Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Anavilhanas  Voltar

Anavilhanas

 

Arquipélago de Anavilhanas

O Arquipélago de Anavilhanas, formado por cerca de 400 ilhas e localizado a cerca de 40 quilômetros de Manaus (AM), é o mais novo Parque Nacional Brasileiro.

A lei que o alça à categoria de parque foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no final de outubro de 2008.

Anavilhanas é o segundo maior arquipélago fluvial do mundo, situado no rio Negro, no município de Novo Airão, estado do Amazonas.

Suas centenas de ilhas de feitio alongado, cobertas pela floresta tropical amazônica, formam uma intrincada rede de canais, considerada como uma das mais belas paisagens fluviais do mundo.

Anavilhanas
Anavilhanas

Anavilhanas
Anavilhanas

Anavilhanas
Anavilhanas

Anavilhanas
Anavilhanas

Anavilhanas
Anavilhanas

O rio Negro neste trecho apresenta uma largura de aproximadamente 20 km e o arquipélago alcança um comprimento de aproximadamente 60 km.

O local sedia uma importante estação ecológica administrada pelo estado.

Com o aumento da infra-estrutura, Anavilhanas deverá receber no futuro, grandes investimentos turísticos

Anavilhanas tem floresta, rios e praias preservadas .

De acordo com informações de pesquisadores do INPA ( Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), a água do rio Negro e seus afluentes inibe a procriação de mosquitos e pernilongos, tornando o ambiente especialmente agradável em comparação a outras regiões de floresta tropical.

Nos arredores já há diversos hotéis e pousadas situados em plena selva.

Fonte: portalamazonia.globo.com

Anavilhanas

Arquipélago de Anavilhanas sofre com turismo e exploração da madeira

Fiscalização é dificultada pela complexidade do arranjo de ilhas, canais e lagoas

Localizado no Estado do Amazonas está o segundo maior arquipélago fluvial do mundo, o Arquipélago de Anavilhanas.

A paisagem – uma das mais famosas de toda a Amazônia Brasileira – é a primeira a ser abordada na série de "Cartões-Postais Ameaçados", que vai tratar das belezas brasileiras que estão em risco devido a sua exploração e má utilização pela atividade humana.

Situado nos municípios de Airão e Manaus, o Arquipélago de Anavilhanas é composto por cerca de 400 ilhas compridas e finas que formam um labirinto de canais e lagoas recortando o leito principal do Rio Negro.

Anavilhanas
Anavilhanas

Todos os cerca de 350 mil hectares que compõem sua extensão foram elevados, em 1981, à categoria de Estação Ecológica (ESEC). Com isso, a administração passou a ser competência da Secretaria Especial do Meio Ambiente (Sema), extinta em 1989, quando passou a fazer parte do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O objetivo da classificação do arquipélago como ESEC é evitar sua exploração, uma vez que as áreas de estações ecológicas são destinadas apenas a atividades de pesquisa e visitação pública com propósitos educativos.

Entretanto, o Arquipélago de Anavilhanas segue sofrendo com a realização de atividades irregulares que ocorrem em seus limites. Extração ilegal de areia, caça, pesca, exploração madeireira e turismo desordenado são as principais ameaças.

A beleza do lugar – cujas ilhas se formam do encontro das águas barrentas do Rio Branco com as correntes ácidas do Rio Negro – atrai a atenção dos turistas.

Embora a lei restrinja a visitação aos motivos educativos, o Arquipélago de Anavilhanas está nos principais roteiros turísticos da região. Visitantes mal orientados acampam nas praias do arquipélago prejudicando o ecossistema com atividades de pesca e deixando para trás o lixo produzido durante o passeio.

Intervenções no ecossistema do lugar são grandemente perigosas para o equilíbrio do meio. A vegetação que se forma ao longo das ilhas é composta por árvores especialmente adaptadas a condição de alagamento, que chega a durar até 10 meses em algumas áreas.

Essa vegetação — chamada Igapó – é bastante frágil e possui variedades exclusivas que servem de alimentação e abrigo para muitas espécies de aves, peixes e mamíferos.

A condição de alagamento permite a navegação dentro do Igapó, dando acesso às florestas alagadas, onde ocorre a exploração ilegal da madeira.

Toras são cortadas e transportadas pelo próprio rio. Uma das madeiras mais procuradas é a da Virola, árvore alta e que é facilmente serrada, cuja madeira tem uso descartável na construção civil de Manaus.

A fiscalização das atividades ilegais no Arquipélago de Anavilhanas é bastante dificultada pelas próprias características da região.

A complexidade do arranjo de ilhas, canais e lagoas desafia a operacionalidade das atividades dos agentes do Ibama e demanda um contingente de fiscais que o órgão ambiental não possui na região.

Fonte: www.clicrbs.com.br

Anavilhanas

Arquipélago de Anavilhanas

Localizado a 100 km de distância de Manaus, às proximidades do Município de Novo Airão, no Rio Negro, está o Arquipélago de Anavilhanas, um dos maiores arquipélagos de ilhas fluviais do mundo.

Detalhe de Anavilhanas

Cerca de 400 ilhas cobertas de floresta virgem formam um verdadeiro labirinto natural, um dos mais belos exemplos de paisagem natural amazônica.

No período de seca, a descida das águas revela inúmeras praias de areias brancas e interessantes formações naturais de raízes e troncos.

Estação Ecológica Anavilhanas

A Estação Ecológica Anavilhanas é o maior arquipélago fluvial do mundo com cerca de 400 ilhas. Situa-se no Rio Negro, próximo ao Parque nacional do Jaú, abrange os municípios de Manaus e Novo Airão.

Tem uma área de 350.018ha e foi criada pelo decreto n.º 86.061 de 2 de junho de 1981.

Pelos grupos definidos pelo SNUC (Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza) é uma Unidade de Proteção Integral. Sendo assim, o uso dos seus recursos naturais ocorrer apenas de forma indireta.

E na categoria de Unidade de Proteção Integral, trata-se de uma Estação ecológica, e de acordo com Art. 9 do SNUC, a área da Estação Ecológica é de domínio público; visitas são proibidas (exceto com objetivo educacional e previsto em seu plano de manejo); a pesquisa científica depende do órgão responsável (que nesse caso é o IBAMA); não são permitidas alterações em seus ecossistemas (salvo algumas exceções).

Fonte: www.manaus.am.gov.br

Anavilhanas

Maior arquipélago fluvial do mundo, Anavilhanas, no estado do Amazonas, é formado por 400 ilhas, com centenas de lagos, rios, igapós e igarapés ricos em espécies vegetais e animais.

Situado no rio Negro, o conjunto de ilhas é um paraíso para biólogos e ecologistas. O arquipélago está protegido pela legislação federal que criou a Estação Ecológica de Anavilhanas, com área de 350 mil hectares.

De novembro a abril, período das cheias do rio Negro, metade das ilhas fica submersa e os animais se refugiam nas partes mais elevadas.

Quando as águas baixam, as ilhas deixam à mostra praias e 90 quilômetros de canais que, como uma rede, entrecortam toda a região. Anavilhanas encontra-se próxima ao Parque Nacional de Jaú, a maior reserva florestal da América do Sul, com 2,27 milhões de hectares, também banhada pelo rio Negro.

Fonte: www.mre.gov.br

Anavilhanas

ARQUIPÉLAGO DE ANAVILHANAS

O AMAZONAS

O Estado do Amazonas é conhecido internacionalmente, não somente pela magnitude do Rio Amazonas, pela exuberância da floresta, ou por sua fauna e flora, mas também por causa de seus inúmeros recantos ecológicos que são verdadeiros paraísos situados no meio da selva ou mesmo no seio do gigantesco Rio.

A ILHA

Assim, temos no Município de Novo Airão, a 50 quilômetros de Manaus, o Arquipélago de Anavilhanas, que é o maior arquipélago fluvial do mundo.

Ele é formado por 400 ilhas, abrangendo 350 mil hectares e mais uma área de terra firme, somando ao todo 2.27 milhões de hectares, protegidas pela Legislação Federal.

As ilhas abrigam complexos Eco-sistemas no coração da Amazônia Brasileira.

Além de uma flora riquíssima e árvores exuberantes, podemos encontrar cerca de 500 espécie de peixes; uma grande variedade de pássaros, e uma multiplicidade de insetos, destacando-se as borboletas que são um espetáculo à parte.

Também encontramos em grande número: botos, antas, jaguatiricas, jacarés, preguiças, morcegos, araras, macacos, cobras, etc... além dos animais em extinção; caso do peixe boi e da ariranha

OS NATIVOS

A maioria dos nativos das ilhas, vivem da caça, da pesca e do extrativismo, caso da palmeira “ Jauari” que nos fornece o delicioso palmito, e da castanha-do-pará.

Os roçados onde se planta mandioca e a coleta de vegetais, ( “Sucuba”; com propriedades antibióticas, o “Cumaru” base de perfumes e incensos; “Laca”, que produz resina para móveis, “Naja” que é capaz de estancar hemorragias); são práticas igualmente corriqueiras ao povo das ilhas.

Fonte: www.overmundo.com.br

Anavilhanas

Localização

Situado no rio Negro, o conjunto de ilhas é um paraíso para biólogos e ecologistas.

Superfície

350.018 hectares.

Bioma

Amazônia 100%

A Estação apresenta formações diversas como: Floresta Densa com cobertura uniforme, Floresta Ombrófila Densa, Campinarana Arbórea (terra firme), vegetação Caatinga-Igapó, além de ecossistemas fluviais e lacustres.

Anavilhanas
Anavilhanas

Maior arquipélago fluvial do mundo, Anavilhanas, no estado do Amazonas, é formado por 400 ilhas, com centenas de lagos, rios, igapós e igarapés ricos em espécies vegetais e animais.

Anavilhanas
Anavilhanas

Acesso

O principal acesso é pelo Rio Negro (40 minutos de Novo Airão e 4 horas de Manaus).

O percurso é feito de lancha voadeira.

O acesso por via terrestre é feito pela estrada Manacapuru - Novo Airão.

Anavilhanas
Anavilhanas

Clima

O clima característico é similar ao de Manaus, com temperatura média anual de 27 ºC.

Os meses mais frios são Junho e Julho e mais quentes Agosto e Novembro.

A precipitação anual é de 2.075 mm.

Anavilhanas
Anavilhanas

De novembro a abril, período das cheias do rio Negro, metade das ilhas fica submersa e os animais se refugiam nas partes mais elevadas.

Quando as águas baixam, as ilhas deixam à mostra praias e 90 quilômetros de canais que, como uma rede, entrecortam toda a região.

Anavilhanas encontra-se próxima ao Parque Nacional de Jaú, a maior reserva florestal da América do Sul, com 2,27 milhões de hectares, também banhada pelo rio Negro.

Anavilhanas
Anavilhanas

Flora

O Rio Negro é o principal curso fluvial que se ramifica em centenas de igarapés, paranás, canais e até mesmo enormes lagos que se formam entre as ilhas.

Anavilhanas
Anavilhanas

Fauna

Quanto à fauna, há espécies raras ou ameaçadas, como a onça-pintada, a suçuarana e o peixe-boi. Há algumas espécies de tartarugas e uma infinidade de aves, como garças, araras, papagaios e bacuraus.

A fauna apresenta-se muito diversificada pelo fluxo das águas, tendo como principal representante a ictiofauna.

As espécies mais comuns são: surubins, filhotes, pacus, pirarucu.

Anavilhanas
Piracuru

Fonte: br.viarural.com

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal