Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Mata Dos Cocais - Página 4  Voltar

Mata dos Cocais



 

 

 

A mata dos cocais ocorre nos estados do Maranhão, Piauí e Rio Grande do Norte, sendo constituída por palmeiras, principalmente babaçu e carnaúba, ocorrendo também o buriti e a oiticica. Apresenta-se na transição entre a Amazônia e a região Nordeste, entre os climas equatorial, semi-árido e tropical, passando a vegetação de florestal amazônica - mata dos cocais - mata atlântica.

Localizada entre a Amazônia e a caatinga, esta mata tem rápido crescimento e por isso tem também sobrevivido ao desmatamento que vem sofrendo devido à importância econômica que o babaçu e a carnaúba possuem e à ampliação das áreas de pastos. Da carnaúba se extrai a cera e do babaçu o óleo, destinado à indústria de produtos de limpeza (sabões) e de cosméticos, fibrase glicerina entre outros. Do buriti fabrica-se doce. O babaçu domina o ambiente na mata dos cocais e, por se desenvolver mais rápido, está livre da competição com outras espécies.

Fonte: www.vivaterra.org.br

Mata dos Cocais


 

A Mata dos Cocais está localizada entre os ecossistemas da Floresta Amazônia e a Caatinga, iniciando-se no Maranhão e seguindo pelo Piauí até alcançar o norte do Tocantins. As florestas secundárias são dominadas por grandes áreas de babaçu, que domina a paisagem - palmeira que atinge até 20m de altura, do qual se pode extrair cera, óleo utilizado pela indústria de alimentos e cosméticos e fibras, produtos que sustentam as comunidades locais - além da carnaúba, do buriti e da oiticica, que caracterizam a vegetação.

Na fronteira como o Amazonas, a mata é mais úmida e predomina a presença do babaçu, porém este encontra-se seriamente ameaçado sendo destruído em ritmo intenso pelas pastagens. No lado leste, mais seco, predomina a carnaúba, que pode atingir até 20m de altura, cujas folhas retira-se a cera empregada como lubrificante na indústria eletrônica, de perfumaria, e na fabricação de plásticos e adesivos.

Embora aproveitada, em parte, de maneira ordenada por várias comunidades extrativistas que exercem suas atividades sem prejudicar essa formação vegetal, a Mata de Cocais também é seriamente ameaçada pela ampliação das áreas de pasto para a pecuária, principalmente no Maranhão e no norte do Tocantins.

Fonte: www.biobras.org.br

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal