Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Escapamento  Voltar

Escapamento

 

O sistema de escapamento tem uma função decisiva dentro de três condições específicas:

Proteção do meio ambiente, contribuindo com a redução dos poluentes nocivos nos veículos com catalisadores.
Conforto acústico, reduzindo os prejuízos sonoros internos e externos.
Atuação do motor, contribuindo com a melhora da potência, torque e consumo.

Trata-se de um produto de alta tecnologia, que obedece a rigorosas normas em matéria de legislação sobre o meio ambiente e acústica e que responde precisamente ao manual de especificações estabelecido por seus construtores.

Apresentação do sistema de equipamento

A linha do escapamento vai do motor até a traseira do veículo, sem estar visível. Juntos, os elementos que constituem a linha de escapamento tem cerca de 3 metros. Sua forma varia em função da motorização e do tipo do veículo.

Para que serve...

Canalisar e dissipar o gás saído da queima do combustível.

Dentro de um motor à combustão, a mistura queimada é recolhida pelo coletor do escapamento, depois encaminhado na direção do cano de expansão, do silencioso e abafador.

O Escapamento

O escapamento é um condutor que possibilita ao automovel encaminhar os gases do resultado da explosão para fora do ambiente do motor, além de influenciar no desenvolvimento do motor. Geralmente são produzidos com materiais inoxidáveis devido a forte corrosão causada pelos gases, além de materiais filtrantes. Sua aplicação é mais conhecido em automóveis, mas se dá em uso de qualquer Motor a explosão, além de geradores, embarcações e trens

O escapamento influencia diretamente no desempenho e potência do motor, pois é ele que é responsável pela liberação dos gases, se os gases tiverem dificuldade para sair, o motor trabalhará com menor desempenho, porém se as saídas estiverem muito liberada, o motor causará esforço desnescessário.

Reduzir as emissões térmicas

Na entrada do coletor, o gás da combustão apresenta uma temperatura na ordem de 900 º C. Esse calor apresentará um perigo se estiver sendo liberado diretamente. O contato com o ar e com a superfície da linha do escapamento contribui par a baixar a temperatura.

Diminuir o nível sonoro

As combustões provocadas pelo ciclo do motor produzem barulho. O silencioso atenua esse prejuízo acústico.

O que fazer antes de passar ao controle técnico

Defeitos que geram a eliminação durante o controle de inspeção:

Grandes saídas em um escapamento deteriorado causam:

Poluição gerada pala saída de gases sem passar pelo catalisador.
Modificação da característica do gás na saída.
Geração de emissões anormais de ruído.
Ausência de canalização ou do silencioso.
Risco importante de desencaixe ou separação de um ou de vários elementos que constituem o escapamento.
Excedeu o percentual permitido dos valores de poluição por uma má regulagem ou por falha no sistema anti-poluição.

Para que serve o catalisador

O princípio do catalisador é muito importante para os construtores automobilísticos. Há sempre a preocupação com o meio ambiente e com as normas internacionais em matéria de despoluição.

A função do catalizador:

Ele é destinado a reduzir, a catalisar os gases nocivos resultantes da combustão: monóxido de carbono, hidrocarbono e óxido de nitrogênio. A catalisação é um fenômeno que, por meio de um catalisador, favorece as reações químicas.

Descrição:

O catalisador é constituído de uma caixa de aço inoxidável, de um isolante térmico e de um suporte em ninho de abelha (colméia) impregnado de metais preciosos, tal como platina e radio (ródio).

Princípio de funcionamento:

Em contato com os metais preciosos, uma reação química transforma os poluentes em gases menos tóxicos. As matérias ativas (platina e ródio) servem unicamente para melhorar essa reação química, de onde vem o nome catalisador.

O que provoca a deterioração do cano de escapamento?

Dirigir na cidade é o principal fator de deterioração do cano de escapamento.

Contrariamente ao que todos pensam, não são os longos percursos nas estradas que aceleram a deterioração dos canos de escapamento. Os danos mais graves acontecem em circulação urbana. A linha do escapamento atinge sua temperatura normal de funcionamento após um mínimo de 5 Km, assim os pequenos percursos urbanos são propícios à condensação dos gases.

Os canos se enchem de água ácida, que ataca as chapas interiores. A isso, podem-se somar as variações de calor causadas pelas freqüentes aceleradas e desaceleradas do motor.

Não negligenciar os eventuais choques sofridos na caixa debaixo do veículo (quebra-molas. lombadas). A duração de uma linha de escapamento é abreviada pela utilização permanente em meio urbano. Em contrapartida, a utilização de táxis e veículos que percorrem longas distâncias assegura uma vida útil maior.

Mesmo assim, nós aconselhamos o controle regular pelo menos uma vez por ano.

Não se esqueça de que o bom estado dos elementos dos motores (velas, filtro de ar, saída do gás) assegura uma vida útil maior do catalisador.

O que falta saber sobre um escapamento com defeito

Lembre-se que os catalisadores são frágeis! Eles podem sofrer danos ou mesmo serem destruídos se o sistema de ignição apresentar defeitos (velas soltas), ou se forem utilizados aditivos para lubrificantes ou combustíveis não homologados que contenham chumbo. Quando o escapamento é danificado, além de ocasionar danos sonoros, pode causar sérios problemas ao motor.

Funções básicas dos escapamentos:

Reduzir os ruídos produzidos pelo motor;
Manter a pressão ideal, para o bom funcionamento do motor;
Conduzir os gases nocivos à saúde e ruídos para longe da cabine.
Liberação eficiente dos gases resultantes da combustão
Redução dos ruídos resultantes da explosão
Auxilio na vida útil do motor
Controle e economia de combustível
Redução da emissão de poluentes

Escapamento - Sistema

O sistema de escapamento serve para canalizar, resfriar e eliminar os gases produzi-dos durante a combustão, eliminando os ruídos.

Escapamento

Escapamento

As principais partes dos sistema de escapamento são:

Tubo dianteiro / primário: é conectado ao motor. Sua função é coletar os gases e encaminhar estes para as partes seguintes do sistema. Os gases podem atingir temperaturas de saída em torno de 100 graus centígrados.
Catalisador: transforma através de reação química os gases nocivos em elementos não contaminantes.
Tubo intermediário: reduz e esfria os gases.
Silencioso intermediário: redutor do nível sonoro, velocidade, temperatura e pressão dos gases.
Silencioso traseiro: redução final do nível sonoro.

Riscos de um escapamento em mau estado:

Penalização por ultrapassar os limites legais de ruídos;
Possibilidade de causar sonolência e distúrbios físicos no motorista e passageiros por infiltração de gases no interior do veículo;
Acidentes imprevisíveis por perda de componente do sistema;
Falta de força no motor por perda de potência devido a danos no tubo do escapamento;
Maior consumo de combustível para compensar a perda de potência.

Cuide do escapamento do seu Carro!

Escapamento
Escapamento de Carro

O escapamento do carro é um item de manutenção esquecido ou desprezado por alguns motoristas, até o momento que seu ruído começa a incomodar.

A principal função do escapamento, é a eliminação de gases gerados após a queima nos cilindros. Entretanto ele também contribui para proporcionar conforto interno para os passageiros quando deixa o barulho do motor no nível de ruído permitido pela legislação, tem o controle e economia de combustível e redução da emissão de poluentes.

Conheçam algumas peças que compõem o escapamento do seu carro:

Coletor de Escape
Silenciador
Abafador
Tubos de escape
Catalisador

Câmara Ressonadora

Dicas de Manutenção do escapamento

A mistura incorreta de combustível e ar deterioram o metal do cano da descarga.
Se alguma peça estiver corroída ou com falhas,  providencie imediatamente a troca.
Evite as ruas esburacadas ou com paralelepípedos, que ocasionam as vibrações que induzem quebrar as soldas que unem o cano de escapamento.
Não modifique o cano de escapamento, visto que essa modificação se não for bem feita, pode danificar outros sistemas do carro.

Manutenção: evite problemas com o escapamento!

Escapamento
Ponteira de escapamento

É muito importante manter o sistema de escapamento de seu veículo sempre perfeitamente revisado, não apenas para diminuir a poluição sonora e do ar causada pelos ruídos e gases emitidos por um escapamento mal conservado, mas também para melhorar o conforto e a segurança de quem está no veículo. A revisão deve ser feita de seis em seis meses.

Veja abaixo alguns dos sintomas que costumam ocorrer com escapamentos e suas soluções mais comuns:

1) Excesso de ruído: as causas prováveis são o miolo do silencioso ou abafador solto ou corroído pela ferrugem, ou ainda o esvaziamento da lã de vidro do miolo do silencioso. A solução é substituir por uma peça nova.
2) Vazamento de gases
: as causas prováveis estão relacionadas a falta de aperto em alguma braçadeira ou rompimento de alguma junta ou encaixe. A solução é dar o aperto necessário nas braçadeiras, fixar suportes e coxins sem forçar o conjunto, usar corretamente o vedador em todas as flanges e juntas. Eventualmente será necessário substituir por uma peça nova.
3) Quebra de parte do sistema de escape:
as prováveis causas são braçadeira, suporte ou coxim quebrados, conjunto torcido, corrosão por ferrugem ou danos por acidente. A solução é revisar o sistema e substituir as partes danificadas por novas.
4) Vibrações na carroceria:
as causas prováveis estão relacionadas a suporte quebrado ou trincado, ou conjunto muito próximo do assoalho do veículo. A solução está em verificar todos os suportes, coxins e braçadeiras, manter o conjunto na distância adequada do fundo do veículo e não usar solda nas partes trincadas.
5) Quebra do tubo coletor:
a causa provável é a fixação irregular do coletor e excesso de vibração. A solução é reapertar os parafusos para que não provoquem vibrações. Eventualmente será necessário substituí-los por novos.
6) Quebra de suportes, braçadeiras e coxins:
a causa mais provável é o tempo de uso ou a instalação forçada. A solução é trocar os itens por novos, evitando instalar com torção.
7) Estouros:
a causa está relacionada provavelmente a furos no sistema de escapamento. A solução é substituir a peça furada por uma nova.
8) Aquecimento do assoalho do carro:
a causa provável é que alguma parte do sistema de escapamento esteja trincada ou que o conjunto esteja muito próximo do assoalho. Para solucionar é preciso verificar se o sistema não está trincado e manter o conjunto a uma distância adequada do fundo do carro.

Escapamento - Carro

Escapamento
Escapamento de Carro

Como conservar melhor o cano de escapamento do seu carro?

Quando o cano de escapamento do carro funciona em ótimas condições, além de facilitar a saída dos gases do motor, a poluição sonora é reduzida. Para conservá-lo na sua melhor forma, siga as dicas abaixo.

Passos

Mantenha o carro bem regulado e ajustado. A má combustão ou a mistura incorreta de combustível e ar deterioram o metal do cano de descarga.
Reduza a velocidade ao passar por quebra-molas ou depressões no asfalto: o movimento de rebote pode fazer o cano de escapamento se soltar, amassar ou furar.
Evite buracos, ruas com pavimentação ruim e, principalmente, as de paralelepípedos. Tudo isto provoca uma vibração que afrouxa e quebra as soldas das uniões do cano de escapamento.
Evite usar seu carro em trajetos curtos. Ligar e desligar o carro em pouco tempo provoca uma condensação dos gases que favorece a corrosão do metal do cano de escapamento.
Não modifique o cano de escapamento do seu carro, já que não tem fundamento a ideia de que certos modelos dão mais velocidade ao veículo.
Não retire o silencioso do cano de escapamento por motivos estéticos ou esportivos.

Importante

Se você ouvir ruídos metálicos, peças que vibram ou um ruído forte e surdo que vem da parte de baixo do carro, certamente o cano de escapamento está rachado ou furado.
Se tiver que trocar o cano de escapamento, compre um original, da marca e do modelo usados pelo fabricante do seu carro.

Escapamento - Perguntas frequentes

Quando fazer a substituição do escapamento?

Na maioria dos casos, a substituição do escapamento é recomendada quando ele apresenta problemas como trincas ou furos, devido à fadiga do material ou corrosão. O problema pode ser percebido pelo aumento do nível de ruído ou das vibrações e batidas no fundo do carro (em função da quebra do escapamento). Muitas vezes, pode ser necessário substituir apenas uma das peças do escapamento. Mas antes disso, recomenda-se fazer uma boa análise do conjunto, pois em determinados casos, as outras peças podem estar avariadas, trincadas ou em elevado processo de corrosão.

Se isso não for verificado, em um curto período de tempo estas peças poderão quebrar ou desprender componentes internos, danificando inclusive a peça recém-substituída.

O que fazer quando o carro apresentar excesso de ruído?

O problema pode ter como causa os tubos quebrados, o miolo do silencioso solto, enferrujado, quebrado ou com a lã de vidro desgastada, ou ainda o próprio silencioso pode estar furado. A melhor solução é substituir o silencioso danificado por um novo.

Qual a causa dos vazamentos de gases e qual a solução para o problema?

Os vazamentos podem ser causados por diversas razões, como uma abraçadeira solta, junta ou encaixe rompido, tubos quebrados ou silencioso furado. Para resolver o problema é preciso fazer o aperto necessário das abraçadeiras, a fixação dos suportes e coxins (sem forçar o conjunto), além de usar corretamente o vedador em todas as flanges e juntas, ou ainda substituir a peça danificada por uma nova.

Quais são as causas mais comuns da vibração da carroceria?

O mais provável é que a causa do problema esteja no suporte, que pode estar quebrado ou trincado. Outra opção é o conjunto do escapamento estar batendo no assoalho do carro. A solução é trocar a peça danificada por uma nova e alinhar corretamente o conjunto de escapamento.

Por que ocorre o aquecimento do assoalho do carro?

O aquecimento do assoalho pode acontecer porque parte do escapamento esteja trincada ou então pelo fato do sistema de escapamento estar muito próximo do assoalho. Para resolver o problema basta trocar a peça danificada por uma nova e alinhar corretamente o conjunto de escapamento.

O que provoca a quebra do sistema de exaustão?

A quebra pode ter diversas causas: abraçadeira mal colocada, suporte quebrado ou mal colocado, coxin quebrado ou mal colocado, conjunto de escapamento corroído, ou ainda um amassado ou torção no equipamento. Para resolver é preciso fazer os ajustes e reapertos necessários e trocar as peças danificadas por novas.

O que causa a quebra do tubo do motor?

A quebra pode ser causada pela vibração excessiva ou pela fixação irregular do tubo do motor. A solução é reapertar os parafusos, ou trocá-los por novos, para então trocar as peças danificadas por novas.

O que fazer quando ocorre a quebra de suportes, abraçadeiras e coxins?

Isto acontece quando estas peças estão com suas instalações forçadas ou desgastadas. Neste caso, a melhor opção é trocar as peças por novas.

Por que não é recomendado soldar partes do sistema de escapamento?

Apesar do baixo custo, a solda nestas peças não compensa, pois quando alguma parte do sistema de escapamento está quebrada, os seus componentes internos já estão danificados, o que não oferece nenhuma estrutura para suportar os tubos e silenciosos. Aplicar a solda num conjunto deteriorado prolonga a sua vida em, no máximo, duas semanas.

Sistema de Exaustão

A nossa força.

Esse complexo sistema tecnológico presente em todos os veículos automotores, chamado sistema de exaustão, possui como principais objetivos:

Lberação eficiente dos gases provenientes da queima de combustível
Redução dos ruídos inerentes aos motores de explosão
Garantia de maior vida útil ao veículo
Economia de combustível
Redução da emissão de gases tóxicos

Por isso os sistemas de exaustão Sicap são produzidos dentro das mais criteriosas normas técnicas e padrões de qualidade, para assim oferecer a você produtos que auxiliam no combate a poluição sonora e atmosférica, priorizando sua qualidade de vida.

Tubo Dianteiro

Responsável pela condução dos gases do coletor do motor para o catalisador.

Catalisador

É considerada a mais importante inovação tecnológica incorporada aos sistemas de exaustão de veículos nos últimos tempos, faz a purificação dos gases e possibilita a redução da emissão de gases nocivos à saúde em até 95%. O catalisador é um componente obrigatório por lei em todos os carros que saem de fábrica e, como o número de veículos em circulação tem crescido constantemente, seu uso tem se tornado uma necessidade primordial.

Silencioso Intermediário

A partir do redirecionamento dos gases em seu interior reduz ruídos gerados pela combustão dos gases no motor e ruídos provocados pelo choque dos gases com o meio ambiente. Evita também a entrada de gases na cabine, melhora o rendimento e, consequentemente, ajuda na economia do combustível, sem falar na eliminação ou redução das ondas sonoras de alta freqüência.

Silencioso Traseiro

Completa as funções do silencioso intermediário e reduz as ondas sonoras de baixa freqüência.

Silenciosos - Funcionamento

Por Absorção

Enquanto o fluxo dos gases percorre o silencioso relativamente sem obstáculos, as ondas sonoras penetram pelas perfurações do tubo na carcaça cheia de lã de rocha, onde são absorvidas, preferencialmente as freqüências mais elevadas, acima de 500 Hz.

Por Reflexão

Fluxos de gases e ondas sonoras são redirecionadas por tubos abertos e câmaras, de tal forma que as ondas sonoras, correndo para frente e para trás, se anulam por interferência. Uma solução eficiente, principalmente contra zumbidos.

Combinado

Este item se caracteriza pela combinação dos dois princípios citados acima: absorção e reflexão.

Fonte: comunidade.bemsimples.com/carros.peugeot.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal