por aqui.

Sendo originária do Nordeste e das regiões centrais do país, o Brasil é o maior produtor mundial da mandioca.

Mandioca

Existe até a lenda do Mandi, que conta-se que um casal de índios que esperou muito tempo a chegada de uma filha mulher. Quando a menina nasceu, deram-lhe o nome de Mandi, que significa “Branca” , por ter nascido com a pele muito clara. Um dia, ela ficou muito doente e morreu, apesar de tentarem tudo para salva-la. Seus pais resolveram enterra-la no centro de uma oca para que pudessem estar sempre perto de seu corpo.

Choraram tanto sobre o túmulo da menina que nasceu ali uma planta. Sua raiz era clara como a pele da Mandi, então eles batizaram a planta de mandioca.

Existem 2 espécies de mandioca:

A mandioca doce, conhecida por aipim ou macaxeira que é usada na alimentação.

Cozida na água e sal, já está pronta para ser consumida. É também um importante ingrediente para bolos, pães, salgadinhos. Ela é insubstituível no preparo de alguns pratos típicos brasileiros como o Tutu à Mineira e os pirões de peixe.

Para você saber se a mandioca é boa, na hora da compra espete-a com a unha, se ela furar sem dificuldade, sinal que é boa.

Existe também a mandioca brava ou amarga que é usada na produção de polvilho ou de farinha. Possui maior quantidade de ácido cianídrico, que provoca náuseas, vômitos e sonolência. Se a pessoa não se tratar logo, pode chegar a morte.

Por meio do cozimento da mandioca doce se elimina essa substância tóxica, porém a amarga precisa de altas temperaturas industriais para eliminar essa substância tóxica. Para se distinguir uma da outra é preciso ser um especialista.

Fonte: www.viaki.com

voltar 123456789avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal